F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Qualidade musical dos cultos

Compartilhe

Joselei
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Número de Mensagens : 308
Data de inscrição : 08/12/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Joselei em Sab 21 Nov 2015, 01:31

Fernando_Pinheiro escreveu:

Errado!! penso que seu conceito de 'música' está equivocado.

Eu não conceituei a música. Então não mude de assunto.

Fernando_Pinheiro escreveu:O que é chamado de música compõe melodia, harmonia, ritmo e LETRA... (apesar de haver instrumentais, apenas).

Isso é óbvio.

Fernando_Pinheiro escreveu:E não! Nem sempre a música é fruto da teologia pregada!

Mas, a maioria das músicas das igrejas-instituição são fruto da teologia pregada.

Fernando_Pinheiro escreveu:Então somos todos robôs? Não temos culpa quando cantamos? Não há erro nisso? Errar sem saber não isenta de culpa! Ainda mais se cantamos aspirações de nossas cobiças e egocentrismo...

Não somos robôs. E não sou juiz para culpar ninguém. E eu disse que não há erros nisso. E sobre o "errar sem saber" pense direito antes de condenar um ingênuo.

Argumente melhor.


Roberto Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 885
Data de inscrição : 11/03/2011

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Roberto Costa em Dom 22 Nov 2015, 01:03

Saudações Cristãs :

Joselei escreveu :
Cada irmão tem o seu modo de adorar o Senhor; se faz isso é para glória do Senhor, se faz aquilo é para glória do Senhor.


Estranho esse pensamento amado : Quer dizer que se o sujeito começa a cantar um hino, e a seu modo  resolve tirar a roupa e ficar nu, diz que é para a glória de Deus, tudo certo ? Onde está o bom senso, a ordem, o respeito, etc...

Joselei escreveu :Portanto, a igreja-instituição deve acolher a todos sem reclamar das expressividades de cada irmão.
Se a expressividade reflete gestos obscenos, tudo bem ? É uma forma de expressão e deve ser compreendida e aceita?

Joselei escreveu : Não existe problema nenhum nas músicas dos irmãos nem no seu comportamento, há problema na mente dos julgadores fundamentalistas que querem alinhar todos em uma só harmonia tendenciosa escravizadora.
Como não ha problema nas músicas nem no comportamento ? Mas faça-se tudo decentemente e com ordem. 1 Coríntios 14:40

Joselei escreveu : É a doutrina derivada da teologia corrompida que compõe estas músicas. Não há problemas nas músicas,mas na inspiração das pregações tendenciosas da teologia perdida.
Cite uma música e eu vou mostrar que o erro não está no irmão e nem na música, mas na teologia-doutrinária.
Como pode haver problemas nas pregações teológicas, e não nas músicas, se para compor , além de outras coisas, deve-se ter conhecimento bíblico, para não escrever bobagens, tais como :
Caminhando eu vou para Canaã... Se você não vai, não impeça eu de ir. Imagine um irmão cantando isso para o outro ?
Não importa a igreja que tu és, se aos pés do calvário tu estás, da-me a mão e meu irmão serás...
Como não importa ? importa sim, e se a igreja do indivíduo é da igreja de satanás ?
Poderia citar inúmeras musica cantadas nas igreja com erros absurdos, por falta de conhecimento teológico do compositor.

Então meu irmão, deve-se ter bom senso e discernimento para compor, cantar, dançar e qualquer outro tipo de expressão que não escandalize e banalize o culto a Deus.

Ebenézer; até aqui nos ajudou o Senhor. I Samuel 7 : 12
avatar
Joselei
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : Além do coração
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 308
Idade : 35
Cidade/Estado : São Paulo-SP
Religião : Nenhum
Igreja : Nenhum
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 19
Pontos de participação : 629
Data de inscrição : 08/12/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Joselei em Dom 22 Nov 2015, 18:38

Roberto: escreveu:Estranho esse pensamento amado : Quer dizer que se o sujeito começa a cantar um hino, e a seu modo  resolve tirar a roupa e ficar nu, diz que é para a glória de Deus, tudo certo ? Onde está o bom senso, a ordem, o respeito, etc...

Resolver ficar nu em: órgãos públicos, praça pública, creche, parque não é um modo civilizado de louvar a Deus, porque é crime:
Art. 233 do Código Penal- Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público: Pena – detenção, de 3 meses a 1 ano, ou multa.

Nenhum dos membros de qualquer religião civilizada vão cometer este tipo de crime para agradar ao seu deus. Muito menos os irmãos das igrejas.
Entretanto, na tribo dos índios, que já se portam pelados; o que dizer? Estão corretos em louvar a Deus nu? - Viu a diferença?
Agora, se louvo a Deus no meu quarto (na minha privacidade) assim - não há problema nenhum.
Assim, bom senso, a ordem, o respeito, etc... estão nos irmãos que tem o Espírito de Cristo, os quais não se portam com indecência e nem com gestos obscenos 

Roberto escreveu:Como pode haver problemas nas pregações teológicas, e não nas músicas, se para compor , além de outras coisas, deve-se ter conhecimento bíblico, para não escrever bobagens, tais como :
Caminhando eu vou para Canaã... Se você não vai, não impeça eu de ir. Imagine um irmão cantando isso para o outro ?
Não importa a igreja que tu és, se aos pés do calvário tu estás, da-me a mão e meu irmão serás...
Como não importa ? importa sim, e se a igreja do indivíduo é da igreja de satanás ?
Poderia citar inúmeras musica cantadas nas igreja com erros absurdos, por falta de conhecimento teológico do compositor.

Então meu irmão, deve-se ter bom senso e discernimento para compor, cantar, dançar e qualquer outro tipo de expressão que não escandalize e banalize o culto a Deus.

Neste teu último comentário podemos ver que o seu modo de ver as músicas é tendenciosa.
"Caminhando eu vou para Canaã..." - Você entende isso, porque desvia o foco?
"Não importa a igreja que tu és, se aos pés do calvário tu estás, da-me a mão e meu irmão serás..." - Você sabe o que quer dizer: 

Irmãos, cada um fique diante de Deus no estado em que foi chamado.- I Corintios 7:24

Assim, você confunde a instituição-igreja dedicada pra Cristo da instituição-igreja dedicada ao Satanás; porque Igreja de Cristo não tem local específico. Se há igreja de satanás, seus adeptos podem estar dentro das igrejas-evangélicas adorando seu deus.

Se fosse levar para sua interpretação ambígua, qualquer música pode ser dedicada ao Satan.




avatar
Dângelo Borges Correia
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 34
Idade : 35
Cidade/Estado : Araranguá
Religião : assembleiano
Igreja : assembléia de Deus
País : brasil
Mensagens Curtidas : 3
Pontos de participação : 95
Data de inscrição : 14/03/2015

qualidade musical no culto

Mensagem por Dângelo Borges Correia em Dom 22 Nov 2015, 23:53

Paz do senhor.cantar a Deus tem que ser com qualidade,hoje, vimos muitos que querem louvar apenas em busca de status ,de qualquer jeito,enquanto que no meio secular musical vimos o quanto se estuda por parte dos cantores que a cada dia mais se destacam ,enquanto que em nossas igrejas ,membros fazem ascepção de pessoas ao saber quem é o cantor que irá ministrar o louvor da noite.É lastimável!
avatar
Roberto Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 885
Idade : 52
Cidade/Estado : Londrina - Pr
Religião : Cristão Protestante
Igreja : Minha casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 41
Pontos de participação : 1966
Data de inscrição : 11/03/2011

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Roberto Costa em Seg 23 Nov 2015, 10:22

Saudações Cristãs :

Joselei escreveu : Entretanto, na tribo dos índios, que já se portam pelados; o que dizer? Estão corretos em louvar a Deus nu? - Viu a diferença?
Agora, se louvo a Deus no meu quarto (na minha privacidade) assim - não há problema nenhum.
Assim, bom senso, a ordem, o respeito, etc... estão nos irmãos que tem o Espírito de Cristo, os quais não se portam com indecência e nem com gestos obscenos


Opha ! Perai meu irmão, se fosse necessário, eu seria o primeiro a tirar a roupa para pregar o evangelho no meio de uma tribo que CULTURALMENTE TEM ESSE COSTUME.
Na nossa privacidade no quarto também não vejo problema, mas a questão abordada é na igreja.

Quando falei de gestos obscenos etc, estava apenas exemplificando o que você escreveu. Veja :

Cada irmão tem o seu modo de adorar o Senhor; se faz isso é para glória do Senhor, se faz aquilo é para glória do Senhor.
Qual o critério para isso ?

Joselei escreveu :Neste teu último comentário podemos ver que o seu modo de ver as músicas é tendenciosa.
"Caminhando eu vou para Canaã..." - Você entende isso, porque desvia o foco?
"Não importa a igreja que tu és, se aos pés do calvário tu estás, da-me a mão e meu irmão serás..." - Você sabe o que quer dizer:


Joselei você estudou musica sacra ? Sabe qual a importância do louvor na igreja e o critério para se compor ?
Devemos ter cuidado com o  liberalismo acreditando que Deus  aceitará tudo que pensam ser para sua glória.
Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor. Gálatas 5:13

Quanto ao hino : Como não importa ? importa sim, e se a igreja do indivíduo é da igreja de satanás ?
Poderia citar inúmeras musica cantadas nas igreja com erros absurdos, por falta de conhecimento teológico do compositor.

Joselei escreveu :Se fosse levar para sua interpretação ambígua, qualquer música pode ser dedicada ao Satan.

Por isso meu irmão que devemos ter discernimento para tudo, inclusiva para compor, cantar e dançar.
Porém Nadabe e Abiú morreram quando trouxeram fogo estranho perante o Senhor. Números 26:61

Ebenézer;até aqui nos ajudou o Senhor. I Samuel 7 : 12
avatar
Fernando_Pinheiro
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 36
Cidade/Estado : Belo Horizonte
Religião : Protestante
Igreja : .
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 9
Pontos de participação : 165
Data de inscrição : 06/11/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Fernando_Pinheiro em Seg 23 Nov 2015, 10:40

Joselei: "Eu não conceituei a música. Então não mude de assunto."
Ah não?!!? Da forma como falou deixou isso implícito! E não, eu não mudei de assunto, estou dentro da mesma pauta (não dissimule ou tente mudar o foco)

Joselei: “Isso é óbvio.”
Se parece tão óbvio para você então porque tratou como se não existissem problemas nas músicas?

Joselei: “Mas, a maioria das músicas das igrejas-instituição são fruto da teologia pregada”
Que seja! Isso não isenta o erro nas músicas, ou problemas com as mesmas!

Joselei: “Não somos robôs. E não sou juiz para culpar ninguém. E eu disse que não há erros nisso. E sobre o "errar sem saber" pense direito antes de condenar um ingênuo.”
A questão não é culpar, mas pelo que você disse as pessoas não têm culpa em cantar o que cantam e que não há problema nenhum nas canções cantadas, atribuindo assim o erro apenas à teologia pregada.

Quanto a errar sem saber, não precisa me aconselhar a “pensar direito”, basta analisar: se alguém atropela outrem sem por acidente, responderá por homicídio sem intenção de matar. Mas responderá!! Pelo ato culposo!
Será que preciso mostrar versículos a esse respeito, ou já passamos dessa fase?

Obs.: estamos analisando questões concernentes ao coletivo, e não pessoas em sua individualidade.

Joselei: “Argumente melhor.”
Então dê exemplo!
avatar
Fernando_Pinheiro
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 36
Cidade/Estado : Belo Horizonte
Religião : Protestante
Igreja : .
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 9
Pontos de participação : 165
Data de inscrição : 06/11/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Fernando_Pinheiro em Seg 23 Nov 2015, 11:32

Agora, respondendo ao tópico, vejo um problema, aqui no Brasil principalmente, em relação a música.
Aqui, os cristãos aprenderam a separar a música em duas: “do mundo” e “evangélica”.

No meio gospel, o autor pode ter feito um “lixo de música” e até mesmo não ser crente (desde que não o saibam), mas se for da igreja “evangélica”, então é “Gospel”, não é música do mundo!
Música romântica, por exemplo, que pode não falar nada de Deus, só porque são de artistas evangélicos, é considera como música gospel!

Enfim, não vejo, esse resultado, apenas como um fruto da teologia pregada, como foi dito aqui, mas vejo isso como resultado da natureza humana.
O que? Das músicas em si? Não! Pois, não vejo erro em “algumas” canções, que podem até ser ouvidas (em casa, no transporte etc...)... a questão é no culto!
Para quem é o culto? Para quem estamos cantando? (penso ser mais um assunto sobre “ordem e decência” do que “apenas” doutrinário)

Sou músico e compositor. Já fiz músicas para minha esposa, por exemplo, e quando eu cantei para ela, ficou claro que o conteúdo da canção dizia a esse respeito!
Mas não é isso que está acontecendo nos cultos das igrejas em geral! As músicas da atualidade não estão sendo direcionadas em louvor, elogios e gratidão a Deus, mas dizem respeito a nós mesmos! São músicas de auto afirmação.
Tudo bem, posso até concordar, “em partes”, que seja fruto de uma teologia deturpada, (digo em partes porque) até mesmo igrejas sérias, que possuem uma teologia mais conservadora, têm se deixado levar por “cânticos” antropocêntricos.

Vivemos a era descartável! Música descartável e do momento! Onde, usa-se até enjoar e enquanto dá ibope, depois partimos para outra que a “mídia gospel” nos indicar.
Detalhe: Tem que cair no gosto do povo, as massas precisam aprovar, se sentirem massageadas e confortadas pela canção, precisa entreter.

Lembro-me do tempo dos hinários! Não havia personalidades destacáveis, mas havia a congregação que entoava cânticos que afirmavam a santidade e caráter do Autor da fé...
Entenda, ninguém está livre de erros, apesar da boa intenção em fazer o certo! O problema é quando a intenção é completamente comercial e ainda assim ocorrem alguns acertos (o que com certeza deve surpreender seus autores!)

Mas, voltando aos hinários, lembro-me bem de ver cantores quase que implorando por uma oportunidade para cantar e apresentar seus trabalhos em suas “fitas cassetes”, nas igrejas ou congressos. Hoje, são as igrejas que imploram por um desconto para que venham cantar, com direito a hotel 5 estrelas e “muitas toalhas brancas. E são as canções dessas personalidades “grandiosas” que são cantadas em nossos cultos!

Enfim, esse é um assunto muito amplo, mas que deve sim ser observado...


Lehitraót!
avatar
Roberto Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 885
Idade : 52
Cidade/Estado : Londrina - Pr
Religião : Cristão Protestante
Igreja : Minha casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 41
Pontos de participação : 1966
Data de inscrição : 11/03/2011

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Roberto Costa em Seg 23 Nov 2015, 13:08

Saudações Cristãs :

Pois é :

Existem músicas que não são as chamadas  gospel, mas que exaltam muito mais a Deus com sua poesia, do que muitas "evangélicas" que não tem inspiração nenhuma e são  feitas meramente para vender cds e para causar entusiasmo aos que ouvem.
Musicas que vão de Gênesis a Apocalipse e acabam sempre com "vitória do crente" mechem propositalmente no emocional dos indivíduos.

Só para exemplificar com bom humor :
Tipo : Quando estou na cova dos leões, faço dele meu travesseiro, pois sou vencedor, a vitória é do povo de Deus..bla, bla, bla...
É vitória, vitória, vitória e vitória sim é unção é muita unção bla, bla, bla e todo mundo diz : Aleluuuuuuuuuiaaaa !
Minha vitória tem sabor de mel, Eu estou na barriga do peixe e lá dentro eu tenho vitória, vitória, vitória, vitória, vitória é do ungido de Deus, e todo mundo emocionado, diz Aleiuuuuuuuiaaaaa !
Se te perseguem serão perseguidos , na fornalha ele esta comigo e na cova eu sou vencedor e por ai vai... Very Happy

Saudades das musicas feitas pela inspiração do Espirito Santo e tocavam a alma, sem apelação.

Ebenézer; até aqui nos ajudou o Senhor. I Samuel 7 : 12
avatar
Fernando_Pinheiro
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 36
Cidade/Estado : Belo Horizonte
Religião : Protestante
Igreja : .
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 9
Pontos de participação : 165
Data de inscrição : 06/11/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Fernando_Pinheiro em Seg 23 Nov 2015, 15:29

Roberto Costa: “Saudades das musicas feitas pela inspiração do Espirito Santo e tocavam a alma, sem apelação.”

Não vou nem dizer “inspiradas”, (podem até ser, não quero tirar, de modo algum, tal mérito!), pois penso que ao dizer assim podemos transformar tais músicas em uma espécie de “Canon musical” (também falo com bom humor, pois, já vi crentes tratarem hinários tão inspirados quanto a Bíblia).
Mas o simples fato de se cantar a realidade de sua congregação! Sabe aquela canção que alguém fez com um objetivo único e simples? Sim, exaltar a Beleza da Santidade de Deus! E fazer isso juntamente com os irmãos!
E Isso foi tão belo e lindo que algumas igrejas ou irmãos quiseram partilhar dessa comunhão com outras pessoas por meio de um CD.

Enfim, hoje estuda-se métodos de como “vender” tais “experiências”. (Triste)

Lehitraót!
avatar
Joselei
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : Além do coração
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 308
Idade : 35
Cidade/Estado : São Paulo-SP
Religião : Nenhum
Igreja : Nenhum
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 19
Pontos de participação : 629
Data de inscrição : 08/12/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Joselei em Ter 24 Nov 2015, 00:14

Roberto escreveu:(...) se fosse necessário, eu seria o primeiro a tirar a roupa para pregar o evangelho no meio de uma tribo que CULTURALMENTE TEM ESSE COSTUME.
Na nossa privacidade no quarto também não vejo problema, mas a questão abordada é na igreja.

Meus argumentos estão direcionados para o culto a Deus, onde não existe lugar específico para ser realizado senão só no coração manifestado em amor.

Na igreja-instituição tem sua ordem de postura assim como qualquer órgão público tem a sua. Ética tem que haver em qualquer lugar. Assim, o louvor pode ser tanto individual quanto coletivo desde que respeitando a expressividade de cada um ninguém seja censurado.

E repito que a doutrinação e a teologia tendenciosa nas pregações direcionam a composição, da MAIORIA dos cantores/músicos, para um ensinamento fora do Evangelho.

Não há problema nenhum na expressividade do irmão enganado, que de boa fé quer dar o melhor de si. Quando descobre-se a Verdade o indivíduo desaprova sua antiga obra tendenciosa. A partir desta transformação, o músico vai ao encontro do verdadeiro louvor.


Roberto escreveu:Quando falei de gestos obscenos etc, estava apenas exemplificando o que você escreveu. Veja :
Cada irmão tem o seu modo de adorar o Senhor; se faz isso é para glória do Senhor, se faz aquilo é para glória do Senhor.
Qual o critério para isso ?

Quando cria um critério estamos abrindo brecha para julgamentos. Diante do homem que louva a Deus em amor dispensa-se critérios. E se existir um critério para que conforte a mente pensante do homem esse será o Amor. No Amor está o verdadeiro Louvor.

Roberto escreveu:Joselei você estudou musica sacra ? Sabe qual a importância do louvor na igreja e o critério para se compor ?
Devemos ter cuidado com o  liberalismo acreditando que Deus  aceitará tudo que pensam ser para sua glória.

Para quem louva o Senhor em Amor já trata-se da uma "música sacra" (coloquei entre aspas porque o coração pulsante em louvor é sagrado), onde não existe critério na sua composição. E se houver critério, este é o Amor

Roberto escreveu:Quanto ao hino : Como não importa ? importa sim, e se a igreja do indivíduo é da igreja de satanás ?
Poderia citar inúmeras musica cantadas nas igreja com erros absurdos, por falta de conhecimento teológico do compositor.

Com bom humor digo: Onde está escrito que existe igreja de satanás? (lembrando o modo de argumentar de Tzaruch- kkk).
Então, sobre os erros absurdos, vai depender de qual perspectiva está dizendo a música. Se é sobre alguma matéria teológica pode esperar que haverá erros grotescos, porque a teologia é grotesca. Se é um louvor de uma criança... bom... ai o negócio vem perfeito e de bom exemplo - sem critério, sem versificação, sem cadência lógica, sem ritmo identificável, apenas diz o que é. E, na verdade, o louvor não busca uma distribuição de ritmos ou notas musicais, mas, sobretudo, na mensagem.

Vou criar um louvor agora:

"Jesus, sem O qual nada podemos fazer." - (repita 7 vezes)

Neste simples louvor, perceba o meu reconhecimento diante desta realidade dita por Ele mesmo. Os instrumentos musicas devem acompanhar o que digo, no meu ritmo; ou então - sem instrumentos. Ou, melhor ainda, digo isso em silêncio, só no coração. E vivo conforme isso.


Na Paz
avatar
Joselei
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : Além do coração
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 308
Idade : 35
Cidade/Estado : São Paulo-SP
Religião : Nenhum
Igreja : Nenhum
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 19
Pontos de participação : 629
Data de inscrição : 08/12/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Joselei em Ter 24 Nov 2015, 01:08

Fernando_Pinheiro escreveu: Joselei: “Isso é óbvio.”
Se parece tão óbvio para você então porque tratou como se não existissem problemas nas músicas?

Não existe problemas nas músicas, mas na mensagem que lhe são ditas sob "manto sagrado" da teologia corrompida, tendenciosa, doutrinadora e censuradora, os quais babantemente são pregadas nos púlpitos (que se tornou palco dos soberbos).

Fernando_Pinheiro escreveu:A questão não é culpar, mas pelo que você disse as pessoas não têm culpa em cantar o que cantam e que não há problema nenhum nas canções cantadas, atribuindo assim o erro apenas à teologia pregada.

As pessoas não têm culpa por estarem enganadas. Pois, esta torrencial pregação vivácida e emocionante, e os seminários de ALGUNS supostos estudiosos bíblicos que acham que se aprofundam na Palavra - estão inspirando alguns compositores evangélicos a cantarem besteiras.

Fernando_Pinheiro escreveu:Quanto a errar sem saber, não precisa me aconselhar a “pensar direito”, basta analisar: se alguém atropela outrem sem por acidente, responderá por homicídio sem intenção de matar. Mas responderá!! Pelo ato culposo!
Será que preciso mostrar versículos a esse respeito, ou já passamos dessa fase?

Achei engraçado este teu comentário. Você menciona uma lei social que todo cristão deve responder por esta irresponsabilidade. E estou pensando na pena de morte de Paulo quando foi cúmplice na morte de Estêvão, quando,  presumindo estar fazendo a obra de Deus,  pediu autorização ao sumo sacerdote para prosseguir prendendo os inocentes.

Devemos contextualizar isso direito. Quase nunca cito versículos nas minhas postagens, já passei desta fase há muito tempo. Claro que isso é outro assunto... blz.


Fernando_Pinheiro escreveu:Obs.: estamos analisando questões concernentes ao coletivo, e não pessoas em sua individualidade.

O coletivo é composto por indivíduos. O coletivo não tem responsabilidade da sua própria vida, mas o indivíduo sim. O coletivo precisa de um que o represente, mas o indivíduo representa a si mesmo. No chamado para a "sala do trono" vai o indivíduo, o coletivo desaparece. Se o indivíduo discorda da coletividade ele retira de si toda cumplicidade acordada no coletivo.

O indivíduo é a "célula" do coletivo, verificando a sua qualidade supõe-se a qualidade do seu semelhantes, o coletivo.

Acredito que já entendeu. Ou preciso citar versículos? (Brincadeira - kkkk)



Fernando_Pinheiro escreveu:Joselei: “Argumente melhor.”
Então dê exemplo!

Acredito que melhorei.
avatar
Joselei
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : Além do coração
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 308
Idade : 35
Cidade/Estado : São Paulo-SP
Religião : Nenhum
Igreja : Nenhum
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 19
Pontos de participação : 629
Data de inscrição : 08/12/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Joselei em Ter 24 Nov 2015, 01:28

Fernando_Pinheiro escreveu:(...)
Tudo bem, posso até concordar, “em partes”, que seja fruto de uma teologia deturpada, (digo em partes porque) até mesmo igrejas sérias, que possuem uma teologia mais conservadora, têm se deixado levar por “cânticos” antropocêntricos.

(...)
Enfim, esse é um assunto muito amplo, mas que deve sim ser observado...


Lehitraót!

A sua esposa, certamente, não duvida do seu romantismo e nem da sua mensagem de carinho dirigida a ela.
Você apenas consulta os manuais de música para compor/organizar da forma que quer a sua peça - mas a mensagem, mesmo na pausa, ela é dita.

Comparando com o dito acima, as músicas evangélicas não duvidam do seu louvor a Deus (devemos respeitar a expressão do outro), mesmo sob tutela do engano. O erro está em duvidar do louvor dos outros. Quem duvida tem critérios a seguir, doutrina a respeitar ou regras para censurar. Quem louva a Deus não precisa de tais ordens, pois quem louva a Deus, mesmo mencionando Satanás, é para a Glória de Deus.

Quem sou eu para determinar sua a forma de louvar?
Quem sou eu para julgar a sua música para sua esposa?
E quem sou eu para deixar de louvar ao Senhor dos senhores?
avatar
Roberto Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 885
Idade : 52
Cidade/Estado : Londrina - Pr
Religião : Cristão Protestante
Igreja : Minha casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 41
Pontos de participação : 1966
Data de inscrição : 11/03/2011

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Roberto Costa em Ter 24 Nov 2015, 11:10

Saudações Cristãs :


Joselei escreveu : Meus argumentos estão direcionados para o culto a Deus, onde não existe lugar específico para ser realizado senão só no coração manifestado em amor.

Sim meu irmão, mas não é esse o contexto do tópico !!!

Joselei escreveu : Não há problema nenhum na expressividade do irmão enganado...

Bem então esta sugerindo que muitos estão enganados em prestar seu louvor a Deus !
Observe :O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; Oséias 4 : 6a É necessário que alguém que tenha conhecimento,ensine o correto. Veja : Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 2 Timóteo 4:2 E esse ensinamento deve estar presente nas composições, expressões, pregações e qualquer coisa que se faça para Deus. Que seja bem feito. Estou errado ?
Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo. Salmos 33:3

Joselei escreveu :... onde não existe critério na sua composição. E se houver critério, este é o Amor

Olha amado, sinto te desapontar, mas a coisa não é bem assim. A música é um ministério e deve ser feito com  " perfeição ", bom gosto, critérios e sobre tudo glorificar a Deus. São todos, pregadores ? São todos músicos ? São todos,mestres, são todos cantores ?

Joselei escreveu : Com bom humor digo: Onde está escrito que existe igreja de satanás?

A Igreja de Satã (Inglês: Church of Satan) foi a primeira organização religiosa abertamente satânica, fundada por Anton Szandor LaVey, intitulado pelos seus seguidores como "O Papa Negro". Grupos satanistas já existiam nos Estados Unidos e no Reino Unido em 1950, mas foi em 30 de abril de 1966, quando LaVey anunciou a criação da Igreja, que foi reconhecida a primeira organização religiosa dedicada às filosofias satânicas. É provável que o nome Igreja de Satã tenha sido adotado como forma de causar impacto e chamar a atenção da imprensa, bem como a realização das Missas Satânicas, que eram paródias das missas cristãs e voltadas à sociedade de Hollywood. Também há a crença de que, além da provocação, o nome tenha sido escolhido por representar o não-espiritual, a carne e também o homem-deus (auto-realizado). O Satanismo de LaVey é em sua essência uma filosofia humanista, individualista e hedonista, questionando principalmente a repressão sexual, o sentimento de culpa e a mentalidade de rebanho.
O Satanismo LaVey não prega o culto a Satã como o demônio descrito pelas religiões monoteístas, mas sim por seu significado. A palavra Satã significa "adversário" e foi adotada pelos satanistas como meio de representar a oposição aos dogmas cristãos estabelecidos.

Se tiver curiosidade, existem vários sites que falam sobre elas !!!

Joselei escreveu : Vou criar um louvor agora:

"Jesus, sem O qual nada podemos fazer." - (repita 7 vezes)

Neste simples louvor, perceba o meu reconhecimento diante desta realidade dita por Ele mesmo. Os instrumentos musicas devem acompanhar o que digo, no meu ritmo; ou então - sem instrumentos. Ou, melhor ainda, digo isso em silêncio, só no coração. E vivo conforme isso


Pois é meu irmão, como disse anteriormente, criar um louvor congregacional, não é tão simples assim, deve-se observar, letra, harmonia, melodia e ritmo, e existem critérios para isso. As pessoas estudam para isso. É por falta deste conhecimento, que são compostas e pregadas as heresias, entende agora.

Crescei na graça e no conhecimento sempre !!!

Obs : É bom debater com você !!!

Ebenézer; até aqui nos ajudou o Senhor. I Samuel 7 : 12
avatar
Fernando_Pinheiro
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 36
Cidade/Estado : Belo Horizonte
Religião : Protestante
Igreja : .
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 9
Pontos de participação : 165
Data de inscrição : 06/11/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Fernando_Pinheiro em Ter 24 Nov 2015, 16:06

Joselei: “Não existe problemas nas músicas, mas na mensagem que lhe são ditas...”

Eis a questão, pois a arte em si só. não é única em si mesma, mas possui uma mensagem por trás que pode trazer ambiguidades.
Já a música gospel é considerada “arte pobre”, (sabe porque?), por desconsiderar o lado lúdico e preferir o catequético (isso não é opinião minha).
Sendo assim, a mensagem embutida, faz parte da música! Se há problema na mensagem, há problema na música. Pois se a mensagem está na letra e a letra é parte da canção, logo vejo problema aí...

Joselei: As pessoas não têm culpa por estarem enganadas. Pois, esta torrencial pregação vivácida e emocionante, e os seminários de ALGUNS supostos estudiosos bíblicos que acham que se aprofundam na Palavra - estão inspirando alguns compositores evangélicos a cantarem besteiras.

Concordo! Mas em partes, (para não perder o costume), pois isso não isenta das consequências do engano! Como a perdição que poderá ser imputada, com erro após erro, pela ignorância que será inescusável, afinal onde fica o “conhecer e prosseguir no conhecimento”? Não foi o próprio Deus que disse que o povo perece por falta de conhecimento? (naquele tempo era difícil manusear tantos rolos e papiros), hoje só fica na ignorância quem de fato o quer! (Há pessoas que buscam líderes que lhes satisfaçam suas ilusões). Até o próprio Jesus disse que HÁ ERRO em não conhecer as Escrituras (e nem o poder de Deus). Enfim, se tais cantores cantam, inspirados na enganosa teologia, tais besteiras, isso também se constitui em falta de zelo e conhecimento das Escrituras no revisar o que se está sendo partilhado ao povo, que é chamado povo de Deus.


Joselei: Achei engraçado este teu comentário. Você menciona uma lei social que todo cristão deve responder por esta irresponsabilidade. E estou pensando na pena de morte de Paulo quando foi cúmplice na morte de Estêvão, quando, presumindo estar fazendo a obra de Deus, pediu autorização ao sumo sacerdote para prosseguir prendendo os inocentes.
Devemos contextualizar isso direito. Quase nunca cito versículos nas minhas postagens, já passei desta fase há muito tempo. Claro que isso é outro assunto... blz.


Sim, mencionei tal lei social, pois diversas delas foram inspiradas em leis mosaicas.



Joselei: O coletivo é composto por indivíduos. O coletivo não tem responsabilidade da sua própria vida, mas o indivíduo sim.

E qual seria a própria vida do coletivo? (viajei! Kkk)


Joselei: O coletivo precisa de um que o represente, mas o indivíduo representa a si mesmo. No chamado para a "sala do trono" vai o indivíduo, o coletivo desaparece. Se o indivíduo discorda da coletividade ele retira de si toda cumplicidade acordada no coletivo.
O indivíduo é a "célula" do coletivo, verificando a sua qualidade supõe-se a qualidade do seu semelhantes, o coletivo.
Acredito que já entendeu. Ou preciso citar versículos? (Brincadeira - kkkk)



Estamos mudando de assunto? (kkk) Entrei nessa questão para deixar esclarecido que não estou julgando a individualidade de ninguém, isso somente Deus o sabe... mas posso julgar à luz das Escrituras aquilo que está sendo transmitido (falado ou cantado)... afinal, como indivíduo posso me manifestar contra ou a favor diante daquilo me passam como coordenadas. Ou será que devo cantar tudo o que está no “retroprojetor” (nuss essa é das antigas) ou consentir com mãos erguidas e “améns” com aquilo que não concordo? e pior: que não estão em harmonia com o Evangelho!


Joselei: Acredito que melhorei.

Sim.
avatar
Fernando_Pinheiro
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 36
Cidade/Estado : Belo Horizonte
Religião : Protestante
Igreja : .
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 9
Pontos de participação : 165
Data de inscrição : 06/11/2014

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Fernando_Pinheiro em Ter 24 Nov 2015, 16:55

Joselei em negrito

A sua esposa, certamente, não duvida do seu romantismo e nem da sua mensagem de carinho dirigida a ela.

Você apenas consulta os manuais de música para compor/organizar da forma que quer a sua peça - mas a mensagem, mesmo na pausa, ela é dita.


Não, não é assim que funciona! (Nesse caso vou falar de mim). Vem de dentro! E aquilo que é técnico, que já sei (o que você chama de manual), flui naturalmente, obedecendo o condutor que quer ir para onde quer ir!
O tocar e cantar se torna como passar a marcha de um carro, você faz sem pensar necessariamente na mecânica da coisa, mas, simplesmente onde você quer chegar, mas se a mecânica (agora é literal) tiver algum problema, o objetivo final não é encontrado ou alcançado (o carro pifa e você não chega). Qual é esse objetivo?! No meu caso, no exemplo aqui abordado, era a homenagem à minha esposa.

Vamos a exemplos mais claros: digamos que eu pegasse uma melodia de uma música que fiz para OUTRA PESSOA e mudasse somente a letra para cantar em homenagem a ela... minha esposa não ficaria nenhum pouco contente com isso, (talvez eu ficasse de castigo por 3 meses); ou se antes de cantar eu dissesse que fiz uma canção PARA ELA, e ela toda ansiosa para ouvir e ao escutar, o conteúdo da letra dissesse mais de mim do que dela falasse da minha vitória e quão grandemente sou abençoado por que EU ESCOLHI estar com ela... (imaginei um sorrisinho meio amarelo dela, e disfarçadamente deixaria passar...)


Comparando com o dito acima, as músicas evangélicas não duvidam do seu louvor a Deus
Concordo em partes (virou novela já! Kkk). O problema não é tais canções duvidarem ou não, mas sim, Deus acreditar nesses louvores!!! (Pois, Deus é Deus e não pode duvidar de nada, Ele simplesmente sabe!)

(devemos respeitar a expressão do outro), mesmo sob tutela do engano.
Ok! Mas isso é individual! Se querem aplicar isso ao coletivo, não sou obrigado a ir com as massas. Conhecedor de tal embuste, é dever meu sinalizar aos que amo (a igreja de Deus) sobre tal engano.
E como descobriremos o que é engano e o que não é??? Como saber se uma nota de 100 reais é falsa? (...) PRECISO CONHECER BEM A VERDADEIRA! (Também creio que você já entendeu... rs)

O erro está em duvidar do louvor dos outros. Quem duvida tem critérios a seguir, doutrina a respeitar ou regras para censurar. Quem louva a Deus não precisa de tais ordens, pois quem louva a Deus, mesmo mencionando Satanás, é para a Glória de Deus.
Quando você diz duvidar do louvor dos outros, refere-se à sinceridade? Se sim, concordo com você (até que enfim!). Pois até quem é católico em suas preces de joelhos diante de uma estátua de mármore acreditando estar fazendo o certo, pode ser sincero em seu modo de adorar. Mas vale lembrar que sinceridade, por si só, não significa (nem na bíblia, nem em nenhum outro lugar) sinônimo de acerto do alvo. E, talvez, você deve saber que o conceito original de pecado, nas Escrituras, é: “errar o alvo”

Quem sou eu para determinar sua a forma de louvar?
Concordo!! (vale a pena ver de novo! rsrs). O problema de fato não está na forma em si.
(Embora tal termo traga uma postura mais emblemática, então apliquemos o mesmo somente ao louvor e adoração por meio da música)
A música é uma forma (no caso aqui, sinônimo de “meio”). Dentro de tais “meios” podemos encontrar diversos moldes para atingir algumas “formas” que buscam outros meios, tudo para alcançar seu propósito maior!
Exemplificando: muito ou pouco instrumento musical, num estilo como pop rock em um universo de estilos diversos. (Formas e/ou meios: todos influenciados pela cultura em que se encontra inserido). Realmente, quem é você (nós)?

Quem sou eu para julgar a sua música para sua esposa?
Aí já são outros quinhentos! Como te falei, música é arte e arte é diversa. Nesse caso, me apresente uma música sua para quem quer que seja que foi feita, e nesse contexto julgarei (não você! Entenda.).
Direi se a música é boa ou ruim. (Obviamente que em minha individualidade e conhecimento de mundo, cultura e fé). Analisarei letra, acordes, melodia, harmonia e ritmo (e de lambuja posso avaliar o interprete também, mas aí cobro mais caro! kkk).

E quem sou eu para deixar de louvar ao Senhor dos senhores?
Ai de ti (kkk). Todo ser que respira, louve ao Senhor!


Lehitraót!
avatar
Bruno Azeredo
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 212
Idade : 30
Cidade/Estado : Rio de Janeiro
Religião : Fundamentalista cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 5
Pontos de participação : 322
Data de inscrição : 13/10/2009

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Bruno Azeredo em Qua 25 Nov 2015, 16:51

Richex,
ontem mesmo tive mais uma pequena "desavença" por causa desse assunto, e foi com o meu pastor. Não me conformo com a qualidade tão baixa do louvor contemporâneo, que em geral é meramente canção para os homens, canções humanistas. Estou farto de ser a única voz a me levantar contra certas heresias dentro da minha congregação, e por isso tenho pensado em deixá-la. Meu pastor é um homem santo, que ama a igreja. Mas infelizmente ele é, na minha opinião, claro, um tanto liberal com certas coisas. Eu não entendo como alguém pode fazer pregações maravilhosas como as dele, sobre viver o verdadeiro evangelho, coisa e tal, mas ao mesmo tempo curtir Edir Macedo no facebook, permitir que algumas canções nada cristocêntricas sejam entoadas sem restrição nos cultos, entre outras coisitas não pouco graves.
Francamente, eu não quero ser um cismático, mas tem hora que desanimo com as igrejas em geral. Não sou melhor que ninguém nem mais santo. Só Jesus sabe o quanto tenho lutado contra meus pecados. Mas, cara, eu penso que nossos pecados serão perdoados se os confessarmos, colocando o Senhor no centro da nossa vida. Agora, quando o humanismo entra, véio, aí "pega", pois aí o Senhor passa a girar em torno da vontade do homem. (Exemplo? Olhe as músicas!, que é do estamos tratando no tópico). E quando o Senhor gira em torno da nossa vontade, em vez de nós girarmos em torno da vontade dele, aí nos tornamos idólatras, cara: colocamos nós mesmos em primeiro lugar.
Uma das perguntas que eu fiz ao meu pastor nessa última discussão com ele foi a seguinte: "como Deus irá receber um louvor que só fala sobre mim, meus problemas e minhas esperanças terrenas?" Entende, véio? Ele é um homem que ama os verdadeiros louvores, mas é condescendente com os "louvores" seculares gospel na congregação. É um pregador do verdadeiro Evangelho, mas se trouxerem uma mensagem de oba-oba, ele parece não protestar muito. Não estou dizendo isso para julgá-lo, mas porque estou triste. Não compreendo...
Um cara postou no facebook uma letra 100% humanista de uma banda possivelmente de "rock cristão", e comentou que essa letra foi a única coisa que o fortaleceu, pois ele não achou fortalecimento "em nenhum louvor, em nenhuma palavra". E concluiu criticando aqueles que dizem que a tal banda é do diabo. Nem quero debater a origem da banda (se do coração humano, ou das profundezas de satanás, ou ambos) - quero apenas que você repare: o cara não conseguiu achar fortalecimento nem na Bíblia então? E quanto ao louvor, não houve um só louvor bíblico que o levantou? Nenhuma pregação bíblica o animou? Se as coisas bíblicas, cristãs, não o fortalecem, mas uma musiquinha humanista de bosta (desculpe o termo) o fortalece, então o que é ser cristão, afinal de contas, véio?? Entende... Ah, o detalhe: o pastor curtiu esse post do cara! Entende? Cara, pareço estar julgando o líder de Deus, mas entenda, não quero fazer isso!!! Apenas quero entender, véio... como é possível uma postura tão contraditória? Que falta de discernimento é essa de muitos entre o povo de Deus?? Até quando vamos coxear entre dois caminhos: a vontade de Deus sobre a nossa ou os nossos desejos terrenos e carnais sobre a de Deus??

Véio, francamente, eu estou cansado de sabor de mel, de não chore se o mundo ainda não notou, de restituiu, e toda esse lixo entoado nas congregações debaixo do nariz dos pastores, que deveriam coibir isso! Como Deus estará presente num culto em que se entoa tais lixos ao Senhor?

Um abraço, cara.
avatar
Roberto Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 885
Idade : 52
Cidade/Estado : Londrina - Pr
Religião : Cristão Protestante
Igreja : Minha casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 41
Pontos de participação : 1966
Data de inscrição : 11/03/2011

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Roberto Costa em Qua 25 Nov 2015, 17:57

Saudações Cristãs :

Bruno Azeredo escreveu : Véio, francamente, eu estou cansado de sabor de mel, de não chore se o mundo ainda não notou, de restituiu, e toda esse lixo entoado nas congregações debaixo do nariz dos pastores, que deveriam coibir isso! Como Deus estará presente num culto em que se entoa tais lixos ao Senhor?


O povo gosta disso meu caro e essas letras de auto-ajuda, levam o povo a delirar !!!

Ebenézer; até aqui nos ajudou o Senhor. I Samuel 7 : 12

Conteúdo patrocinado

Re: Qualidade musical dos cultos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sab 24 Jun 2017, 19:21