F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Compartilhe

Max Sensi
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 32
Cidade/Estado : Rio de Janeiro/RJ
Religião : Evangélico
Igreja : IEAD
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 529
Data de inscrição : 07/10/2013

O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Max Sensi em Dom 07 Set 2014, 14:59

Pelo menos é o que o ap. Ricardo Ribeiro disse, o que acham?



O TERCEIRO TEMPLO:

Qual é a importância do templo da Tribulação? (o terceiro templo)

O templo da Tribulação é importante porque é o templo que muitos judeus em Israel estão tentando reconstruir no presente. Saber o que a Bíblia ensina sobre os templos do passado, presente e futuro, dá aos crentes a base necessária para ver o terceiro templo do ponto de vista de Deus. Apesar de que a esperança judaica para o próximo templo é que ele seja o templo messiânico, a Bíblia deixa claro que ele será, na verdade, o templo transitório do Anticristo.

O fato de Israel ter sido restabelecido como nação em 1948, de Jerusalém ter sido reconquistada em 1967 e dos judeus estarem fazendo esforços cada vez mais significativos para a construção do terceiro templo, demonstra que estamos chegando perto do fim da atual era da Igreja e do início da Tribulação. O cenário divino para o fim dos tempos está tomando forma e o centro das atenções é a reconstrução do templo em Jerusalém.
No século II a.C., o Segundo Templo foi profanado por Antíoco IV Epifânio, que mandou sacrificar uma porca sobre o altar. Este incidente deu origem à revolta dos Macabeus.

Cerca de 16 anos antes do nascimento de Cristo, Herodes I, o rei da Judéia, começou a reforma do Templo de Zorobabel, que estava deteriorado e, de modo geral, em ruínas. Ele já estava de pé havia cinco séculos e, sem dúvida, grande parte dele havia sido destruída pelo tempo.

Muitos acontecimentos da vida terrena do Salvador estão ligados ao Templo de Herodes. As escrituras deixam claro que ainda que Se opusesse aos fins vis e comerciais a que o templo havia sido entregue, Cristo reconhecia a santidade dos recintos do templo. O Templo de Herodes era um prédio sagrado; fosse qual fosse o nome que lhe dessem, para Ele, essa era a casa do Senhor. Depois, com o epílogo tristonho da grande tragédia do Calvário, quando, enfim, da cruz alçou-se agonizante o brado “está consumado”, o véu do templo rasgou-se e o que antes era o Santo dos Santos ficou descoberto. A destruição total do Templo fora predita pelo Senhor quando ele ainda vivia segundo a carne. (Ver Mateus 24:1–2; Marcos 13:1–2; Lucas 21:6.) No ano 70 d. C., o templo foi totalmente destruído pelo fogo quando os Romanos, sob o comando de Tito, tomaram Jerusalém.

Acredita-se, A única porção do Segundo Templo que ainda hoje se encontra em pé, seja o Muro das Lamentações.

O que é o “Muro das Lamentações”?

Recentemente participei de uma conversa a respeito do que vem a ser o “muro das lamentações” em Israel.

O Muro é um local considerado importante para os judeus.

Mas foi levantada a questão se ele era ou não, O “resto” do Templo Sagrado dos Judeus.

E Daniel 9:26

“E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações.”

Mateus 24:1,2

“E, QUANDO Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada.”

Isto se cumpriu literalmente, segundo registra a História em 70 D.C.

Por estas Palavras de Jesus e do Profeta Daniel que falaram Pelo mesmo Espírito, o Espírito de Deus, eu entendo que não sobrou nada do templo.

Na elevação de Moriá, Salomão construiu o magnífico templo do qual não temos nenhum vestígio.

Herodes aumentou a esplanada do templo e edificou novo santuário.

Não se descobriu nenhum resto deste templo a não ser a
muralha externa de contorno.

Desta esplanada, a parte mais importante situa-se a sudeste desses muros de arrimo.

Ele compreende 35 fileiras de pedras originais cuja altura é de 42 m, das quais metade encontra-se enterrada no solo.

O ângulo sudoeste tem 30 m de altura.

Muro das Lamentações ou Muro Ocidental: local visitado e venerado pelos judeus.

Deste muro, apenas 16 fileiras de pedras são visíveis, enquanto outras 19 encontram-se enterradas no solo, sob detritos, com uma profundidade de 20 metros.

Logo, o “Muro das Lamentações” NÃO É O RESTO DO TEMPLO SAGRADO DOS JUDEUS.

Para ver o Muro das Lamentações 24 horas por dia, numa “Webcam” que é atualizada de minuto em minuto clique no LINK aqui:

http://www.aish.com/w/

Qual a importância em se saber se é ou não o Templo Judaico?

Resposta:

Um “Terceiro Templo Judaico”, será construído (reconstruído) no Local onde era o antigo Baseado nele.

Para que seja retomada a “adoração” no Templo, e será profanado Pelo Anticristo, conforme o Profeta Daniel disse no Capítulo 9:27

“E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.”

E foi confirmado por Jesus em Mateus 24:15

“Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;”

Concluindo a questão do Muro:

O Site de Cultura Judaica, de Judeus Messianicos chamado - Netivyah - Congregação Judaico-Messianica, Também informa que a o Muro das Lamentações não é o TEMPLO, não é a ruína do templo.

Veja o que o site informa:

MURO DAS LAMENTAÇÕES

O muro ocidental, conhecido como Muro das Lamentações, é o lugar mais sagrado e venerado pelos judeus por tratar-se da única relíquia do último templo.

O muro ocidental é uma pequena parte da muralha que Herodes construiu no ano 20 a.C. em redor do segundo Grande Templo

No ano 70, quando da destruição da cidade por Tito, este deixou de pé esta parte da muralha com seus enormes blocos de pedra, a fim de mostrar às gerações futuras, a grandeza dos soldados romanos que foram capazes de destruir o resto da edificação.

Durante o período romano, não era permitida aos judeus, a entrada em Jerusalém. Entretanto, durante o período bizantino, lhes foi permitido entrar, uma vez por ano, no aniversário da destruição, quando lamentavam a dispersão de seu povo, e choravam sobre as ruínas do Templo.

Daí o nome muro das lamentações. O costume de orar junto ao muro continuou durante o decorrer dos séculos. Entre 1948 e 1967 o acesso ao muro foi novamente proibido aos judeus, já que ele se encontrava na parte jordaniana da cidade dividida.

Depois da Guerra dos Seis Dias (5 a 10 de Junho de 1967), o Muro das Lamentações converteu-se em lugar de júbilo nacional e de culto religioso.
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 21
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Gleison Elias em Dom 07 Set 2014, 16:36

--

Abominação da desolação não é um anticristo no Templo... mas sim, a desolação.

Desolação = Destruição

Isso já ocorreu em 70dC.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jefté em Dom 07 Set 2014, 18:25

Olá irmãos

Realmente o Templo judaico há de ser edificado hoje em Jerusalém para que o quadro profético (não somente de Mateus 24, Marcos 13, Lucas 21) se cumpram, como também as profecias estabelecidas em Daniel 8 e 9, cumprindo-se as 70 semanas determinadas sobre Jerusalém e os judeus.

E é por isso mesmo que até hoje o local do templo judaico (ferrenhamente controlado pelos muçulmanos) não pôde ter sido conquistado pelos judeus nem por guerras que houveram nem por acordos; mas ele será dado a eles quando chegar a hora...

E essa hora será justamente a hora do príncipe que há de vir - o qual, como alertou Jesus, há de ser bem recebido pelos judeus. (Jo. 5:43)
E, como que estranhavelmente, os judeus mundo afora e em Israel ainda esperam por seu "Messias"  para não só lhes possibilitar a edificação do templo como também o retorno a todas as práticas e rituais conforme a lei...
E a 70ª semana da profecia de Daniel 9 - quando se iniciar, então entram em vigor (não somente por vontade dos judeus) mas por profecia a lei de Moisés com todos os mandamentos e prescrições conforme a lei, até a santidade de Jerusalém (cidade santa) como também o local do templo e o próprio templo (como local sagrado) bem como o sacrifício contínuo instituído no Monte Sinai - estarão todos em plena valia - e os judeus pensarão de fato ter chegado o verdadeiro "Messias" a longos anos, vários milênios esperado, e por 3 anos e meio tudo parecerá estar como acreditaram estar; mas... na metade da semana ele fará cessar o SACRIFÍCIO E A OBLAÇÃO (o mesmo que sacrifício contínuo)... e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até a consumação...

Por isso mesmo diz a profecia:
"E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador." (Dan. 9:27)

E, na verdade, os que duvidam da realização deste evento (ou seja, a edificação do templo) devido a oposição árabe e as mesquitas que ocupam o local; devo lembrar-lhes que na história muitas e muitas pessoas duvidaram das profecias e do poder de Deus em concretizá-las...
Por exemplo, os judeus também não criam que Deus os poderia tirar do Egito debaixo da poderosa mão de faraó sobre eles...
tampouco quando estavam diante do mar vermelho...
tampouco quando Deus os alertou que Ele destruiria Jerusalém e os entregariam a Nabucodonosor...
E várias e várias outras situações...

Mas... a 70ª semana da profecia de Daniel 9 está para se cumprir; foi por isso mesmo que Jerusalém após 1900 anos inexistindo e nas mãos de povos gentílicos passou novamente às mãos dos judeus; justamente porque faltam 7 anos sobre a cidade santa a cumprir-se.
É nesta 70ª semana nos seus 7 anos que se cumprirá literalmente a profecia das 2300 tardes e manhãs de sacrifício contínuo e de transgressão assoladora os quais se cumprirão sobre os judeus e a cidade santa Jerusalém.

De maneira que as 2300 tardes e manhãs se cumprem assim:
1 - Pacto de 1 semana (7 anos) - inicia a 70ª semana profética.
2 - o templo deve ser de imediato edificado - no máximo em 8 meses e meio.
3 - os judeus iniciam o sacrifício contínuo após conclusão do templo e perdura-se até se completarem os 3 anos e meio (conforme diz, até a metade da semana)
4 - ao chegar a metade da semana, ele fará cessar o sacrifício contínuo estabelecendo a abominação desoladora (II Tes. 2:4)

As 2300 tardes e manhãs (de sacrifício contínuo e transgressão assoladora) se iniciam mediante o 1º sacrifício dos judeus no templo (e o sacrifício perdura-se até se completar 3 anos e meio do pacto) quando então é estabelecida a abominação desoladora em toda a segunda metade da semana profética, ou seja, 3 anos e meio (ou por exatos 1290 dias) concluindo a semana profética.
E a soma do período de sacrifício contínuo mais o período da abominação desoladora perfazem 2300 tardes e manhãs (ou 2300 dias de 24 horas), sendo que, os 7 anos completos da 70ª semana perfazem 2556 tardes e manhãs - por isso mesmo é que a edificação do templo não podem exceder a 8 meses e meio.

mas...
Por que não pode exceder a 8 meses e meio ????
- Porque haverá durante a 70ª semana da profecia das 70 semanas sobre Jerusalém 2300 tardes e manhãs c/ sacrifício contínuo e c/ abominação desoladora.
Cristo retorna ao fim desta semana profética no último dia desta; aliás, é Ele quem finda a 70ª semana da profecia, e que finda a abominação desoladora e que purifica o santuário, a término das 2300 tardes e manhãs (término da semana profética)...
Amém!
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 21
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Gleison Elias em Seg 08 Set 2014, 14:52

--

Gostaria de saber o contra-argumento do forista que me negativou...

Desolação = Reedificação do Templo ??

Como assim?
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Norberto em Ter 09 Set 2014, 09:21

.
Participação do Prof. Azenilto G. Brito, sobre o tema, publicada em:
https://br.groups.yahoo.com/neo/groups/forumevangelho/conversations/messages/27617



Essas interpretações tomam por base a "escola interpretativa" dispensacionalista, que NÃO É sequer o que sempre se ensinou no cristianismo protestante. Os Reformadores nunca ensinaram tais noções.

E um absurdo dessas teses, entre outras, é que a reconstrução do Templo implicaria no retorno dos sacrifícios, como no judaísmo do passado, e daí os judeus reconheceriam que os cordeiros sacrificados apontam a Cristo, "o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo".

Não sei se é o entendimento de todos os dispensacionalistas, mas parece que é o pensamento dominante. Um ABSURDO, pois com isso fica anulado o "Está consumado". E se é Deus quem vai, de algum modo, inspirar esses judeus da última geração a assim aceitarem o Cristo, esse é um Deus discriminador, que abençoa especialmente uma geração de judeus, contra as demais, anteriores, às quais não "iluminou" na mesma base.

Se quiserem ver alguns vídeos de grandes mestre da própria grei evangélica que "detonam" com os conceitos dispensacionalistas (Dr. Russell Shedd e bispo metodista Ildo de Melo), vejam por este link:

http://forumevangelho.com.br/t3981-as-raizes-catolicas-da-escola-interpretativa-dispensacionalista



Prof. Azenilto G. Brito

.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jefté em Ter 09 Set 2014, 10:35

Olá irmãos

Verificando estas questões do Prof. Azenilto
Tais acontecimentos são deviso as profecias...
E é o que está determinado acontecer.
Quanto Deus determinou aos judeus (e a Jerusalém) 70 semanas sobre a cidade santa; Ele estabeleceu que tal período se cumpriria assim:
70 semanas determinadas...  (Dan. 9:24)
Quando?
- Desde a ordem de restauração da cidade. (Dan. 9:25)
E o que aconteceria desde então?
- Passariam 7 semanas + 62 semanas (de anos) até o Messias, o Príncipe. (Dan. 9:25)
E depois das 62 semanas seria (tanto) cortado o Messias (e isso em Jerusalém) quanto também destruídos a cidade e o santuário. (Dan. 9:26)

Então, conforme a profecia - o Messias é cortado depois das 62 semanas demarcadas quanto também cidade e santuário são destruídos após as MESMAS 62 semanas... (Dan. 9:26)
Por isso é que a 70ª semana da profecia só está relatada no verso 27 (de Daniel 9) porquanto se cumpre após todos os fatos designados nos versos de Daniel 9:25-26

Ora, segundo a história, Jerusalém foi destruída em 70 d.C.
E passou-se 1900 anos inexistente como cidade e capital dos judeus...
(ou seja, parece que a profecia não se ia cumprir, pois não se havia mais nenhuma perspectiva de que os judeus (num mundo totalmente já disputado e repartido), principalmente após a I Guerra Mundial e mais ainda depois da II Guerra; então parecia totalmente impossível que os judeus pudessem novamente se apoderarem da Palestina.
Ora, o impossível veio a ocorrer 3 anos após o término da II Guerra Mundial quando a ONU estabeleceu-lhes nação - 1948.

Depois então, os judeus só foram se fortalecendo... 
E, em 1967 na Guerra dos Seis Dias - os judeus tomaram Jerusalém (a parte oriental) que não lhes foi entregue em 1948; ou seja, a capital e cidade amada dos judeus - em 1967 - passou-se a suas mãos pela guerra.
Assim então, agora mais uma vez se está montado o quadro profético das profecias...
Pois agora, depois de todos os fatos apregoados e profetizados em Daniel 9:24-26 quanto a restauração de Jerusalém (a época de Daniel, Zorobabel, Esdras e Neemias) e a cidade foi restaurada... e se passaram 7 semanas e 62 semanas até a vinda do Messias...
E após as 62 semanas ele foi cortado.... (e isso no ano 33 d.C. conforme a história... (Dan. 9:26)

E... passados mais 37 anos, ou seja, no ano 70d.C - a outra parte da profecia (Dan. 9:26) ou seja, a destruição da cidade e do santuário - foram cumpridos...
Isso mostra que o Messias é cortado após as 62 semanas... 
E também o santuário e a cidade são destruídos após as 62 semanas (sem que a 70ª semana) fosse contabilizada. (Dan. 9:26)

É exatamente por isso que hoje os judeus estão de posse de Israel; e também de Jerusalém.
Faltando portanto uma única semana de anos a se cumprir sobre Jerusalém e os judeus: a 70ª semana.
E, agora só falta a cumprir isso:
"E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador." (Dan. 9:27)

Este PACTO c/ muitos deverá ser exatamente entre judeus e árabes; pois um possui Jerusalém (os judeus) e o outro possui o Monte do Templo (os árabes) tendo ainda 2 mesquitas (sagradas) no local.
E, este PACTO que deverá envolver tanto Jerusalém quanto os judeus e o Templo - após ele firmado, é dito no verso assim: "e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares" ou seja, exatamente aquilo que os judeus estão impedidos de realizarem por quase dois milênios, o sacrifício contínuo (o qual depois de Davi só pode ser realizado no local do Templo e no próprio Templo.

E o verso em Daniel 9:27 - que identifica a última semana profética diz assim:
E na metade da semana, após ser cessado o sacrifício e a oferta de manjares... diz:
"e então virá o ASSOLADOR, e isso até a CONSUMAÇÃO... e o que está determinado será derramados sobre o ASSOLADOR..."

Em suma, é o que acontecerá na 70ª semana sobre Jerusalém e em Jerusalém...
Por isso, é que retornarão os sacrifícios e ofertas de manjares... e o templo, pois assim Deus determinou que as 70 semanas sobre Jerusalém e os judeus se cumprissem...
Aliás, eles não receberam ao Filho de Deus... mas receberão aquele que Jesus diz vir em seu próprio nome. João 5:43...

Max Sensi
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 32
Cidade/Estado : Rio de Janeiro/RJ
Religião : Evangélico
Igreja : IEAD
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 529
Data de inscrição : 07/10/2013

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Max Sensi em Ter 09 Set 2014, 13:29

Muito boa a explicação do Jefté. Além de bom entendedor bíblico, é muito bom em História.
Eu sou ignorante nessa questão, mas analisando minuciosamente os textos de Jefté, e com o texto de Ricardo Ribeiro; e com os devidos capítulos e versículos expostos, é bem provável que esse novo templo que está para ser reconstruído em Jerusalém, possa realmente ser o mesmo inerente as Profecias bíblica.


Última edição por Max Sensi em Ter 09 Set 2014, 13:35, editado 1 vez(es)
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 21
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Gleison Elias em Ter 09 Set 2014, 13:32

--

Mas nenhuma profecia fala disso...

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jefté em Ter 09 Set 2014, 21:08

Maxi Sensi escreveu:Muito boa a explicação do Jefté. Além de bom entendedor bíblico, é muito bom em História. 
Eu sou ignorante nessa questão, mas analisando minuciosamente os textos de Jefté, e com o texto de Ricardo Ribeiro; e com os devidos capítulos e versículos expostos, é bem provável que esse novo templo que está para ser reconstruído em Jerusalém, possa realmente ser o mesmo inerente as Profecias bíblica.
Olá irmão: muito obrigado.....!
Very Happy 

Jorge Paulo Barbosa
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 211
Idade : 50
Cidade/Estado : Vila Velha - ES
Religião : CRISTÃ
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 431
Data de inscrição : 28/02/2015

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jorge Paulo Barbosa em Dom 01 Mar 2015, 13:40

Fico a imaginar qual é a base para transferir a septuagésima semana de Daniel 9 para o período que se acredita será o da grande tribulação, conforme a crença dispensacionalista.

Não vale afirmar que pelo fato se crer no arrebatamento secreto da igreja e nos eventos, que se justifica colocar a última semana de Daniel 9 no futuro. Deve se ter um subsídio escatológico basilar para tal afirmação.

As 70 semanas foram firmadas como o tempo final ao povo judeu. Seu último tempo de graça como nação escolhida. Mas o principal objeto deste período escatológico foi o aparecimento do messias, sua obra e morte expiatória. Nada tem que ver com um anticristo a ser revelado na septuagésima semana a ser transportada para o futuro. Não há autorização nas Escrituras para esta alteração nas 70 semanas.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jefté em Seg 30 Mar 2015, 10:59

Olá irmão Jorge Paulo

Você faz o seguinte questionamento:
Fico a imaginar qual é a base para transferir a septuagésima semana de Daniel 9 para o período que se acredita será o da grande tribulação, conforme a crença dispensacionalista.

A resposta:
A base para a transferência da 70ª semana de Daniel 9 para o período que se acredita será o da grande tribulação (não conforme somente a crença dispensacionalista) mas também conforme a mesma verdade, é o fato de na própria profecia das 70 semanas estar determinado a, depois das 62 semanas, ser cortado o Messias e o santuário e a cidade também serem destruídos (após estas 62 semanas).
Assim sendo, que conforme a profecia propriamente dita; nela se afirma que depois (das 7 semanas) e 62 semanas (e não depois da 70ª semana) tanto o Messias, o Príncipe seria cortado, quanto a cidade (Jerusalém) quanto o templo seriam destruídos pelo povo do príncipe que há de vir.
Fatos esses ocorridos entre os anos 33 d.C. (a crucificação) quando Cristo é condenado sob a autoridade de Pôncio Pilatos (a pedido dos judeus) e o ano 70 d.C. (na destruição da cidade e do santuário) por mãos de Tito, general romano.
Então, conforme a profecia que estabelece e demarca as 70 semanas, estes dois fatos (corte do Messias e destruição da cidade e do santuário) OCORREM depois (das 7 semanas)  e 62 semanas; sendo estabelecido ainda na profecia que, o fim da cidade seria como uma inundação, e até o fim haveria guerras, estão determinadas assolações. (Daniel 9: 25-26)

Somente após estes fatos todos assinalados e determinados a cumprir após as 62 semanas (que é o Ungido ser cortado e a cidade e santuário serem destruídos pelo povo do príncipe que há de vir) ocorridos segundo a história nos anos 33 d.C. e 70 d.C, sem que a profecia computasse a 70ª semana - pois é mencionada nos versos e fatos relacionados aos versos 25 e 26 de Daniel 9, é que então é mencionada isoladamente a 70ª semana da profecia (no versículo 27) dizendo o que nela se deverá acontecer, isto é:

"E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador."

Em suma: na 70ª semana da profecia de Daniel 9 - está determinado haver UM CONCERTO com muitos por 1 SEMANA (7 anos) iniciando-a.
Mas, na METADE DA SEMANA (ou seja, 3 anos e meio após o CONCERTO) ele fará CESSAR O SACRIFÍCIO e a OFERTA DE MANJARES (ou seja, fará cessar o sacrifício contínuo - aquele mesmo realizado p/ judeus no Velho Testamento no templo todas as tardes e manhãs).
E, SOBRE a ASA DAS ABOMINAÇÕES virá o ASSOLADOR, e isso até a CONSUMAÇÃO, ou seja, até O FIM.
E ainda diz assim: "e o que está determinado será derramado sobre o ASSOLADOR. (Daniel 9:27)

Sabe o que está determinado a vir sobre o ASSOLADOR ???

Bom, o assolador fará isso:
"O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus." (II Tes. 2:4)

E o que está determinado a vir sobre ele, é isso:
"E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;" (II Tes. 2:8 )

Assim sendo, essa é a base para se afirmar a 70ª semana de Daniel 9, como sendo estabelecida sobre Jerusalém e os judeus a se cumprir nos dias do anticristo, ou seja, nos dias do "príncipe que há de vir", a saber, o ASSOLADOR, cujo o povo, isto é, os romanos (não significa apenas no sentido de serem "romanos", mas anticristos.

avatar
Célio Saldanha
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : asetimatrombeta.blogspot.com
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 781
Idade : 45
Cidade/Estado : Brasília-DF
Religião : cristão
Igreja : Tabernáculo de Cristo
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -56
Pontos de participação : 878
Data de inscrição : 02/07/2014

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Célio Saldanha em Seg 30 Mar 2015, 12:23

Os judeus vão construir um templo que será rejeitado da mesma forma que as igrejas evangélicas constroem grandes templos adornados de ouro e prata preciosa.. Deus não vai santificar paredes para idolatras congregarem, mas está juntando um povo que está sendo tirado dentre os povos para serem santos. Da mesma forma que o povo tem a mania de levantar ídolos de pedras e depois adorar homens feito de barro, assim será com os judeus, que já possuem uma planta prontinha para fazer uma grande igreja para serem enganados.. O catolicismo que acha bom essas coisas, pois assim dá margem para o vaticano ser bíblico..
Quem está sendo santificado é o templo que Deus habita e não quatro paredes feitas por mãos humana. É o povo de Deus que está sendo santificado, da mesma forma que Jesus foi o santuário de Deus e ainda é..

O assolador já está na terra, da mesma forma que o consolador já veio, que é o Espirito de Cristo. O assolador é o espírito do anticristo que também já está na terra desde os tempos de João e demais apóstolos.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jefté em Seg 30 Mar 2015, 14:30

Olá irmão Célio Saldanha

Na época de Cristo, durante o evangelho, o Senhor não menosprezou em momento algum as práticas da lei, quando os sacertotes ofereciam no templo os sacrifícios de animais, chamdo sacrifício contínuo, e tampouco desprezara o mesmo templo, mesmo que Ele estabelecia seu evangelho, dizendo ainda que a hora viria e agora era, em que os verdadeiros adoradores adorariam o Pai em Espírito e em verdade, porque o Pai procura a quem assim O adore.

Contudo, o Senhor diz em Mateus 24 que, quando for vista a abominação desoladora no lugar santo, quem lê entenda, então os que estiverem na judeia fujam para os montes.... (Mat. 24:15-21 - Mar. 13:14-20 - Luc. 21:20-27)

Onde seria, pois o local, designado pelo Senhor como "lugar santo", no qual será visto a abominação desoladora, mediante a qual os que estiverem na Judeia, conforme Ele, deverão fugir p/ os montes, e os que estiverem no telhado não volte a casa a tomar os seus vestidos, e os que estão no campo, não voltem a cidade, porquanto haverá aflição tal qual nunca houve desde o princípio, nem tampouco haverá ????


Onde seria esse "lugar santo", pois é o Senhor quem diz; e por quê é lugar santo ?
avatar
Célio Saldanha
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : asetimatrombeta.blogspot.com
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 781
Idade : 45
Cidade/Estado : Brasília-DF
Religião : cristão
Igreja : Tabernáculo de Cristo
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -56
Pontos de participação : 878
Data de inscrição : 02/07/2014

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Célio Saldanha em Seg 30 Mar 2015, 16:51

Esse é lugar..

E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará.
E jazerão os seus corpos mortos na praça da grande cidade que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde o nosso Senhor também foi crucificado.
Apocalipse 11:7-8

A princípio, pode-se entender que essa abominação seria a Mesquita de Omar no lugar do Templo, que é o mesmo que A MULHER no lugar do HOMEM. A mulher sendo cabeça é uma abominação para Deus.

O evangelho que vai ser pregado para os judeus, é o mesmo que é pregado para o restante das dez tribos, onde uma parte dos judeus messiânicos são enxertados e outra parte será enxertada em Benjamim.

Lembra de Moisés, onde é dito que o lugar que ele pisa é "terra santa"??

O que santificava aquele lugar era os pés de Moisés, que era santo, pois tinha nele o Espírito Santo. De forma que o lugar, na grande tribulação será mesmo na Palestina, em Jerusalém, mas quem vai ser santificado não é nenhum lugar de quatro paredes, mas os 144 mil, que receberão o selo de Deus, quando então passearão no meio do fogo como Sadraque Mesaque e Abdenego, enquanto os ímpios vão virando cinzas para serem pisadas.

Essa ideia de construir templos para adoração é típica do cristianismo, que herdou essa prática do judaísmo, mas quando Deus veio em carne, a adoração há muito deixou de ser as quatro paredes, passando a ser o próprio adorador o templo de adoração. É certo que o ajuntamento de pessoas da mesma fé e ordem se dá em um templo de pedras, mas a verdadeira adoração não é o lugar, mas o que está no lugar santificando as pessoas. Os judeus, e muitos dos que entrarem na grande tribulação, vão acreditar loucamente que uma vez o templo de Deus construído, a grande tribulação vai cessar, por isso vão fazer guerra contra os dois profetas e no fim, dentre os milhões de judeus, só 144 mil será salvo.

A abominação é naturalmente algo que estará no lugar de Deus, ou seja, qualquer coisa que sirva de idolatria, ainda que tenha o nome de templo. Templo é só para enriquecer religiosos capitalistas..

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Jefté em Seg 30 Mar 2015, 21:11

Olá irmão Célio Saldanha

Tudo bom?!
Você diz que o lugar santo não seria o templo judaico edificado no seu devido lugar...
Acontece que Deus determinou a Jerusalém e os judeus 70 semanas de anos sobre a cidade santa; das quais 69 semanas se cumpriram desde a ordem de restaurar Jerusalém até o Messias.
Porém, ainda resta-lhes aquela parte da profecia que computa a 70ª semana, esta:
E ele firmará um concerto c/ muitos por 1 semana (a que faltou); e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; e sobre a asa das abominações virá o ASSOLADOR, e isso até a consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.

Prestemos atenção: tudo o que está determinado neste verso (Daniel 9:27) se cumprirá dentro desta semana profética, em seus 7 anos.

Vemos que não foi a toa, que o Senhor determinar-lhes 70 semanas de anos aos judeus (e Jerusalém) pois até hoje nem receberam (nem reconheceram) a Cristo como Filho de Deus e o Messias enviado.
E eles ainda estão na Velha Lei; e creem que a única forma de se servir a Deus é através dos seus sacrifícios de animais oferecidos no templo (embora hoje e a 1900 anos) estão impedidos de os oferecer, mas mesmo assim os crê, como única forma de agradar a Deus.

Acaso o templo não lhes será construído sendo eles proprietários da terra prometida?
Acaso, tendo DEUS (e não os homens) estabelecido-lhes 70 semanas sobre a cidade santa; durante estas semanas Jerusalém e o templo não são pela lei considerados sagrados, e o templo, local santíssimo ???
Certamente!

Por isso mesmo profetizou Daniel assim: E tirarão o contínuo sacrifício estabelecendo a transgressão assoladora. (Dan. 11:31)
Diz também: Até quando durará a visão do contínuo sacrifício e da transgressão assoladora para que sejam entregues o exército e o santuário a fim de serem pisados?
E ele disse: Até 2300 tardes e manhãs e o santuário será purificado. (Dan. 8:13-14)

diz também o Apocalipse:
"E FOI-ME dada uma cana semelhante a uma vara; e chegou o anjo, e disse: Levanta-te, e mede o templo de Deus, e o altar, e os que nele adoram.
E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses."
Apc. 11:1-2

Irmão, embora você discorde, e todos nós temos o direito em discordar uns dos outros (embora, se for pela verdade, nós é que perdemos).
Mas, você saberia dizer por quê a CIDADE SANTA será pisada e pisada por 42 meses ???

Ora, isso é devido justamente as 70 semanas determinadas sobre ela como cidade santa; pois dentro destas 70 semanas nas quais Jerusalém é santificada pela lei, e a palavra de Deus e pela profecia - Jerusalém se tornara santa desde a ordem de restaurá-la na época de Esdras - até o Messias, e lhe passariam 7 semana e 62 semanas; e as ruas e tranqueiras se reedificariam mas em tempos trabalhosos..
Depois das 62 semanas (de Jerusalém cidade santa) o Messias seria cortado (detalhe: no Seu Expirar, o véu do Templo que assinalava e representava a grande separação entre Deus e os homens se rompera) e o Templo perdia totalmente p/ Deus e para a lei toda a sua significação - e doravante, todos os sacrifícios dos judeus neste mesmo templo, os quais segundo a lei eram necessário e obrigatórios pela lei - perdiam para a própria lei toda a sua necessidade e importância; mostrando assim, que verdadeiramente na morte do Messias, as 62 semanas tinham verdadeiramente expirado, findado, ao ser Ele cortado.
Então, irmão, após isso, após o Messias ser cortado e o véu do templo rasgado, devendo ainda a cidade e o santuário serem destruídos, fatos que só se cumpriram no ano 70 d.C., isto é, 37 anos após a crucificação, embora a contagem dos anos continuassem como se nada tivesse mudado, contudo o cronômetro profético das 70 semana tinha sido interrompido pelos fato de o Messias tê-lo findado conforme a profecia, isto é, ao ser cortado.
E hoje, após 1900 anos destes fatos, hoje, Jerusalém está aí bem diante de nossos olhos...
Faltando portanto ainda 1 semana de anos sobre a cidade santa.

Então, já que hoje ela existe, e ontem não cumpriu-se sobre Jerusalém e os judeus algum Concerto por uma semana de anos, para que na metade da semana fosse cessado o sacrifício e a oferta de manjares (o mesmo que o sacrifício contínuo); para que o ASSOLADOR lhe viesse na segunda metade, então resta-nos crer que ainda se cumprirá;
e São Paulo profetiza:
O qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora de sorte que se assentará no templo de Deus como se fora Deus, querendo parecer Deus.

Isto que Paulo escreve a tessalonicenses é literalmente a abominação desoladora no lugar santo; a saber: o anticristo assentando-se como Deus no templo de Deus e levantando-se contra tudo o que se chama Deus ou se adora.
Abominação essa que perdurará por 42 meses ou 1290 dias.

E é isso o que deverá ocorrer durante a segunda metade da 70ª semana: por isso diz:
"E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses."

Por isso diz:
"E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação." (Apc. 13:7)
Diz:
"E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta." (Apc. 13:15)

Tudo isso faz parte da abominação desoladora; da qual abominação desoladora, Jesus alerta dizendo que ao ser ela vista no lugar santo, fujam, porque haverá aflição tal qual nunca houve nem tampouco haverá.
O Senhor retorna após a aflição daqueles dias; que será de 3 anos e meio (Mat. 24:29)

Conteúdo patrocinado

Re: O terceiro templo que será reconstruído em Jerusalém seria uma transição para o anticristo?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sex 21 Jul 2017, 01:39