F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Ai das Gravidas

Compartilhe

Pereira
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1100
Data de inscrição : 18/04/2009

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Pereira em Dom 24 Maio 2009, 11:31

Na realidade tanto na evasão de Tito, quanto na Grande Tribulação às grávidas passarão por maus momentos.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 2183
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Dom 24 Maio 2009, 20:40

Jefté,

Edison

Realmente, a contradição entre nosso entendimento é grande.
Creio que sua doutrina deriva da adventista.

Não, não tem nada com os adventistas.


Irmão, a morte do Messias findou exatamente a 69ª semana - como diz: "E depois da 62 semanas será tirado o messias.."
Conforme a profecia "depois das 7 + 62 semanas" o messias seria morto e a cidade e o santuário destruidos.
Veja bem, a cidade e o santuário seriam destruidos depois das 62 semanas.
E não após as 69,5 semanas - essa interpretação é por conta de vocês.
Eu fico com o que diz a Bíblia.
Repito: veja como diz o verso: "E depois das sessenta e duas semanas será tirado o Messias, e não será mais e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação e até ao fim haverá guerra estão determinadas assolações.". (Dan. 9:26)

Irmão atente para as Escrituras.
"Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas" (v.25).

Veja, quando saiu a ordem até a edificação da cidade e do templo estavam determinadas 69 semanas (7+62).

Agora o verso 26 " E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo"

Eis aí. Depois da 69a semana....Por que 69a semana?
Porque antes das 62 semanas tiveram mais 7 semanas.
É por isso que o Messias é tirado D-E-P-O-I-S da 69a semana.
Isso deixa muito claro que Ele foi tirado em plena 70a semana.

Se veio um Messias depois de 62 semanas (como você diz), a contar da data da saída da ordem (445 A.C.)este não foi o Senhor Jesus Cristo, percebe?


Portanto se a destruíção da cidade deveria acontecer depois da 62 semanas, e a cidade só foi destruída no ano 70 mostra claramente que a contagem cessou na morte do Messias
.

Sim a contagem, para os judeus, cessou com a morte do Messias. Ele foi cortado "não por si mesmo" na 70a semana.
Ele não morreu de doença ou de velhice. Ele "não morreu por si mesmo". Ele foi morto, assassinado e também "não por Sí mesmo", mas sim pelos judeus e por nós.

O que aconteceu entre os anos 66 e 74 DC foi cumprimento do verso 26 "e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações."


Tanto que o verso 27 diz: "E ele firmará um concerto com muitos por uma semana e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares..."

Esse que firma o acordo por 1 semana não é Jesus. O Senhor jamais fez acordo temporal com alguém. Tudo que o Senhor faz é para sempre!
E tampouco o Senhor cessou o sacrifício, esse só cessou na destruição ano 70.

Que vai firmar o concerto é o anticristo, e na metade da semana cessará o sacrifício.
Por isso Israel voltou a existir depois de 1900 anos.
Por isso Jerusalém foi conquistada em 1967.
Somente o local do templo ainda não pertence aos judeus.
Mas a palavra de Deus afirma, o templo será construido, os judeus voltarão ao sacrifício e o anticristo (o messias que eles receberão) vai profaná-lo (o templo) Dan. 11:31 - II Tes. 2:4)

É isso mesmo. O Príncipe do verso 25 não é o mesmo príncipe do verso 26. São "príncipes" distintos que se manfestam em tempos distintos.
A semana do príncipe do verso 27 não tem nada a ver com a 70a semana.
As 70 semanas foram determinadas por Deus.
A semana determinada pelo príncipe do verso 27 foi determinada por satanás.

Uma coisa para meditar:
Satanás caiu como um raio do céu. (Luc. 10:18)
Satanás é um tição tirado do fogo: (Zac. 3:2)
Satanás governará pessoalmente este mundo no seu fim, depois será preso mil anos, solto pouco tempo, e lançado eternamente no lago de fogo e enxofre.
Você interpreta isso como: "saiu vitorioso e para vencer"?
Se "saiu vitorioso e para vencer é ir para o lago de fogo, não sei mais o que representam as palavras.

Irmão, você está confundindo e fazendo uma farofa com as Escrituras (brincadeira - rsrsrs).
Você está misturando cavaleiros, está misturando os tempos, está misturando as semanas.
Satanás governa este mundo desde Genesis 3.
Milênio, é para depois do arrebatamento.
Trono Branco, Lago de Fogo são acontecimentos para depois do arrebatamento, salvação dos 144.000 judeus, 2a ressurreição, etc.


Exemplo: a grande Babilônia destruida em uma hora.
Satanás atormentado dia e noite para sempre.
Isto jamais combina com o que a palavra de Deus diz do cavalo branco:
"E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer". (Apc. 6:2)

Irmão, sugiro conhecer o que são as Sete Eras da Igreja. Quando você se inteirar do que foram essas eras, você verá os quatro cavaleiros atuando contra a Igreja, mas verá também os quatro animais (Leão, Boi, Homem, e Águia) atuando em favor da Igreja durante esse tempo.

Veja como é poderoso satanás. Você está convencido de que ele é Jesus. A igreja de um modo geral acha que aquele cavaleiro de Apoc. 6:2 é Jesus.
Porem, a Palavra Revelada para esta última era o tem desmascarado.

Mas, o "ai das grávidas" foi para o ano 70 DC.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Ai das Gravidas

Mensagem por Jefté em Dom 24 Maio 2009, 22:47

Olà Edison

Primeiramente pergunto: Belo respaldo esse - Quem diz que a ordem foi dada em 445a.C.??? A Bíblia não é!
Acaso o mundo já tinha um calendário bem elaborado e firmado, ou um marco para que alguém se apoiasse nisso?
Ora, se o calendárido que temos hoje, tendo a Jesus como marco, sendo criado 6 séculos depois de Cristo, e muitos afirmam não ser preciso, atribuindo o nascimento de Cristo anos antes; imagina só a 400 anos antes de Cristo?
Eu sinceramente não creio!
Principalmente que eles atribuem essa ordem a Artaxexes; a ordem foi dada por Ciro; Ciro é quem passou pregão por todo o reino como também por escrito convocando os judeus voltarem p/ Jerusalém e reconstruirem o templo e a cidade. (Esdras 1:1-3)

Não posso apoiar a convicção de uma profecia na data dum calendário fictício; ainda mais quando isso envolve o entendimento da mesma, por isso mesmo, você diz que o verso 27 não faz parte das 70 semanas.
Por isso mesmo diz que o Messias foi tirado na 70 semana.
Ora, quem diz das 70 semanas no verso 24 é o anjo, e o mesmo anjo continua até o 27, e quem separou-as? Ainda mais que termina o capítulo passando a outro tempo e assunto? Como você pode desmembrar as semanas dessa maneira?

Engraçado, o verso 27 fala justamente da semana faltante, não detalhada anteriormente e você diz que não pertence às outras.
Não foi o anjo que disse isso!
Olha, a profecia não é de particular interpretação.
Como não pertence se estão juntas?
Outra coisa, quando começou a contagem das semanas não foi nenhum santo que deu início a elas, foi um rei de nação ímpia.

Quanto aos cavaleiros do Apocalipse, não estão associados a igreja e suas eras, isto é sua intrepretação.
E os três últimos cavaleiros são: guerra, capitalismo e morte.

Pode até ter havido guerras no mundo durante a história do cristianismo, mas sem sombra de dúvidas as maiores que existiram em todos os tempos foram as guerras mundiais, portanto eis o seu nome. (2º cavaleiro)
O capitalismo nem precisa dizer: uma medida de trigo por um denário. Sabemos onde originou o capitalismo em peso e em atacado (revolução industrial e etc.), não é? (3º cavaleiro)
E a morte, aconteceu, acontece e está para acontecer grande mortandade.(4º cavaleiro)

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2183
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5567
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Seg 25 Maio 2009, 09:09

Jefte,

Olà Edison

Primeiramente pergunto: Belo respaldo esse - Quem diz que a ordem foi dada em 445a.C.???

Isso é fácil. Em qualquer busca na Internet você chega a essa data (Neem 2:1-Cool.

[quote]A Bíblia não é!
Acaso o mundo já tinha um calendário bem elaborado e firmado, ou um marco para que alguém se apoiasse nisso?
Ora, se o calendárido que temos hoje, tendo a Jesus como marco, sendo criado 6 séculos depois de Cristo, e muitos afirmam não ser preciso, atribuindo o nascimento de Cristo anos antes; imagina só a 400 anos antes de Cristo?
Eu sinceramente não creio!
Principalmente que eles atribuem essa ordem a Artaxexes; a ordem foi dada por Ciro; Ciro é quem passou pregão por todo o reino como também por escrito convocando os judeus voltarem p/ Jerusalém e reconstruirem o templo e a cidade. (Esdras 1:1-3)]/quote]

Podemos esmiuçar isso então. Vamos pegar os mais variados estudos no Google. Pode ser?
Confesso que não sou muito chegado à essas datas, mas não é difícil chegar à elas.

O calendário judaico é o lunar. Este é correto com ano de 360 dias e meses de 30 dias.
O que temos hoje é romano e todo atrapalhado com meses de 28, 29, 30 e 31 dias.

Não posso apoiar a convicção de uma profecia na data dum calendário fictício; ainda mais quando isso envolve o entendimento da mesma, por isso mesmo, você diz que o verso 27 não faz parte das 70 semanas.
Por isso mesmo diz que o Messias foi tirado na 70 semana.
Ora, quem diz das 70 semanas no verso 24 é o anjo, e o mesmo anjo continua até o 27, e quem separou-as? Ainda mais que termina o capítulo passando a outro tempo e assunto? Como você pode desmembrar as semanas dessa maneira?

Calma amigo.
Quem diz que o Messias é tirado DEPOIS DA 69a semana é a Bíblia e não sou eu.

Depois do número 69 vem o quê? Não é o 70?

O que fazem é colocar um hiato de tempo entre a 69a e a 70a semana, por confundirem com a semana do príncipe do povo que destruiu Jerusalem.


Engraçado, o verso 27 fala justamente da semana faltante, não detalhada anteriormente e você diz que não pertence às outras.
Não foi o anjo que disse isso!
Olha, a profecia não é de particular interpretação.
Como não pertence se estão juntas?
Outra coisa, quando começou a contagem das semanas não foi nenhum santo que deu início a elas, foi um rei de nação ímpia.

Vamos às contagens? Coloque o que você tem aí e eu coloco daqui e então chegaremos a uma conclusão.

Quanto aos cavaleiros do Apocalipse, não estão associados a igreja e suas eras, isto é sua intrepretação.
E os três últimos cavaleiros são: guerra, capitalismo e morte.

Pode até ter havido guerras no mundo durante a história do cristianismo, mas sem sombra de dúvidas as maiores que existiram em todos os tempos foram as guerras mundiais, portanto eis o seu nome. (2º cavaleiro)
O capitalismo nem precisa dizer: uma medida de trigo por um denário. Sabemos onde originou o capitalismo em peso e em atacado (revolução industrial e etc.), não é? (3º cavaleiro)
E a morte, aconteceu, acontece e está para acontecer grande mortandade.(4º cavaleiro)

Pode ser tudo isso também, porem eu abordei o lado espiritual da coisa.
O cavalo branco é o grande disfarce de satanás para entrar na Igreja com seu nicolaísmo.
O cavalo vermelho é ele derramando sangue e matando os crentes.
O cavalo preto é o período de trevas quandoa Palavra ficou escondida nos porões de Roma e o que se tinha era tão somente credos, dogmas, rezas e superstições.
O cavalo amarelo é a mistura das três cores. Isso é hoje, quando temos até católicos de rosário na mão falando línguas estranhas, expulsando demônios e curando enfermos.
CURIOSIDADE: Note as cores do Vaticano em suas bandeirolas quando o papa visita qualquer nação.
São bandeirolas de duas cores: branco e amarelo. Engraçado que são as cores do primeiro e do último cavalo.
Coincidência????


Edison

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Ai das Gravidas

Mensagem por Jefté em Ter 26 Maio 2009, 08:54

Edison

No meu ver, há mais contradições:
Jesus disse: "Tu és pedra e sobre esta pedra eu edificarei a minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela".
Profecia de Cristo - ninguém pode ir contra ela ou desobedecê-la.
Se houve muito engano de Roma para cá, houve engano no mundo e não na igreja do Senhor.
Acaso o cavaleiro branco do Apocalipse (se fosse Satanás-não creio) vai passar por cima do dito do Senhor?

Outra coisa, suponhamos que a 69ª semana terminasse hoje e Jesus fosse morto amanhã, passando-se um dia - qual o problema?
Faltaria a semana completa, ou seja, 7 anos.
Engraçado: o anjo diz:
70 semanas estão determinadas....
Depois continua:
7 + 62 + 1
Depois o mesmo anjo detalha os acontecimentos conforme distribuiu as 70 semanas:
Sendo 7 na construção -
62 até o Messias -
1 pacto e quebra do mesmo.

E você diz que as 70 semanas encerram na morte de Cristo, então não são 70 semanas, mas sim 71 semanas, porquanto no verso vinte sete está sobrando uma?
Difícil interpretação e aceitação essa sua!
Eu, sinceramente, fico com a que o anjo descreveu!
Pois, repito, são 70 semanas e não 71.
Em todo caso, o homem pode entender como bem queira, somente que ela não é de particular interpretação.
O que seria da profecia se 6 bilhões de pessoas tivessem cada um sua própria interpretação?

Quanto à pesquisa do google, você vai encontrar tantas páginas contradizendo o a veracidade do calendário nosso, atribuindo lhe 6 ou 8 anos de diferença.
E olha que o Marco é grandíssimo.
E qual foi o marco do passado, antes de Jesus existir?
Quem fez um calendário prevendo os anos para Cristo nascer?
Isso não existiu.
E a contagem antes de Cristo é feita muito depois de Cristo, por nós hoje, e não no passado.
Então fico com a Bíblia e deixo os homens contarem como bem quiserem, não sou obrigado a crer-lhes!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2183
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5567
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Ter 26 Maio 2009, 12:08

Jefté,

Edison

No meu ver, há mais contradições:
Jesus disse: "Tu és pedra e sobre esta pedra eu edificarei a minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela".
Profecia de Cristo - ninguém pode ir contra ela ou desobedecê-la.

Espera aí: "Pedro tu és pedra"????
Calma você está afobado. A Bíblia diz assim:
"E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.
Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
"
(Mat. 16:17-18).

Você tocou num ponto importante.
Quando Pedro disse "Tu és o Cristo filho do Deus vivo", Jesus respondeu que ele era bem-aventurado porque aquela revelação ele não tinha recebido por via humana (carne e sangue).
E, sobre esta pedra, ou seja a pedra da revelação, que não vem por carne e nem sangue é que a Igreeja está edificada e aí sim as portas do inferno não prevalecem sobre ela.
A ICAR diz que ela está edificada sobre Pedro e por isso está na lama que está.

Se houve muito engano de Roma para cá, houve engano no mundo e não na igreja do Senhor.
Acaso o cavaleiro branco do Apocalipse (se fosse Satanás-não creio) vai passar por cima do dito do Senhor?

Rapaz,.......se houve muito engano?????
Só houve engano amigo, tanto na igreja quanto no mundo. Contudo sempre houve um grupinho de pessoas em cada era que se mantiveram na Palavra, apesar de que houveram períodos em quase não se tinha Luz, a exemplo de hoje em Laodiceia.

Quando você toma por Cristo o cavaleiro do cavalo branco de Apoc. 6:2, isto mostra que você ainda não está edificado na pedra da qual Jesus falou a Pedro, ou seja, a pedra da revelação.
Desculpe a brincadeira mas você está tomando o Genésio como se você o Jesus.

Na primeira era da Igreja (Éfeso - Apoc. 2:1-7) havia uma "obra" entrando na Igreja que era a obra dos nicolaítas (nico = conquista, laítas = laico ou leigos). Era algo sutíl, inocente, inofensivo, mas que na Igreja o pequeno rebanho já odiava e Deus também (v.6).
Isso era ação do cavaleiro do cavalo branco de Apoc. 6:2.

Mas você deve estar perguntando: "Onde está Jesus para proteger sua Igreja desse cavaleiro"?

Você notou que havia um grupo que, por alguma razão, não "engolia" esse pessoal dessa obra?
Sabe quem lhes estava dando revelação (a pedra) para eles se colocarem contra aquela coisa "inocente"?
Era Jesus, que naquele momento, naquele era da Igreja se manifestava como leão (o primeiro animal), o leão da tribo de Judá, o Evangelho puro original, que ungiu a igreja primitiva e identificou para eles, que aquela obra de aparência boa era satanás.

Agora dê uma olhada em Apoc. 2:15. Já estamos na era de Pérgamo, depois de termos passado por Smirna, e aquela pequena e inocente obra já era uma doutrina Pérgamo durou de 312 DC a 608 DC.

Aqui o laico já está conquistado, já há uma hierarquia humana funcionando e está tudo pronto para coroarem um papa que será um VICARVS FILII DEI (666), ou seja VIGÁRIO FILHO DE DEUS que significa SUBSTITUTO DO FILHO DE DEUS.
Aqui definitivamente substituiram a liderança do Espírito Santo por uma liderança humana, um clero, um papa.
Então em 325 DC (Concílio de Nicéia) nasce A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA que depois a vemos revelada em Apoc. 17.

Essa foi a obra daquele cavalo branco de Apoc. 6:2, que o irmão pensa que é Jesus, quando Jesus era aquele animal semelhante a um leão (Apoc. 4:7) que segurou o pequeno rebanho odiando aquela "singela" obra dos nicolaítas lá na era de Éfeso.

Percebeu o que é a pedra onde está edificada a Igreja de Cristo e sobre a qual as portas do inferno não prevalecem?


Outra coisa, suponhamos que a 69ª semana terminasse hoje e Jesus fosse morto amanhã, passando-se um dia - qual o problema?
Faltaria a semana completa, ou seja, 7 anos.
Engraçado: o anjo diz:
70 semanas estão determinadas....
Depois continua:
7 + 62 + 1
Depois o mesmo anjo detalha os acontecimentos conforme distribuiu as 70 semanas:
Sendo 7 na construção -
62 até o Messias -
1 pacto e quebra do mesmo.

Quando diz 62 semanas até o Messias, significa até o início do ministério terreno do Messias que foi ali no batismo do Rio Jordão.

O ministério de Jesus, dali até o calvário durou 3,5 anos. E se ele é cortado depois da 69a semana, significa que ele foi cortado na metade da 70a semana.

Esse 1 ano de pacto e quebra que você diz, não tem nada a ver com Deus. Esse é um ano fixado pelo anti-Cristo. Eu acredito até que essa metade da 70a semana faltante, se conclua em meio a esse um ano do anti-Cristo, porem é uma contagem independente dsse ano do anti-Cristo.



E você diz que as 70 semanas encerram na morte de Cristo, então não são 70 semanas, mas sim 71 semanas, porquanto no verso vinte sete está sobrando uma?
Difícil interpretação e aceitação essa sua!
Eu, sinceramente, fico com a que o anjo descreveu!
Pois, repito, são 70 semanas e não 71.
Em todo caso, o homem pode entender como bem queira, somente que ela não é de particular interpretação.
O que seria da profecia se 6 bilhões de pessoas tivessem cada um sua própria interpretação?

Calma Jefté. Eu não disse que as 70 semanas se encerram na morte de Jesus. Eu disse que ela é interrompida na 70a semana quando o Messias é cortado (v.26)

Veja bem são 7 + 62 semanas até o Messias (v25).
Esse até significa, até a entrada do Messias em cena, até quando Ele chega, que foi ali no Jordão quando João no-lo apresenta dizendo: "Eis aí o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo". Aqui começou a 70a semana.

Então, D-E-P-O-I-S das 62+7, portanto D-E-P-O-I-S da 69a semana 0 Messias é cortado (v. 26).
A Bíblia não diz que o Messias é cortado na 69a semana e D-E-P-O-I-S da 69a semana. Ora depois da 69a semana já e a 70a semana.


Quanto à pesquisa do google, você vai encontrar tantas páginas contradizendo o a veracidade do calendário nosso, atribuindo lhe 6 ou 8 anos de diferença.
E olha que o Marco é grandíssimo.
E qual foi o marco do passado, antes de Jesus existir?
Quem fez um calendário prevendo os anos para Cristo nascer?
Isso não existiu.
E a contagem antes de Cristo é feita muito depois de Cristo, por nós hoje, e não no passado.
Então fico com a Bíblia e deixo os homens contarem como bem quiserem, não sou obrigado a crer-lhes!

Eu sei disso, mas há uma maneira correta de se encaixar as datas eliminando as diferenças impostas pelo calendário gregoriano e sua bagunça romana.

Volto a repetir. Faltam apenas 3,5 anos para se completarem as 70 semanas. Esses 3,5 anos são os 1260 dias que Moisés e Elias (Apoc. 11) pregarão para a conversão dos 144.000 judeus.
Então temos 1260dias : 30dias = 42meses : 12meses = 3,5 anos.

Agora, para nós gentios, o que importa é o tempo dos gentios que foi introduzido no intervalo entre a primeira metade e a segunda metade da 70a semana.
Esse tempo não tem contagem. Há sinais que nos indicam que ele já está nos últimos segundos, sendo os mais evidentes é a figueira (Israel) que já brotou e a degradação da desgraçada, miserável, pobre, cega e nua igreja desta nossa era Laodiceiana (Apoc. 3:17).

Edison

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Jefté em Ter 26 Maio 2009, 19:04

Edison escreveu:
Rapaz,.......se houve muito engano?????
Só houve engano amigo, tanto na igreja quanto no mundo. Contudo sempre houve um grupinho de pessoas em cada era que se mantiveram na Palavra, apesar de que houveram períodos em quase não se tinha Luz, a exemplo de hoje em Laodiceia.

Olá Edison
Gostaria de perguntar uma coisa:
Desde quando o mundo segue enganado?
Ou qual a época em que ele andou na verdade?
Quando você menciona a Igreja falando-me de Constantino ou VICARVS FILII DEI (666), ou seja VIGÁRIO FILHO DE DEUS que significa SUBSTITUTO DO FILHO DE DEUS.
Eu lhe digo: Isto não é nem nunca foi a igreja de Cristo!
Isto não não é, nunca foi nem nunca será a igreja de Cristo!
Isso não passou de ser o império romano fazendo o que bem queria do seu império!
E pergunto: Acaso os imperadores romanos não podiam se tornar hinduístas, se quisessem?
Acaso os imperadores romanos não podiam adotar as crenças dos deuses gregos?
E acaso Roma não seguia o sincretismo?
e eu pergunto: o que tem haver isso com o cristianismo!
E outra coisa, se você considera os papas como a igreja de Cristo, eles existem até hoje! E hoje você também os considera como igreja de Cristo enganada?

Essa história não tem cabimento.
Eles nunca foram a igreja de Cristo!
Nunca tomaram o lugar de Pedro.
Pedro tinha seu apostolado espiritual!
Roma é tudo carnal - não tem nada haver!

Quanto às profecias: você considera a 70ª semana iniciando no batismo de Cristo.
Só que a Bíblia não define assim!
Diz Dan. 9:25: "Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, sete semanas, e sessenta e duas semanas.."
Ora, a profecia diz até o Messias - esse "até o Messias":
* poderia ser até o nascimento
* poderia ser até o batismo
* poderia ser até a sua morte

Até aqui qualquer um pode defender e fazer muitas afirmações (conforme a escolha)

Depois 9:26 diz: "E depois das sessenta e duas semanas será tirado o Messias, e não será mais e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação e até ao fim haverá guerra estão determinadas assolações".

hipóteses:
Esse "depois das 62 semanas"
* pode ser três anos e meio após as 62
* pode ser ao término imediato das 62 semanas
* ou outro qualquer

Porém, seguindo a sua maneira de interpretar ela seria assim:
"E depois das 62 semanas e meia seria tirado o Messias.
Ou:
"E na metade da septuagésima semana será tirado o Messias".ou ainda:
ou
"E na septuagésima semana será tirado o Messias".

Porém repito; O marco da profecia é:
"E depois das 62 semanas será tirado o Messias..."

Então me atenho ao marco dela:
Não considero 1 dia depois das 62 semanas.
Não considero 1 ano depois das 62 semanas.
Não considero 3 anos depois das 62 semanas.
E não considero 3 anos e meio depois das 62 semanas.

Porquanto todas elas podem ser aceitas, mas então para que o marco das 62 semanas?
Não me foi detalhado outro ponto para eu fazer qualquer cálculo (senão as 62 semanas + a morte do Messias) então não o farei.
E fico com a literalidade do que informa o texto.
Depois das 62 semanas é morto o Messias e a cidade é destruída (não depois das 62 semanas e meia; não depois das 62 semanas e 1 dia, ou 1 ano, ou 3 anos e meio: mas depois das 62 semanas.
A contagem informada parou em 62 semanas; se parou, parou! Cessou aquela contagem, porque a profecia não é para confundir mas para dar entendimento.

Quem quiser se ater a quaisquer acréscimos ou cálculos ou omissões, que fique livre. Porém eu creio como me foi dito.
E digo mais, se falasse que o diabo em pessoa é que faria o pacto, eu creria, não quero nem saber - o pacto não é conosco!

Desculpa!
Não estou bravo!
Um abraço!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2183
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5567
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Ter 26 Maio 2009, 22:16

Jefté, desculpa mas a impressão que tenho é que o irmão se faz de desentendido.

Eu não falei nada de Constantino.

Como já lhe disse o mundo nunca foi enganado até Gen. 3.

Não vou me alongar mais.

Se para você o 70 não vem depois do 69 paciência.

Edison
avatar
Pereira
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1100
Idade : 55
Cidade/Estado : Japeri/Rio de Janeiro
Religião : Evangelico
Igreja : Nao tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 2
Pontos de participação : 3856
Data de inscrição : 18/04/2009

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Pereira em Sab 30 Maio 2009, 12:49

Amados,

No que refere-se a Grande Tribulação, podemos observar que os cumprimentos dos acontecimentos tremendos do Livro de Dn 9 versículo 24 não se acham em lugar algum da história, logicamente pôr serem futuros, e estão aguardando a realização de septuagésima semana:

Extinguir a transgressão,
Dar fim aos pecados,
Expiar a iniqüidade,
Trazer a justiça eterna,
Selar a visão e a profecia,
Ungir o Santo dos Santos.

Pôr outro lado podemos argumentar que um intervalo imprevisto no tempo profético não é fenômeno raro nas profecias do Antigo Testamento (Is 9:6; Zc 9:9,10; Is 61:1,2)

Shalom

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Jefté em Seg 14 Set 2009, 22:56

Edison

Estive estudando os evangelhos e venho aqui, mais uma vez, refutar uma de suas afirmações postadas, e também refutar uma de suas interpretações sobre a profecia das 70 semanas de Daniel 9, conforme abaixo descrito:

Edison escreveu:
Quando diz 62 semanas até o Messias, significa até o início do ministério terreno do Messias que foi ali no batismo do Rio Jordão.

O ministério de Jesus, dali até o calvário durou 3,5 anos. E se ele é cortado depois da 69a semana, significa que ele foi cortado na metade da 70a semana.

Esse 1 ano de pacto e quebra que você diz, não tem nada a ver com Deus. Esse é um ano fixado pelo anti-Cristo. Eu acredito até que essa metade da 70a semana faltante, se conclua em meio a esse um ano do anti-Cristo, porem é uma contagem independente dsse ano do anti-Cristo.
Edison

Há um erro tremendo na sua interpretação sobre as 70 semanas (Daniel 9), quando você a fundamenta c/ base no ministério de Cristo perdurando 3,5 anos exatos (frase em sublinhado no "quote").
Na verdade, o ministério de Cristo não durou 2 anos e meio, sequer!
Conforme veremos abaixo:

Acompanhemos o evangelho de João 2:13 -
"E estava próxima a páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém." (Jo. 2:13)
Aqui, Jesus acabara de principiar seus milagres em Caná da Galiléia quando transformou água em vinho - início de Seu ministério (Jo. 2:11).
E no verso 13, já anuncia que estava próxima a páscoa dos judeus - durante o ministério de Cristo, esta foi a 1ª páscoa.


Evangelho de João 6:4
"E a páscoa, a festa dos judeus, estava próxima." (Jo. 6:4)
Aqui acontece outra páscoa durante o ministério de Cristo. 2ª páscoa

Evangelho de João 13:1
"Ora, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim." (Jo. 13:1)
E aqui Jesus é entregue e morto, justamente na páscoa; ou seja, o Senhor finda seu ministério na 3ª páscoa.

Agora, pensemos bem:
De uma páscoa a outra, tem-se um ano;
E se contarmos três páscoas consecutivas tem-se exatamente dois anos completos, pois Cristo, logo ao começar seu ministério, após o primeiro milagre, cumpre-se a prímeira páscoa (João 2:13).
Em João 6:4 cumpre-se a segunda páscoa (1 ano se passou);
E em João 13, o Senhor está em sua terceira páscoa (última), a ceia c/ os discípulos, portanto, de João 2:13 até a ceia de João 13 (um dia antes de sua morte) se cumpriram exatamente 2 anos.

Vemos nisso que o ministério do Senhor foi, na verdade de no máximo 2,5 anos e nem a isso chegou. E não sendo de 3,5 anos, sua interpretação da profecia fica comprometida, e cai por terra.
Olha Edison, um erro grave na interpretação da profecia das 70 semanas; e erro na interpretação dos evangelhos.

O que você teria a dizer????

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2183
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5567
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Sex 18 Set 2009, 13:30

Jefté,

Você quer dar uma olhada aqui:
http://www.jacinto-mendes.eti.br/estudosbiblicos/evangelhos/aulas/Evangelhos05.PDF

Aqui:
http://www.jacinto-mendes.eti.br/estudosbiblicos/ResumoEscatologia.htm

Aqui:
http://www.jacinto-mendes.eti.br/estudosbiblicos/index-real.shtml


Desculpa, eu achei isso na Internet. Talvez lhe interesse para confrontar. Me parece que a pessoa é batista.


Estou passando esses links para não deixa-lo sem resposta.

Continuo crendo que o ministério de Jeus foi de 3,5 anos e que a última semana de Daniel faltam apenas 3,5 anos e estará embutida na semana inteira do anti-Cristo.
As duas acontecem simultaneamente.

Grato.

Edison
avatar
Pereira
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1100
Idade : 55
Cidade/Estado : Japeri/Rio de Janeiro
Religião : Evangelico
Igreja : Nao tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 2
Pontos de participação : 3856
Data de inscrição : 18/04/2009

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Pereira em Sab 19 Set 2009, 09:15

Amado Edison,

Os fatps não podem sucederrem assim como o amado está afirmando pelos seguinte motivos.

Analisando o texto de Dn 9:24-27 - Devido a sua importância note cuidadosamente e lembre-se:

1.A profecia inteira trata do “povo” de Dayan UL e de sua cidade isto é: a nação de Yaoshorul e da cidade de YAOHUshuaoleym. (v. 24)

2.Dois príncipes diferentes são mencionados, que não se deve confundir: o primeiro é o Messias, O Príncipe (v. 25) e o segundo se descreve como o príncipe que há de vir. (v. 26)

3.Todo período envolvido é precisamente especificado como setenta semanas (v. 24) e estas setentas semanas são divididas em três períodos menores: (v. 25,27)


3.1.Sete semanas

3.2.Sessenta e duas semanas

3.3.Uma semana


4.O início do período total, ou seja das setenta semanas é definitivamente fixado: “Desde a ordem para restaurar e para edificar YAOHUshuaoleym. (v. 25)

5.O fim das sete semanas e sessenta e duas semanas (total de 69 semanas) é marcado pela apresentação do Messias, o Príncipe como o “Príncipe de Yaoshorul ”.

6.Depois das sessenta e duas semanas, que se seguem às primeiras sete semanas (isto é 69 semanas) o Messias, O Príncipe será morto e YAOHUshuaoleym será destruída algum tempo no futuro pelo povo do outro príncipe. (v. 26)

7.Após estes dois eventos importantes chegamos a última ou a septuagésima semana cujo início será claramente indicado pelo estabelecimento duma firme aliança ou tratado entre o príncipe vindouro e a nação de Yaoshorul pelo período de uma semana. (v. 27)

8.No meio desta semana, ou seja, da septuagésima semana, evidentemente, após ter violado o seu tratado, o príncipe vindouro fará cessar o sacrifício judaico subitamente e fará cair sobre o povo um tempo de ira e desolação que durará até o fim da semana. (v. 27)

9.Ao findar o período total das setenta semanas será inaugurado um tempo de grande benção, como nunca houve para Yaoshorul . (v. 24)



Shalom

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2183
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5567
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Sab 19 Set 2009, 12:47

Pereira,

Este tópico ficou mais para 70 semanas do que "Ai das grávidas", se bem que tudo está relacionado.

Note aqui meu chaver turrão (rsrsrs).

São dois princípes. Um é Deus na pessoa do Cristo e outro é satanás na pessoa do anti-Cristo. OK?

O Messias estebelece 70 semanas para tratar do pacto com Israel. OK?

O anti-Messias estabelece 1 semana para tratar do pacto com Israel. OK?

O Messias é morto depois, depois, depois, depois, depois da 69a semana. Ok?

O que vem DEPOIS do 69? Por acaso não é o 70?

Então o Messias é morto na 70a semana e fazendo as contas Ele é morto na metade da semana.

Quando Ele é morto, aí sim interrompem-se a contagem das 70 semanas porque Deus passa a tratar com os gentios. Então se estabelece as Sete Eras da Igreja gentia (que é o tempo dos gentios e não é medido), que são as ovelhas do outro aprisco que Lhe convinha agregar às ovelhas perdidas da casa de Isarel, para assim formar um só rebanho e um só pastor (Jo 10:16).

A interpretação teológica, na qual você também embarcou, faz confusão com a semana do anti-Messias e colocam um hiato entre a 69a e a 70a semana para assim sobrar uma semana compatibilizando com a semana do anti-Messias.

Mas você mesmo concorda que são dois príncipes.

Agora, se o Messias é morto num suposto intervalo entre as semanas 69 e 70, então Ele ainda não morreu por Israel, pois Ele foi morto fóra do tempo estabelecido. Se Ele ainda não morreu para Israel como pode Ele ter vindo tratar com os gentios? Como pode a salvação ter vindo dos judeus? Como se cumprirá Zac. 12:10 e 13:6?
Jesus disse que tinha sido enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel (Mat. 15:24).
E em outra ocasião Ele disse aos discípulos para não irem pregar aos gentios, mas que era para eles irem ANTES às ovelhas perdidas da casa de Israel (Jo 10:5-6).

Então o Messias vem, cumpre seu ministério, é rejeitado, morto e ressuscitado, tudo na 70a semana. Aí sim é interrompida a contagem das 70 semanas porque Deus vai tratar com outro povo. Deus agora não está tratando com uma nação mas sim com um povo e quando Ele trata com povo a coisa é individual, como o é agora conosco.

"..... Era mister que a vós se vos pregasse primeiro a palavra de Deus; mas, visto que a rejeitais, e não vos julgais dignos da vida eterna, eis que nos voltamos para os gentios;
Porque o Senhor assim no-lo mandou: Eu te pus para luz dos gentios, A fim de que sejas para salvação até os confins da terra"
(Atos 13:46-47).

Este é o tempo em que José (que não é mais José e sim Zafenate-Panéia - Gen. 41), depois de "morto" por seus irmãos, está no meio dos gentios levando vida para eles. Este é o tempo em que José recebe uma Noiva gentia (Azenate), se casa com ela, leva-a para seus aposentos, gera filhos com ela e traz vida para os gentios sob o nome Zafenate-Panéia.

Só depois disso é que Zafenate-Panéia se revela aos seus irmãos, falando na mesma língua deles, se identificando como hebreu, com seu Nome hebreu, sem intérpretes gentios, num momento exclusivo sem gentio nenhum por perto (nem a esposa estava presente) e passam a viver todos em seu reino. Todos juntos, as 12 tribos e a esposa gentia com seus filhos - Um só rebanho e um só pastor.

Dei uma de Pereira e fiz um textão bem looooonnnnngo. (rsrsrs).

Edison
avatar
Pereira
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1100
Idade : 55
Cidade/Estado : Japeri/Rio de Janeiro
Religião : Evangelico
Igreja : Nao tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 2
Pontos de participação : 3856
Data de inscrição : 18/04/2009

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Pereira em Sab 19 Set 2009, 16:42

Amado Edison,

O amado diz: São dois princípes. Um é Deus na pessoa do Cristo e outro é satanás na pessoa do anti-Cristo.


Não amado, estes dois príncipes são mencionados, e não devem ser confundidos:

O primeiro é o MESSIAS, o Príncipe (v. 25)
O segundo é o PRÍNCIPE QUE HÁ DE VIR (v. 26) O Anti ungido


O amado diz: O Messias estabelece 70 semanas para tratar do pacto com Israel. OK?

Quem faz o pacto com o povo de Yaoshorul foi o Próprio Altíssimo. Não o Messias como o amado afirma.
Lembre-se 70 semanas de anos estão determinadas sobre Yaoshorul


O amado diz: O anti-Messias estabelece 1 semana para tratar do pacto com Israel. OK?

Não amado, o anti-messias não estabelece pacto algum aqui.
Essas semanas de anos são um tratado de ULHIM com o seu povo. Somente isso.


O amado diz: O Messias é morto depois, depois, depois, depois, depois da 69a semana. Ok? O que vem DEPOIS do 69? Por acaso não é o 70?

O amado está equivocado. O desenrolar dos acontecimentos seguem dessa forma::

Estas setenta semanas estão divididas em três períodos menores de anos.

Primeiro Período - Sete semanas (7 x 7 = 49 Anos)

Inicia-se com a saída de ordem para a restauração de YAOHUshuaoleym e vai até a restauração total de YAOHUshuaoleym em 14 de março de 445 a.M. (Dn 9:25; Ne 1:3,4; 2:1-8; 6:15)

Segundo Período - Sessenta e duas semanas (62 x 7 = 434 Anos)

O fim desta semana é marcado pela apresentação do Messias, “O Príncipe de Yaoshorul ”. Isto sucedeu com a entrada triunfal do Messias em YAOHUshuaoleym (Lc 19:29-40). Depois o Príncipe será morto e YAOHUshuaoleym será destruída algum tempo depois no futuro pelo povo do Outro Príncipe (v. 26). Isto sucedeu no ano 70 D.M., quando Tito destruiu YAOHUshuaoleym (Dn. 11:31) não deixando uma pedra no lugar. (Ler Flavio Josefo)

Somando-se os quarenta e nove anos do primeiro período com estes quatrocentos e trinta e quatro anos do segundo período, resta-nos apenas mais uma semana de anos (7 anos).

Terceiro Período - Uma semana de anos (7 Anos)

Após estes dois eventos chegamos à última semana de anos, cuja início é indicado pelo estabelecimento duma firme ALIANÇA ou TRATADO entre o Príncipe vindouro e a nação de Yaoshorul (v. 27)


O amado diz: Então o Messias é morto na 70a semana e fazendo as contas Ele é morto na metade da semana.

Infelizmente o amado está errando é justamente aqui. NO fim da 69 semana. Há um espaço de tempo. O TEMPO DA IGREJA>

Este espaço de tempo finda quando o anti-ungido se manifestar. A Igreja está impedindo dessa manifestação. Quando terá inicio a Grande Tribulação, logo após o Arrebatamento da Igreja.,

Após estes dois eventos importantes chegamos a última ou a septuagésima semana cujo início será claramente indicado pelo estabelecimento duma firme aliança ou tratado entre o príncipe vindouro e a nação de Yaoshorul pelo período de uma semana. (v. 27)


Shalom

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2183
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5567
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Edison em Sab 19 Set 2009, 23:04

Amado Edison,

O amado diz: São dois princípes. Um é Deus na pessoa do Cristo e outro é satanás na pessoa do anti-Cristo.


Não amado, estes dois príncipes são mencionados, e não devem ser confundidos:

O primeiro é o MESSIAS, o Príncipe (v. 25)
O segundo é o PRÍNCIPE QUE HÁ DE VIR (v. 26) O Anti ungido

O que eu disse de errado?

Errei no HÁ DE VIR?

Ora quando Daniel profetizou os dois ainda haveriam de vir.


O amado diz: O Messias estabelece 70 semanas para tratar do pacto com Israel. OK?

Quem faz o pacto com o povo de Yaoshorul foi o Próprio Altíssimo. Não o Messias como o amado afirma.
Lembre-se 70 semanas de anos estão determinadas sobre Yaoshorul

Ah! Desculpe-me esqueci que você crê nas trindade de pessoas distintas.
Só que você se esquece que Deus se comunica ou faz qualquer coisa através do Filho que também foi o Messias (Jo 1:3).


O amado diz: O anti-Messias estabelece 1 semana para tratar do pacto com Israel. OK?

Não amado, o anti-messias não estabelece pacto algum aqui.
Essas semanas de anos são um tratado de ULHIM com o seu povo. Somente isso.

Daniel 9:27 diz que o anti-Messias faz aliança por uma semana. Eu só troquei o termo aliança por pacto. Faz alguma diferença?


O amado diz: O Messias é morto depois, depois, depois, depois, depois da 69a semana. Ok? O que vem DEPOIS do 69? Por acaso não é o 70?

O amado está equivocado.

Não, não estou equivocado. Daniel 9:26 diz que depois da 69a semana o Messias é cortado. Veja DEPOIS DA 69a SEMANA.


O desenrolar dos acontecimentos seguem dessa forma::

Estas setenta semanas estão divididas em três períodos menores de anos.

Primeiro Período - Sete semanas (7 x 7 = 49 Anos)

Inicia-se com a saída de ordem para a restauração de YAOHUshuaoleym e vai até a restauração total de YAOHUshuaoleym em 14 de março de 445 a.M. (Dn 9:25; Ne 1:3,4; 2:1-8; 6:15)

Segundo Período - Sessenta e duas semanas (62 x 7 = 434 Anos)

O fim desta semana é marcado pela apresentação do Messias, “O Príncipe de Yaoshorul ”. Isto sucedeu com a entrada triunfal do Messias em YAOHUshuaoleym (Lc 19:29-40). Depois o Príncipe será morto e YAOHUshuaoleym será destruída algum tempo depois no futuro pelo povo do Outro Príncipe (v. 26). Isto sucedeu no ano 70 D.M., quando Tito destruiu YAOHUshuaoleym (Dn. 11:31) não deixando uma pedra no lugar. (Ler Flavio Josefo)

Aqui está o problema.

O Messias é apresentado na entrada triunfal ou quando o profeta precursor lhe aponta o dedo e diz: "Eis aí o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo"?

Somando-se os quarenta e nove anos do primeiro período com estes quatrocentos e trinta e quatro anos do segundo período, resta-nos apenas mais uma semana de anos (7 anos).

Terceiro Período - Uma semana de anos (7 Anos)

Após estes dois eventos chegamos à última semana de anos, cuja início é indicado pelo estabelecimento duma firme ALIANÇA ou TRATADO entre o Príncipe vindouro e a nação de Yaoshorul (v. 27)

Pois é aqui você já está atrasado meia semana.


O amado diz: Então o Messias é morto na 70a semana e fazendo as contas Ele é morto na metade da semana.

Infelizmente o amado está errando é justamente aqui. NO fim da 69 semana. Há um espaço de tempo. O TEMPO DA IGREJA>

Este espaço de tempo finda quando o anti-ungido se manifestar. A Igreja está impedindo dessa manifestação. Quando terá inicio a Grande Tribulação, logo após o Arrebatamento da Igreja.,

Após estes dois eventos importantes chegamos a última ou a septuagésima semana cujo início será claramente indicado pelo estabelecimento duma firme aliança ou tratado entre o príncipe vindouro e a nação de Yaoshorul pelo período de uma semana. (v. 27)


Shalom

Como eu disse, entendo que o tempo da Igreja é um espaço nbo meio da 70a semana.


Edison
avatar
Pereira
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1100
Idade : 55
Cidade/Estado : Japeri/Rio de Janeiro
Religião : Evangelico
Igreja : Nao tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 2
Pontos de participação : 3856
Data de inscrição : 18/04/2009

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Pereira em Dom 20 Set 2009, 08:17

Amado Edison,

Recapitulando. Depois da 69° semana o messias é tirado.

Restam 1 semana. Este é o terceiro e último período das Setenta Semanas. Completa dessa forma setenta semanas e como são semanas de anos, quatrocentos e noventa anos.

O inicoio dessa ultima seman é marcado com uma aliança firmada pelo segundo principe. Essa semana está dividida em dois periodos de tres anos e msio cada.

Este tempo terá inicio com uma aliança firmada pelo anti-ungido que será um tempo de falsa paz em toda terra.

Um intervalo de tempo entre as semanas sexagésima-nona e a septuagésima é exigido pelo cumprimento histórico dos dois eventos preditos no versículo 26.

Estes eventos foram a morte do Messias e a destruição de YAOHUshuaoleym e ambos são colocados depois e não dentro das 69 semanas.

É conhecido na história que no ano 70 d.M., o General romano Tito, destruiu YAOHUshuaoleym e seu santuário num dos cercos mais poderosos de todos os tempos.

Sendo certo que as primeiras sessenta e nove semanas terminaram depois de 32 AD, destruição da cidade ocorreu quase quarenta anos depois do fim das sessenta e nove semanas. Mas na narrativa da profecia a destruição da cidade é colocada antes da última semana.

Portanto o cumprimento histórico deste detalhe da profecia, sobre o qual quase todos concordam, exige um intervalo de mais ou menos 38 anos e assim fornece evidência infalível ao problema que tem confundido tantos comentaristas. Porque mesmo que um ano só seja admitido entre as últimas duas semanas, o princípio da interpretação do intervalo fica admitido. E se pode haver 38 anos, não há nenhuma razão apriorística para negar que possa haver dezenove séculos.

Pode se observar também que os cumprimentos dos acontecimentos tremendos do versículo 24 não se acham em lugar algum da história, logicamente pôr serem futuros, e estão aguardando a realização de septuagésima semana:

· Extinguir a transgressão
· Dar fim aos pecados
· Expiar a iniquidade
· Trazer a justiça eterna
· Selar a visão e a profecia
· Ungir o Santo dos Santos.

Pôr outro lado podemos argumentar que um intervalo imprevisto no tempo profético não é fenômeno raro nas profecias do Antigo Testamento (Is 9:6; Zc 9:9,10; Is 61:1,2)

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Jefté em Ter 29 Set 2009, 21:24

Edison

Voltando um pouco o assunto, sobre o período em que durou o ministério do Senhor; sobre o qual o evangelho de João cita 3 páscoas:
  • a 1ª páscoa no ínicio do ministério de Cristo (Jo. 3:13).
    a 2ª páscao em João 6:4
    e a 3ª e última em João 12 e 13 - um dia antes da morte de Cristo.

Então de novo faço a comutação do tempo do ministério do Senhor baseados nesses dados do evangelho de João:
De uma páscoa a outra, tem-se um ano;
E se contarmos três páscoas consecutivas tem-se exatamente dois anos completos, pois Cristo, logo ao começar seu ministério, após o primeiro milagre, cumpre-se a prímeira páscoa (João 2:13).
Em João 6:4 cumpre-se a segunda páscoa (1 ano se passou);
E em João 13, o Senhor está em sua terceira páscoa (última), a ceia c/ os discípulos, portanto, de João 2:13 até a ceia de João 13 (um dia antes de sua morte) se cumpriram exatamente 2 anos.

Vemos nisso que o ministério do Senhor foi, na verdade de no máximo 2,5 anos e nem a isso chegou. E não sendo de 3,5 anos, sua interpretação da profecia fica comprometida, e cai por terra.
Olha Edison, um erro grave na interpretação da profecia das 70 semanas; e erro na interpretação dos evangelhos.

E quanto ao site que você menionou:
http://www.jacinto-mendes.eti.br/estudosbiblicos/ResumoEscatologia.htm
http://www.jacinto-mendes.eti.br/estudosbiblicos/index-real.shtml
A pessoa que fez o estudo considera a "festa" citada em João 5:1 como sendo uma páscoa (embora o evangelho não diga isso) sendo que é o próprio evangelho de João que identifica-nos no livro 3 páscoas.

E a base p/ a afirmação de que o ministério de Cristo seja de 3,5 anos no referido estudo é por causa da festa de João 5:1 e o autor do estudo a considera como festa da páscoa. E ele o faz baseado em João 4:35, em que o Senhor diz que faltavam 4 meses p/ a ceita. Então pela lógica, ele deduz que a festa em João 5:1 só poderia ser da páscoa pois em João 4:35 faltavam 4 meses p/ ceifa e esta acontecia por época de pentecostes.

Bom, apresento aqui alguns pontos para refutar que a festa de João 5:1 poderia ser da páscoa.
Primeiro ponto: - Mas o que ele se esquece é que em João 4:45 o evangelista menciona que os galileus receberam a Jesus, vistas todas as coisas que fizera em Jerusalém, no dia da festa. E não foi citada outra festa entre o capítulo 2 e 4 e tudo indica que a festa citada foi a páscoa pois não se mencionou.

Segundo ponto: - Também e havia outras festas entre os judeus em que Jesus subia a Jerusalém, por exemplo: a festa da dedicação (Jo. 10:22).
E esta festa ocorria no inverno (Jo. 10:22).
Ora, o inverno em Jerusalém ocorre entre novembro e março; e quanto Jesus diz em João 4:35 que faltavam 4 meses p/ a ceifa, a festa de João 5:1 que ocorre no inverno poderia ser perfeitamente a festa da dedicação (que ocorre no inverno) nos meses de novembro a março.

Terceiro ponto: - É que a festa de João 5 mostra o Senhor em Jerusalém, na qual Ele cura o coxo do tanque chamdo Betesta em que o Senhor o cura no dia de sábado e por causa disso os judeus se opoêm a Jesus e o capítulo segue até o final falando do ocorrido nessa festa.

Quarto ponto: É que após terminar o capítulo 5 (que cita a festa em Jerusalém e o ocorrido nela), no capítulo 6 diz: "Depois disto partiu Jesus para o outro lado do mar da Galiléia, que é o de Tiberíades." (Jo. 6:1)
E em João 6:4 já diz que a páscoa dos judeus estava próxima.
Portanto descarta definitivamente que a festa de João 5:1 poderia ser a páscoa, pois após a sua sequência é que houve a páscoa.
E entre uma páscoa e outra precisa haver a festa de pentecostes, a dos tabernáculos e a da dedicação entre outras que os judeus comumente faziam.

Em suma, tudo leva a crer mesmo que o ministério de Jesus após o batismo tenha durado no máximo 2 anos e meio, e não passou disso.[b]

Conteúdo patrocinado

Re: Ai das Gravidas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Seg 22 Jan 2018, 23:47