F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Apóstolo Pedro, a base da Igreja Cristã.

Compartilhe
avatar
Betho
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Holístico!
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1066
Idade : 44
Cidade/Estado : BRAZIL
Religião : Tg 1;27
Igreja : Mt 18;20
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 33
Pontos de participação : 2763
Data de inscrição : 25/04/2015

Apóstolo Pedro, a base da Igreja Cristã.

Mensagem por Betho em Qua 31 Maio 2017, 07:02

κἀγὼ δέ σοι λέγω ὅτι σὺ εἶ Πέτρος, καὶ ἐπὶ ταύτῃ τῇ πέτρᾳ οἰκοδομήσω μου τὴν ἐκκλησίαν καὶ πύλαι ᾅδου οὐ κατισχύσουσιν αὐτῆς. Mateus 16:18

A frase está na terceira pessoa e em feminino, pois seus termos estão em concordância com a palavra feminina Assembleia conforme também lemos pelo ultimo pronome da frase αὐτῆς P-GSF dela em referência a Assembleia.

Existem duas revelações pertinentes no contexto de Mateus 16:15-19, pois o texto ao usar o termo “também”, evidencia que Jesus, de igual maneira, revelou:

Tu és Pedro e em cima de, para esta a massa rochosa, construirei de mim, a assembleia.

A primeira evidência a ser notada é que a oração "Tu és Pedro " está no Nominativo, é o assunto principal do verso! Portanto sendo o foco, observa-se-à que há uma divinização de Pedro, pois no texto hebraico, só Deus É (o "Eu Sou") e isto somente aconteceu, pela doutrina da Unidade. João 17:21, 1 João 5:20.


κἀγὼ Eu δέ porém σοι a ti λέγω estou dizendo ὅτι que σὺ tu εἶ estas sendo Πέτρος Pedro, καὶ e ἐπὶ em cima de ταύτῃ para esta τῇ a πέτρᾳ massa rochosa οἰκοδομήσω construirei μου de mim τὴν a ἐκκλησίαν assembleia καὶ e πύλαι portas ᾅδου de hades οὐ não κατισχύσουσιν exerceram força abaixo αὐτῆς dela. Mateus 16:18

O pronome αὐτῆς (dela) no Genitivo, Singular, Feminino que está no final do verso, pode estar referindo-se a ἐκκλησίαν (assembleia) no Acusativo, Singular, Feminino ou a πέτρᾳ (massa rochosa) no Dativo, Singular, Feminino, porém, desde que a assembleia está sobre a massa rochosa, entendemos que o pronome αὐτῆς (dela) refere-se a πέτρᾳ (massa rochosa), o alicerce da assembleia.

A construção ἐπὶ ταύτῃ τῇ é única em toda a Bíblia, sendo a padrão ἐν ταύτῃ τῇ (Josué 5:11, 1 Samuel 12:5 1 Samuel 17:46 Mateus 26:34, Lucas 23:7 Atos 16:12 2 Coríntios 8:7 2 Coríntios 11:17). Esta padrão, comporta-se geralmente conforme o entendimento alcançando em Mateus 26:34, em que significa “em esta noite”, como sendo um semi-período do dia judaico que começava as 18hs de um dia e ia até as 18hs do dia seguinte, desta forma, o autor em Mateus 16:18 não deseja passar a ideia de que “esta massa rochosa” é um lugar especifico de Pedro.

No ínterim, o termo massa rochosa, que pode ser escavada conforme se lê em Mateus 27:60 e outras referências, também servia de lugar de habitação para os aflitos, perseguidos e excluídos. 2 Crônicas 26:7, Jo 24:8, Isaías 42:11, Jeremias 4:29 da Septuaginta, Apocalipse 6:15,18.

Análise do comportamento da construção ἐπὶ ταύτῃ τῇ na literatura clássica:

1) Descrição da Grécia, Livro I, cap. 28, [4] de Pausânias.

οὗτος este μὲν de fato οὖν portanto ὁ a θεὸς dinvidade ἐπὶ em cima de ταύτῃ para esta τῇ a ἀγγελίᾳ mensagem τετίμηται honrada

Portanto, este de fato, a divindade em cima de, para esta mensagem honrada.

Portanto, a divindade de fato, para esta mensagem honrada, esteve acima, na montanha. Philippides passou a dizer que intercedeu ao redor da Mount Parthenius, que ele havia sido respondido por Pan, que lhe falou que era simpático aos Atenienses e viria a Marathon, para lutar por eles. Portanto, este de fato, o Deus sobre, para esta mensagem honrada.

Mount Parthenion ( "Monte para a Virgem") é uma montanha na fronteira da Arcadia e Argolis, no Peloponeso, na Grécia. Sua elevação é 1.215 m. [1] Ela está situada entre as aldeias Achladokampos à nordeste e Partheni para o sudoeste, à 16 km a leste de Trípoli. Sendo um deus rústico, Pan não era adorado em templos ou outros edifícios construídos, mas em ambientes naturais, geralmente cavernas ou grutas , como a da encosta norte dos Acrópole de Atenas. Estas são muitas vezes referidos como a Caverna do Pan. No caso, estamos supondo que foi, provavelmente, que Pan estava no alto da Mt Parthenon e Pheidippides estava ao pé desta montanha.

2) Descrição da Grécia Livro IX, cap. 19, [1], de Pausânias.

ἐπὶ ταύτῃ τῇ λεωφόρῳ χωρίον ἐστὶ Τευμησσός

ἐπὶ Em cima de ταύτῃ para esta τῇ a λεωφόρῳ estrada χωρίον campo pequeno ἐστὶ chamado Τευμησσός Teumessus

Em cima de, para esta a estrada, campo pequeno chamado Teumessus.

Para esta estrada, acima está uma montanha, um campo pequeno chamado Teumessus.

TEUMESSUS ( Τευμησσός :. Eth Τευμήσσιος ), uma aldeia na Beócia, situado na planície de Tebas, em cima de uma colina baixa rochosa de mesmo nome. O nome deste monte parece ter sido também dada à cadeia de montanhas que separa a planície de Tebas do vale do Asopus. [Beócia, pp. 413, 414.] Teumessus estava sobre a estrada de Tebas para Chalcis ( Paus. 9.19.1 ), a uma distância de 100 estádios da primeira. (Schol. Ad Eurip. Phoen. 1105.) Sobre esta estrada, é um lugar chamado Teumessus, onde é dito que a Europa estava escondido por Zeus.

3) República, de Platão, Livro X, Seção 600d (iv) IV - Sócrates — E isso o que se diz. Mas achas, Glauco, que se Homero tivesse estado mesmo em condições de instruir os homens e torná-los melhores, possuindo o poder de conhecer, e não o de imitar, não teria feito muitos discípulos que o teriam honrado e estimado? Ora! Protágoras de Abdera, Pródico de Cós e muitos outros chegam a persuadir os seus contemporâneos, em conversas privadas, de que não poderão administrar nem a sua casa nem a sua cidade, se eles mesmos não presidirem à sua educação, e em cima de, para esta sabedoria, desta forma, fazem-se amar tanto que os seus discípulos os levariam sobre os ombros quase em triunfo. Se Homero tivesse sido capaz de ajudar os homens de seu tempo a serem virtuosos, tê-lo-iam deixado, a ele ou a Hesíodo, errar de cidade em cidade recitando os seus versos? Não os amariam mais do que a todo o ouro do mundo? Não os teriam forçado a ficar junto deles, no seu país ou, se não tivessem podido convencê-los, não o teriam seguido por toda parte, até que recebessem uma educação suficiente? Glauco — O que dizes, Sócrates, parece-me a pura verdade.

[600δ]
...καὶ ἐπὶ ταύτῃ τῇ σοφίᾳ οὕτω σφόδρα φιλοῦνται, ...

...καὶ E ἐπὶ em cima de ταύτῃ para esta τῇ a σοφίᾳ Sabedoria οὕτω desta forma σφόδρα excessivamente φιλοῦνται tendo carinho, ...

... Para esta Sabedoria, estando elevados nos ombros, desta forma, tendo excessivamente carinho,

4) Salmos 77 da Septuaginta (78) – Homilia de Orígenes, descoberta em 2012, Alemanha.

Ὧν Está sendo τῇ a συμβουλίᾳ orientação χρησάμενος havendo sido usada, ἀπεκρίνατο respondeu τοῖς a os/as πεμφθεῖσιν enviar οὕτως deste modo• ή ou/que μικρότης pequenez μου de mim παχυτέρα espesso της da όσφύος lombo του do πατρός Pai μου de mim. Ό o πατήρ Pai μου de mim έπαιδευσεν treinou/puniu υμάς a vós έν em μάστιξιν chicote, έγώ Eu δέ porém παιδεύσω treinarei/punirei ύμάς a vós έν em σκορπίοις escorpiões. Καὶ E ἐπὶ em cima de ταύτῃ para esta τῇ a σκληρότητι dureza ἀπέστησαν se puseram a parte de pé δέκα a dez φυλαί tribos, ἡγησαμένου dos havendo sido conduzido/julgado αὐτῶν deles Ἱεροβοὰμ Jeroboão υἱοῦ filho Ναβάτ de Nebate, ὃς quem ἐξήμαρτε fez pecar τὸν o Ἰσραήλ Israel.

Está sendo a orientação havendo sido usada, respondeu a os enviar deste modo• ou/que pequenez de mim, mais espesso do que o lombo do Pai de mim. O Pai de mim treinou/puniu a vós em chicote, Eu porém treinarei/punirei a vós em escorpiões. E em cima de, para esta a dureza, se puseram a parte, de pé (se revoltaram), a dez tribos, dos havendo sido conduzido/julgado deles, Jeroboão filho de Nebate, quem fez pecar o Israel.

Veio, pois, Jeroboão e todo o povo, ao terceiro dia, a Roboão, como o rei havia ordenado, dizendo: Voltai a mim ao terceiro dia. E o rei respondeu ao povo duramente; porque deixara o conselho que os anciãos lhe haviam dado. E lhe falou conforme ao conselho dos jovens, dizendo: Meu pai agravou o vosso jugo, porém eu ainda aumentarei o vosso jugo; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões. O rei, pois, não deu ouvidos ao povo; porque esta revolta vinha do SENHOR, para confirmar a palavra que o SENHOR tinha falado pelo ministério de Aías, o silonita, a Jeroboão, filho de Nebate. Vendo, pois, todo o Israel que o rei não lhe dava ouvidos, tornou-lhe o povo a responder, dizendo: Que parte temos nós com Davi? Não há para nós herança no filho de Jessé. Às tuas tendas, ó Israel! Provê agora a tua casa, ó Davi. Então Israel se foi às suas tendas. No tocante, porém, aos filhos de Israel que habitavam nas cidades de Judá, também sobre eles reinou Roboão. Então o rei Roboão enviou a Adorão, que estava sobre os tributos; e todo o Israel o apedrejou, e ele morreu; mas o rei Roboão se animou a subir ao carro para fugir para Jerusalém. Assim se rebelaram os israelitas contra a casa de Davi, até ao dia de hoje. E sucedeu que, ouvindo todo o Israel que Jeroboão tinha voltado, enviaram, e o chamaram para a congregação, e o fizeram rei sobre todo o Israel; e ninguém seguiu a casa de Davi senão somente a tribo de Judá. 1 Reis 12:12-20 ACF 2007.

Para a frase rígida e pesada, como uma rocha, dita pelo Rei, se puseram a parte, de pé e em cima dela, como não querendo suporta-la, as dez tribos de Israel.

Conclusão: Em todos os casos anteriores, a preposição ἐπὶ na frase ἐπὶ ταύτῃ τῇ significa uma tomada de posição elevada e apoiada, para com o assunto da oração ταύτῃ τῇ que se desenvolve por seguir. Levando-se em conta todos os parâmetros estudados, podemos entender o que Jesus revelou em Mateus 16:18:

κἀγὼ Eu δέ porém σοι a ti λέγω estou dizendo ὅτι que σὺ tu εἶ estas sendo Πέτρος Pedro, καὶ e ἐπὶ em cima de ταύτῃ para esta τῇ a πέτρᾳ massa rochosa οἰκοδομήσω construirei μου de mim τὴν a ἐκκλησίαν assembleia καὶ e πύλαι portas ᾅδου de hades οὐ não κατισχύσουσιν exerceram força abaixo αὐτῆς dela. (Mat 16:18 GNT)

Porém, Eu a ti estou dizendo que tu estás sendo Pedro e para esta massa rochosa, sobre, construirei de mim, a assembleia e as portas de hades não exerceram força abaixo dela. Mateus 16:18 Literalidade.

O que Jesus diz em linguagem atual:

Porém, Eu a ti estou dizendo que tu estás sendo VERDADEIRAMENTE um alicerce rochoso e para esta base, sobre mim, construirei a partir de mim mesmo, a assembleia e as portas de hades não exerceram força contrária, abaixo desta estrutura. Mateus 16:18

De fato, conforme a tradição Católica cristã, o Apóstolo Pedro foi e é o alicerce rochoso de sustentação e unificação da Igreja sobre Jesus Cristo.

Referências e Complementos:

1) A tradução aramaica de Mateus 16:18, parece ser um caminho muito prático e agradável aos Católicos, porém, oculta-se que a rocha esteja sobre regendo uma elipse ( daí,"sobre de Mim" ), Vejamos Lucas 8:13: Esta é, pois, a parábola: A semente é a palavra de Deus; E os que estão junto do caminho, estes são os que ouvem; depois vem o diabo, e tira-lhes do coração a palavra, para que não se salvem, crendo; E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas crêem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam; "... οι os δε porém επι sobre της da πετρας massa rochosa..." Porém, os sobre da massa rochosa Lucas 8:13. Observe que a frase genitiva (que expressa o possuidor) exige a elipse, termo oculto que é a posse, no caso a terra. Assim temos: Porém, os sobre a terra da massa rochosa Lucas 8:13. É evidente que nenhuma semente gemina em pedra pura, estabelecendo raízes nela, conforme entendimento final do verso. Ainda que este caminho semítico seja prático, falo pelo que li agora, ainda não fui ler o texto semítico e estuda-lo, não possui a principio, a riqueza do texto grego, satisfazendo a maioria das linhas cristãs.
.
2) Uma parábola que identifica a interpretação sobre Pedro em Mateus 16:18 é Mateus 7:24-25: Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
.
3) ... O Sínodo de Jerusalém em Atos 15, precisamente em Atos 15:7 E, havendo grande contenda, levantou-se Pedro e disse-lhes: Atos 15:13-14 E, havendo-se eles (paulo e Barnabé) calado, tomou Tiago a palavra, dizendo: Homens irmãos, ouvi-me: Simão relatou como primeiramente Deus visitou os gentios Atos 15:13,14. Pedro, é autoridade máxima em Jerusalém, pois diante da enorme contenda entre todos, ele se levanta entre eles e sem empecilhos, começa a dizer as revelações de Deus. Já, Tiago, só começa o discurso dele após o silêncio de Paulo e Barnabé, além disso, é dito a expressão que ele "tomou" a Palavra, que em Grego é um ato que refere-se a um discurso já em seu desfecho e ainda, solicita aos irmãos que seja ouvido, talvez por causa da idade dele, e quando começa a falar, em vez da opinião dele, invoca a autoridade e rememora a opinião do principal Apóstolo: Simão relatou... Assim, fica evidente a fragilidade do Apóstolo Tiago diante da Soberania do Apóstolo Pedro. Portanto, Tiago presidiu o conselho (At 15.13), somente começa a falar, depois do silêncios de Pedro, Paulo e Barnabé, invocando a autoridade de Pedro. Em momento algum, Tiago já que era superior aos demais apóstolos. Observem: Atos 15:7 E, havendo grande contenda, levantou-se Pedro e disse-lhes: Atos 15:13-14 E, havendo-se eles (paulo e Barnabé) calado, tomou Tiago a palavra, dizendo: Homens irmãos, ouvi-me: Simão relatou como primeiramente Deus visitou os gentios Atos 15:13,14 Pedro, é autoridade máxima em Jerusalém, pois diante da enorme contenda entre todos, ele se levanta entre eles e sem empecilhos, começa a dizer as revelações de Deus. Já, Tiago, só começa o discurso dele após o silêncio de Paulo e Barnabé, além disso, é dito a expressão que ele "tomou" a Palavra, que em Grego é um ato que refere-se a um discurso já em seu desfecho e ainda, solicita aos irmãos que seja ouvido, talvez por causa da idade dele, e quando começa a falar, em vez da opinião dele, invoca a autoridade e rememora a opinião do principal Apóstolo: Simão relatou... Assim, fica muito evidente a fragilidade do Apóstolo Tiago diante da Soberania do Apóstolo Pedro.
.
4) Primado de Pedro: Conforme fragmento conservado na "História Eclesiástica" de Eusébio, III, 1 Orígenes conta como foi o martírio do apóstolo Pedro em Roma: "Pedro, finalmente tendo ido para Roma, lá foi crucificado de cabeça para baixo". E professa também o Primado de Pedro: "E Pedro, sobre quem a Igreja de Cristo foi edificada, contra a qual as portas do inferno não prevalecerão. (…)" (In Joan. T.5 n.3). Fonte [url=https://pt.wikipedia.org/wiki/Or%C3%ADgenes ]Wikipedia[/url] Então, fechou-se o artigo! Próximo a era cristã recente, temos o testemunho de Orígenes em Historia Eclesiástica, em 2012, descobre as homilias dele, onde, utilizando-se da mesma construção ἐπὶ ταύτῃ τῇ, não deixa dúvidas quanto a pesquisa do tópico.
.
5) O Apóstolo Pedro está presente em todos os atos dos capítulos Mateus 16:18,19, Mateus 18:15-20, principalmente naqueles reservados somente aos três discípulos mais íntimos. No contexto citado de Mateus 18, é o Apóstolo Pedro que aproximando de Jesus, perguntando sobre o perdão ao irmão que faz parte da Assembléia, edificada sobre ele, a partir de Jesus, pois a responsabilidade da Assembleia é dele. " Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. Mateus 18-19-20. Dois dos discípulos de Jesus, que constituem a Assembleia, edificada sobre Pedro. Não são dois qualquer, são dois de vós (dos discípulos) que estava em união com o Apóstolo Pedro. É especifico, não é para qualquer um que seguia a Jesus.
.
6) A descoberta dos textos de Orígenes não foi o prumo do artigo, achou-se ela em uma consideração favorável de ser um prumo. O que está sendo exposto: 1) Orígenes dá testemunho de que a Assembleia, não a edificação espiritual, está firmada em Pedro, a partir de Jesus, e isto, está relatado em História Eclesiástica, em IV, por Eusébio. 2) Em Siríaco, não temos dúvidas, como já visto. 3) A frase está em Mateus 16:18, qual a interpretação? Orígenes está certo? Eusébio colheu certo o testemunho? 4) Descobre-se as Homilias de Orígenes em 2012, onde consta a construção da frase Grega, logo, Origens sabia muito bem o que significava Mateus 16:18.
.
7) De acordo com o próprio apóstolo Pedro, quem é a Pedra ou líder (cabeça) da Igreja? Em Atos 4:11 e em 1 Pedro 2:4-8 nós temos vocábulo λιθος “pedra”, este não é o mesmo usado em Mateus 16:18 para o Apóstolo Pedro, o qual é πέτρᾳ “massa rochosa”, além disso,não deve-se confundir a ἐκκλησίαν “Assembleia” de Mateus 16:18 com a frase “... οικοδομεισθε estão sendo edificados οικος casa πνευματικος espiritual...” em 1 Pedro 2:5. A Assembleia sobre Pedro, a partir de Jesus, tem caráter físico, joio e trigo, enquanto a casa espiritual é imaculada.
.
8 ) O que Paulo diz sobre o “fundamento da Igreja”? (1 Coríntios 3:11). κἀγὼ Eu δέ porém σοι a ti λέγω estou dizendo ὅτι que σὺ tu εἶ estas sendo Πέτρος Pedro, καὶ e ἐπὶ em cima de ταύτῃ para esta τῇ a πέτρᾳ massa rochosa οἰκοδομήσω construirei μου de mim τὴν a ἐκκλησίαν assembleia καὶ e πύλαι portas ᾅδου de hades οὐ não κατισχύσουσιν exerceram força abaixo αὐτῆς dela. Mateus 16:18. O texto grego de Mateus 16:18 deixa claro que Jesus é o θεμελιον "fundamento" da Assembleia, "...construirei de mim" e não "...de Pedro". Apóstolo Pedro é o alicerce rochoso sobre Jesus e a partir dele (Pedro), é construída o restante da Assembleia.
.
9) Quanto a discussão dos discípulos de Jesus (Mateus 18:1; Marcos 9:33-35; Lucas 22:24-26). Obs.: Essa discussão se deu após o “primado” de Pedro. "E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus. Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" Almeida ACF Mateus 16:18. Da mesma forma que Pedro falou a revelação e Jesus entendeu, porque Jesus é a Sabedoria, pelo vocábulo também, Jesus também revelou o verso 18, ora, é natural que os discípulos de jesus, que ainda não tinha o Espírito Santo permanente, estivesse debatendo e discutindo racionalmente a revelação de Jesus sobre Pedro.
.
10) Em Gálatas 2:7, o Apóstolo Paulo define de forma clara as jurisdições dele e do Apóstolo Pedro: "Antes, pelo contrário, quando viram que o evangelho da incircuncisão me estava confiado, como a Pedro o da circuncisão" E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível. Porque, antes que alguns tivessem chegado da parte de Tiago, comia com os gentios; mas, depois que chegaram, se foi retirando, e se apartou deles, temendo os que eram da circuncisão. E os outros judeus também dissimulavam com ele, de maneira que até Barnabé se deixou levar pela sua dissimulação. Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios, e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus? Gal 2:11-14. Primeiramente Paulo interpreta como dissimulação de alguns dos da circuncisão, depois ele testemunha que quando viu, quando teve discernimento da dissimulação, de que estes Judeus da circuncisão não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, qual evangelho? Claro, não o do Apóstolo Pedro, o qual era para os da circunscrição e sim do evangelho para os gentios., na presença de todos, porque na presença de todos? Porque era necessário chamar a atenção destes judeus da circuncisão para a verdade de um evangelho para os gentios e ao mesmo tempo, ter várias testemunhas do fato! É nesta situação que o Apóstolo Paulo elogia o Apóstolo Pedro de repreensível! Adequando novamente, a visão dos judeus cristãos da circuncisão para a nova situação do gentios convertidos. Foi revelado ao Apóstolo Pedro que os gentios iriam se converter, mas a jurisdição da evangelização deles, coube ao Apóstolo Paulo. Não há o que se questionar sobre infalibilidade sobre o assunto em epígrafe em jurisdições diferentes. Paulo não repreendeu a Pedro em Gálatas 2:11-16, antes resistiu com a jurisdição que recebeu do Senhor: A evangelização dos gentios.
.
11) Sabemos que quem cuidava da Igreja não era apenas Pedro (Atos 6:2; 14:22-25; 15:13,19; 12:17; 21:18; 1 Coríntios 15:7; Gálatas 2:9; Efésios 2:20; Apocalipse 21:14) e de fato, Jesus não afirmou que Pedro seria o único na Assembleia, mas o alicerce rochoso dela, tão pouco o único na casa espiritual de Deus, mas um entre os irmãos, ainda que não seja o único, foi provado pelo texto do erudito Dave Armstrong a proeminência do Apóstolo Pedro. 50 Provas do Primado Petrino
.
12) Em termos espirituais, NÃO é errado chamar alguém de pai da fé (papa), Transcrevo aqui a explicação de Luigi Padovese, obra erudita traduzida Orlando Soares Moreira, Introdução à Teologia Patrística, em nossa livrarias. "... o vocábulo "pai" também é utilizado em sentido metafórico, por exemplo, em relação ao autor de alguma coisa (Jó 38:28), ao iniciador de certo de modo de vida (Gn 4:20-21),...vejamos algumas citações bíblicas: Não escrevo estas coisas para vos envergonhar; mas admoesto-vos como meus filhos amados. Porque ainda que tivésseis dez mil aios em Cristo, não teríeis, contudo, muitos pais; porque eu pelo evangelho vos gerei em Jesus Cristo. Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores. 1 Cor 14:16 Veja Também 1 Timóteo 5:1 NÃO repreendas asperamente o ancião, mas admoesta-o como a pai; aos moços como a irmãos; O fato de considerar a iniciação e a instrução na fé uma real paternidade espiritual levou a atribuir o título de "padre/pai" aos bispos, como já se fizera anteriormente com os apóstolos 1 Clemente 62:2 Apóstolo Pedro é o Papa, pela criação da fé na Assembleia: Tu és o filho de Deus. Como o primeiro alicerce rochoso da Assembleia, por ser o proeminente na Assembleia. Por ter o depósito do Evangelho de Jesus. Por concordar, autorizando o evangelho aos gentios por meio do Apóstolo Paulo. Portanto, o referente ao Mateus 23:9, é o Pai espiritual.
.
13) Não deve-se confundir reverência aos reis com a adoração latreia ao Pai. "…Faça Deus o que lhe aprouver para castigar Davi, se eu deixar vivo até o amanhecer uma só pessoa do sexo masculino de todos os que pertencem a Nabal!” Assim que Abigail viu Davi, ela desceu do jumento apressadamente e se prostrou com o rosto em terra diante de Davi; e, prostrada a seus pés, lhe suplicou: “Ah, senhor meu, caia sobre mim toda a culpa! Permita,pois, a tua serva falar aos teus ouvidos e escuta as palavras da tua serva!… 1 Samuel 25:22-24 .O Papa é chefe de um Estado (País), e como tal, deve ser honrado.
.
14) Apóstolo Pedro, juntamente com a Assembleia, delegava autoridade. Então, o que diz o texto de Mateus 18:15-20? Senão apenas cumprimento do texto de Mateus 16:18, pois, dois capítulos depois, a Assembleia já estava em construção sobre Jesus, com Pedro como alicerce. Assim, a mesma autoridade concedida a Pedro por Jesus, estende-se também a todos os seus sucessores e apóstolos em Mateus 18.18.
.
15) Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. Lucas 22:32 Porém, Eu roguei acerca de ti para que não falte a confiança (fé) de ti e tu em algum momento havendo retornado, faças fixos firmemente aos irmãos de ti. Tradução Literal. No retorno de Pedro a Fé, após a negação, Jesus determina que o Apóstolo Pedro se reedifique e reedifique na fé com firmeza, os irmãos da Assembleia constituída sobre ele.
.
16) "E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível. Porque, antes que alguns tivessem chegado da parte de Tiago, comia com os gentios; mas, depois que chegaram, se foi retirando, e se apartou deles, temendo os que eram da circuncisão. E os outros judeus também dissimulavam com ele, de maneira que até Barnabé se deixou levar pela sua dissimulação. Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios, e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus?" Gal 2:11-14 Neste texto, o Apóstolo Paulo revela a autoridade do Apóstolo Pedro na Assembleia dos cristãos da circuncisão em Jerusalém: O poder de obrigar. Devemos entender que tal comportamento refere-se aos gentios convertidos dentro do Estado de Israel, desde que, o próprio Senhor Jesus cumpria a lei, porém, os judeus da circuncisão queriam que os gentios convertidos que estavam fora de Israel e sob a jurisdição do Apóstolo Paulo vivessem como os de Jerusalém, mesmo tendo o sínodo de Jerusalém por tempo, o qual determinou que os gentios convertidos que estavam fora de Israel apenas: Que se abstenham das contaminações dos ídolos, da fornicação (imoralidade sexual), do que é sufocado e do sangue.

17) Uma leitura mais cuidadosa da carta aos Gálatas fará com que aceitemos que Pedro era um apóstolo foi superior a Paulo . Devemos observar que o Apóstolo Paulo, depois de três anos pregação aos Gentios, foi a Jerusalém exclusivamente para ver Pedro. Gálatas 1:18, ficando com ele quinze dias. Já no Capítulo 2, passados catorze anos após o fato de Gálatas 1:18, Paulo subiu outra vez a Jerusalém com Barnabé, levando também consigo a Tito, devido a uma revelação para expor o evangelho que pregava entre os gentios e aos convertidos para que de maneira alguma não corresse ou não tivesse corrido em vão. É neste contexto que lemos Gálatas 2:9: E quando Tiago, Cefas e João, que tinha uma reputação como pilares, reconheceram a graça que tinha sido dado a mim, deram-nos a Barnabé e a mim, a mão direita de companheirismo, concordando que iríamos para os gentios, e eles à circuncisão. Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência. (Gal 2:9-10 [NET]) Crivo da Assembleia: 1) Reconheceram; 2) Deram-nos a Barnabé e a mim, a mão direita de companheirismo; 3) Concordando; 4) Recomendando-nos; Resumo: Apóstolo Paulo, após três anos de pregação entre os gentios, procura o Apóstolo Pedro em Jerusalém, depois de quatorze anos, devido a uma revelação, Paulo retorna a Jerusalém, o evangelho dele, o revelado do céu, é reconhecido por mais de duas testemunhas entre os Apóstolos, incluindo o Apóstolo Pedro, além de outras orientações, o que Paulo procurou fazer com diligência para que o trabalho dele, ATÉ ENTÃO, distante do crivo dos Apóstolos, NÃO fosse perdido.
[/quote]
avatar
Betho
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Holístico!
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1066
Idade : 44
Cidade/Estado : BRAZIL
Religião : Tg 1;27
Igreja : Mt 18;20
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 33
Pontos de participação : 2763
Data de inscrição : 25/04/2015

Re: Apóstolo Pedro, a base da Igreja Cristã.

Mensagem por Betho em Qua 31 Maio 2017, 17:31



São de pouco valor para o artigo as seguintes referências: para σὺ εἶ κύριος (Tu és Senhor), temos Números 14:14; 1 Reis 18:36; 1 Reis 18:37; Neemias 9:7; Judite 9:7; Salmos 96:9; Odes de Salomão 7:45; Odes de Salomão 12:7; Daniel (Tradução de TH) 3:45. Para σὺ εἶ κύριέ: Temos 2 Samuel 7:29 e Odes de Salomão 12:13. Segue-se ainda 2 Crônicas 20:6: σὺ εἶ θεὸς e Isaias 42:17 ὑμεῖς ἐστε θεοὶ.

Ainda estas, por não estarem no afirmativo e serem sarcásticas ou duvidosas: 2 Samuel 9:2 σὺ εἶ Σιβα (Tu és Ziba?) 2 Samuel 20:17 σὺ εἶ Ιωαβ (Tu és Joabe) 1 Reis 19:2 σὺ εἶ Ηλιου (Se Tu és Elias...) LXX e ainda Daniel (Tradução de TH) 5:13 σὺ εἶ Δανιηλ ( Tu és Daniel?), ainda estas: Isaías 57:4 ὑμεῖς ἐστε τέκνα (Vós sois filhos) da transgressão. Ezequiel 22:24 σὺ εἶ γῆ (Tu és terra) não purificada, contaminada.



A seguir, construções semelhantes e de maior valor exegético para se entender a divinização do Apostolo Pedro no verso de Mateus 16:18 “...σὺ εἶ Πέτρος...” (tu és Pedro), em concordância com João 1:42 “...σὺ εἶ Σίμων...” (Tu és Simão) isto é, Pedro.

A) 1 Samuel 28:12 σὺ εἶ Σαουλ (Tu és Saul), isto é, uma afirmação verdadeira, diante de uma enganação.

B) Jó 12:2 ὑμεῖς ἐστε ἄνθρωποι (Vós sois homens) e por exegese, não deuses da Verdade.

C) Daniel 4:20 LXX e 4:22 HEB σὺ εἶ βασιλεῦ (Tu és Rei), “divinização” do Rei, com domínio até os céus.


D) Salmos 109:4 LXX 10:4 HEB σὺ εἶ ἱερεὺς (Tu és Sacerdote), divinização do Sacerdote, para sempre, Eterno.

    Data/hora atual: Sab 19 Ago 2017, 11:56