F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Compartilhe

Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Ter 03 Jun 2014, 16:31

Clébio escreveu:Sandro,
 
Quanto a este Ser, a Bíblia o descreve como, entre outras coisas, "o príncipe da potestade do ar" (Efésios 2:2). Vemos a ação dele ministrando aos nossos antigos pais justamente no Jardim do Éden (Gênesis 3), logo na abertura da biografia humana, e ele tem consecutivamente existido com os mesmos objetivos. Além do mais, é considerado o Pai da mentira.
 
Assim sendo, pergunto:
 
Que ser é este que apresentou a Deus e que feriu a Jó de tumores malignos?
Qual a origem deste personagem?
Há alguma profecia lançada a ele? Se sim, qual?

Desculpa mas em nenhum desses lugares diz que o diabo era um anjo e virou demónio. Isso foi o que eu perguntei pra você.

Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qua 04 Jun 2014, 04:11

Clébio bom dia!

Aqui já são 8 da manhã mas aí em terras de Vera Cruz ainda devem ser umas 4 horas.

Até agora você tem falado que o diabo tem o poder da morte, que tem o objetivo de destruir nossas vidas, e eu até concordo, mas a diferença é entendemos o que é ou quem é o diabo de jeito diferente.

Aqui no tópico estamos analisando a questão dos anjos caídos. Que é algo que eu não acredito que tenha base Bíblica. Visto que você acredita que o diabo/satanás e demónios foram anjos que pecaram e viraram demónios (me corrija se eu estiver errado no que digo sobre sua crença) é você que tem que mostrar para mim isso. Por isso eu peço que responda à pergunta: Onde na Bíblia diz que o diabo/satanás é um anjo que pecou? Obrigado.

avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4331
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 155
Pontos de participação : 17427
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Norberto em Qua 04 Jun 2014, 08:31

.
Sandro Plácido escreveu:Eu ao mostrar a tabela o que queria dizer é que podemos igualar o pecado com o diabo, sendo o diabo a personificação do pecado em suas variadas formas:

Vamos substituir o termo "diabo" por "pecado" para verificar se haverá sentido na expressão de alguns versículos bíblicos:


Em Mateus:

4.1 A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo pecado.

4.5 Então, o pecado o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo

4.8 Levou-o ainda o pecado a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles

4.11 Com isto, o deixou o pecado, e eis que vieram anjos e o serviram.

13.39 o inimigo que o semeou é o pecado; a ceifa é a consumação do século, e os ceifeiros são os anjos.

25.41 Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o pecado e seus anjos.



Em Lucas:

4.3 Disse-lhe, então, o pecado: Se és o Filho de Deus, manda que esta pedra se transforme em pão.

4.6 Disse-lhe o pecado: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser.

4.13 Passadas que foram as tentações de toda sorte, apartou-se dele o pecado, até momento oportuno.

8.12 A que caiu à beira do caminho são os que a ouviram; vem, a seguir, o pecado e arrebata-lhes do coração a palavra, para não suceder que, crendo, sejam salvos.



Em João:

6.70 Replicou-lhes Jesus: Não vos escolhi eu em número de doze? Contudo, um de vós é pecado.

8.44 Vós sois do pecado, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.



Em Atos dos Apóstolos:

10.38 como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do pecado, porque Deus era com ele;

13.10 Ó filho do pecado, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perverter os retos caminhos do Senhor?



Em Efésios:

6.11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do pecado;



Em Tiago:

4.7 Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao pecado, e ele fugirá de vós.



Em 1 Pedro:

5.8 Sede sóbrios e vigilantes. O pecado, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar;



Em 1 João:

3.8 Aquele que pratica o pecado procede do pecado, porque o pecado vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do pecado.

3.10 Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do pecado: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.



Em Judas:

1.9 Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o pecado e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda!



Em Apocalipse:

2.10 Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o pecado está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.

12.9 E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama pecado e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.

12.12 Por isso, festejai, ó céus, e vós, os que neles habitais. Ai da terra e do mar, pois o pecado desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta.




Gostaria de destacar dois versículos que se tornam mais sem sentido do que os demais, quando trocamos "diabo" por "pecado". Releiam:


Em 1 João:

3.8 Aquele que pratica o pecado procede do pecado, porque o pecado vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do pecado.

Em Judas

1.9 Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o pecado e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda!

.
avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1006
Idade : 42
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1897
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Clébio em Qua 04 Jun 2014, 08:54

Sandro, bom dia,
 
Você ta longe hein.....rsrsrs
 
 
Você diz...
Agora me explica onde diz na Bíblia que o diabo foi um anjo que agora é demónio.
 
 
Pois bem...ao que parece, Apoc. 20:1,2, aparesenta este Ser chamado diabo, satanás, antiga serpente como um só Ser.
 
Então você me pergunta: Mas ainda falta demonstrar se ele era um anjo...
 
Sim, ele era um anjo. Veja o que a Escritura nos diz...
 
”E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz.” (2 Cor. 11:14).
 
 “Houve peleja no Céu. Miguel e os seus anjos pelejaram contra o dragão. Também pelajaram o dragão e seus anjos;” (Apoc. 12:7).
 
“E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, e o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a Terra, e com, ele , seus anjos.” Apoc. 12:9.
 
Lembrando que O dragão (gr. Drakon), um sinônimo da palavra traduzida como “serpente” (gr. Ophis; Gn 3:1), representa Satanás (Apoc. 12:9).
 
Além dos atos pecaminosos desse Ser relatado no livro de Genesis e demais livros, encontramos este mesmo Ser agora tentando o próprio Salvador, cf. Mat. 41-11. Não posso confiar a partir desses atos que este Ser seja um anjo bom, de forma nenhuma, haja vista várias adjetivos são atribuidos a ele, sendo, homicida desde o princípio, mentiroso e pai da mentira (João 8:44), vive pecando desde o princípio (João 3:Cool.
 
Assim sendo amado,
 
Deixo as seguintes perguntas também sobre este Ser a você...
Que ser é este que apresentou a Deus e que feriu a Jó de tumores malignos?
Qual a origem deste personagem?
Há alguma profecia lançada a ele? Se sim, qual?
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Gleison Elias em Qua 04 Jun 2014, 10:01

--
Norberto,

Tirando os versos onde diabo não eh o pecado, se referindo a Judas por exemplo, as substituições ficaram muito boas!
Obrigado por, querendo contra argumentar, acabar nos ajudando!
avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qua 04 Jun 2014, 12:28

Norberto escreveu:.

Gostaria de destacar dois versículos que se tornam mais sem sentido do que os demais, quando trocamos "diabo" por "pecado". Releiam:[/size]


Obrigado pelo estudo, é bom fazer coisas assim.

Mas não é tão simples como substituir diretamente sempre, eu não expliquei bem peço desculpa, porque o diabo pode ser várias coisas, geralmente um indivíduo ou grupo de indivíduos que agem sob o pendor da carne que é contra o Espírito - pecando e agindo contra Deus e os seus servos. Nessas passagens temos que ver quem é o falso caluniador(que é o significado literal de diabo) em causa.

Em relação à interpretação das passagens, nenhuma delas esclarece o tema do tópico, anjos caídos.

A primeira sobre o diabo videndo pecando desde o princípio já comentei.

Em relação à segunda, a linguagem usada faz lembrar Zacarias 3:2 e comparando temos

Zacarias3 ------------> Judas

anjo do senhor -------> Miguel o arcanjo

Satanás -------------> O diabo

o SENHOR, que escolheu a Jerusalém, te repreende ------> O Senhor te repreenda!

um tição tirado do fogo -----> arrebatando-os do fogo

Em relação ao corpo de Moisés, assim como os crentes são o corpo de Cristo, então os que estavam fazend a vontade de Deus seriam o corpo de Moisés? Ou então tem que ver com a palavra grega usada para corpo que é "soma" em grego e que é traduzida em Apocalipse 18:13 como "escravo", poderia se ver Josué o Sumo Sacerdorte como "servo" de Moisés? Literalmente falando, porque um anjo rebelde quereria o corpo literal de Moisés, acho que não faz sentido.







avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qua 04 Jun 2014, 12:31

Caro Clébio estou respondendo à sua questão, me dá um tempinho porque você cita várias passagens e eu tenho que explicar elas segundo o meu entendimento das Escrituras. Obrigado
avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qua 04 Jun 2014, 16:27

Olá Clébio,

Minhas respostas à su apostagem anterior:

Clébio escreveu:Pois bem...ao que parece, Apoc. 20:1,2, aparesenta este Ser chamado diabo, satanás, antiga serpente como um só Ser.

Você tem razão aqui não fala de anjo caído.

Clébio escreveu:Sim, ele era um anjo. Veja o que a Escritura nos diz...

”E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz.” (2 Cor. 11:14).

Não vejo o texto dizendo que Satanás era um anjo, diz que ele se transforma em anjo de luz.

Como é sabido a palavra anjo, portuguesa, indica sempre um mensageiro celestial de Deus, mas a palavra grega no original significa simplesmente mensageiro sem indicar se é um humano ou anjo mesmo.

Vamos ver o contexto da passagem, para não estarmos tirando ela para fora do contexto.

O Apóstolo Paulo está falando de falsos apóstolos,

"Porque suponho em nada ter sido inferior a esses tais apóstolos" (2 Coríntios 11:5)

"Porque os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transformando-se em apóstolos de Cristo." (2 Coríntios 11:13)

e depois é que menciona a passagem essa. ”E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz.”

e por fim "Não é muito, pois, que os seus próprios ministros se transformem em ministros de justiça; e o fim deles será conforme as suas obras."

Se Satanás era um anjo de luz segundo entendo sua posição Clébio, e passou a demónio, como ele pode voltar a ser anjo de luz? Tanto é demónio como anjo conforme deseja?

Duas interpretações possíveis:

Paulo leva-nos até ao Éden quando diz “assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo” .

Os falsos mestres são assim equiparados ao primeiro falso mestre, a serpente. Este pensamento é levado até ao versículo 13. Falando dos falsos mestres do seu tempo, Paulo diz, “ Porque os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transformando-se em apóstolos de Cristo.” Isto não é de se admirar , diz ele, quando alguém considera o protótipo de todos os falsos mestres, a serpente, é vista como um mensageiro do próprio Deus.

As suas palavras reais são “E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz.” A serpente apresentou-se a Eva como alguém que podia dar-lhe entendimento comunicando a mente de Deus. “Deus sabe...” disse ela. A mensagem da serpente, “É certo que não morrereis,” foi aceite por Eva, e tem sido a filosofia que tem dominado o pensamento humano desde então. Praticamente toda a gente religiosa, não importa a denominação, acredita que é imortal; e todas as pessoas, quase sem exceção agem como se nunca fossem morrer. Assim a primeira mensagem, uma mentira, da serpente é o primeiro credo dos homens, e o primeiro mensageiro mentiroso transformou-se, na mente dos homens, num mensageiro da luz celestial. Não é de admirar que mensageiros de menos importância sejam mantidos em grande estima, e constituem uma ameaça importante para os crentes.

Segunda Interpretação

Os adversários aqui devem ser falsos mestres(judaizantes) e entre eles havia um líder a quem Paulo chama aqui de Satanás que assim como a serpente no Éden passou como "anjo" ou mensageiro de Deus, tendo conhecimento que Eva não possuia, esse adversário tinha ministros e estavam contrariando a obra de Cristo. E passavam por "mensageiros de luz" porque eles se apresentavam como apóstolos, como parte dos verdadeiros crentes, mas por dentro estavam minando a igreja ensinando um falso evangelho.

"Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo.
4 Se, na verdade, vindo alguém, prega outro Jesus que não temos pregado, ou se aceitais espírito diferente que não tendes recebido, ou evangelho diferente que não tendes abraçado, a esse, de boa mente, o tolerais."(2 Coríntios 11:3,4)


Esses adversários aparecem em Apocalipse 2:9;3:9 onde lemos sobre a "sinagoga de Satanás, desses que a si mesmos se declaram judeus e não são, mas mentem"

Em 1 Tessalonicenses Paulo falando dos judeus que andavam a barrar o caminho do Evangelho diz:

"Tanto é assim, irmãos, que vos tornastes imitadores das igrejas de Deus existentes na Judéia em Cristo Jesus; porque também padecestes, da parte dos vossos patrícios, as mesmas coisas que eles, por sua vez, sofreram dos judeus,
15 os quais não somente mataram o Senhor Jesus e os profetas, como também nos perseguiram, e não agradam a Deus, e são adversários de todos os homens" (1 Tessalonicenses 2:14-14) e depois mais adiante no mesmo contexto diz "Por isso, quisemos ir até vós (pelo menos eu, Paulo, não somente uma vez, mas duas); contudo, Satanás nos barrou o caminho." (v. 18).

Em Romanos fala do mesmo problema:

"Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com a doutrina que aprendestes; afastai-vos deles,
18 porque esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, e sim a seu próprio ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos incautos.
19 Pois a vossa obediência é conhecida por todos; por isso, me alegro a vosso respeito; e quero que sejais sábios para o bem e símplices para o mal.
20 E o Deus da paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás. A graça de nosso Senhor Jesus seja convosco." (Romanos 16:17-20)

Sumário: Qualquer que seja a interpretação a passagem não diz que Satanás era um anjo, mas sim que se faz passar por um anjo/mensajeiro de luz.

Clébio escreveu: “Houve peleja no Céu. Miguel e os seus anjos pelejaram contra o dragão. Também pelajaram o dragão e seus anjos;” (Apoc. 12:7).

O que foi dito acima sobre "anjos" se aplica aqui, podemos ler "o dragão e seus mensageiros" sem ir contra o texto original. E para além do mais, Clébio, você acredita que os que seguem Satanás são demónios não? Como diz aqui anjos?

O livro de Apocalipse é altamente figurativo e não pode ser lido literalmente, por exemplo a mulher no céu vestida de sol com a lua sob os pés, isso não pode ser literal, o dragão também não pois atira estrelas para a terra, e se caissem estrelas literais na terra, não mais existiria terra. Por isso cada coisa tem o seu significado. O céu certamente não é literal pois não tem esses elementos. E não sei como alguém pode acreditar que pode haver rebelião onde Deus habita, como orariamos "Seja feita a tua vontade na terra como no céu"? A vontade é feita lá ou não? Quando qualquer anjo se pode rebelar a qualquer momento não me parece muito abonativo.

O Apocalipse é similar a Daniel onde aparecem animais e bestas, o que representam eles? Reinos, poderes políticos etc.

Em Apócalipse tampouco ficamos às escuras porque no próprio livro temos a interpretação:

"Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis... E a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição. 12 Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam reino, mas recebem autoridade como reis, com a besta, durante uma hora." (Apocalipse 17:9,11,12)

Vemos que a besta é um rei, as sete cabeças são sete montes, os chifres são dez reis,a mulher é uma cidade, as águas são povos....

Clébio escreveu:“E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, e o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a Terra, e com, ele , seus anjos.” Apoc. 12:9.


Mais uma vez a passagem não fala que o diabo é um anjo rebelde, mas sim que de alguma forma é a antiga serpente e Satanás. O céu é o mesmo céu anterior, ou seja simbólico de algo. Geralmente na Bíblia, céu representa uma posição elevada que alguém (estrelas, sol, lua) ocupam. Por isso mostra que essa entidade perde essa posição sendo atirada para a terra.

Quando aconteceu essa suposta guerra, antes da criação de Adão e Eva? Apocalipse diz que não: No versículo 1 do capítulo 4, João recebe o seguinte convite: "Sobe para aqui, e te mostrarei o que deve acontecer depois destas coisas."

Porque foi simbolizado este poder político através do diabo e Satanás e da serpente antiga?

Porque estes representam o pendor da carne, e quando homens motivados pelo pendor da carne se opõem aos servos de Deus, actuam da mesma forma que a serpente no princípio. Um exemplo típico são aqueles que se opuseram a Cristo quando pregava o evangelho em Israel. Ele disse aos escribas e fariseus:

"Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?" (Mateus 23:33).

Noutra ocasião disse-lhes: "Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira" (João 8:44).

Em ambas passagens Jesus referia-se claramente à serpente do Éden, cuja mentira semeou a semente do pecado e conduziu à condenação e morte do homem. Todos aqueles que de forma similar operam contra Deus são em sentido figurado, descendentes da serpente, ou a sua "semente," usando a expressão de Génesis; e estão destinados a ser destruidos por Cristo, a semente da mulher (Génesis 3:15).

Nisto tudo temos uma linguagem simbóblica firmemente baseada nos fatos que ocurreram no Éden, onde por primeira vez o homem se opôs a Deus e o pecado apareceu no mundo, não por causa de um monstro imortal, mas através do próprio homem, instigado pela serpente.

É interessante que em uma Bíblia que eu tenho chamada Pastoral (Católica) tem esse comentário sobre o dragão em Apocalipse 12:

"O Dragão personifica o mal, inimigo de Deus. Trata-se do egoísmo, orgulho e auto-suficiência que deformam os indivíduos e os grupos sociais..."

Há quem diga que o Dragão representa o império romano que perseguia e matava os crentes, Jesus nas cartas às igrejas no apócalipse diz:

Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova" (Apocalipse 2:10)

e

"Conheço o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita."(v 13)

Era o diabo, anjo caído que ia pegar nos crentes e joga-los na cadeia, e ele tinha um trono em Éfeso e habitava lá? Ou segundo a sua crença isso deveria ser num inferno? Não o assento do poder Romano ficava nessa cidade.

Pedro se referindo também à persiguição romana(?) escreveu

"Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar" (1 Pedro 5:Cool.

Talvez Pedro tivesse usando Provérbios 28:15 dando uma dica:" Como leão que ruge e urso que ataca, assim é o perverso que domina sobre um povo pobre."

Acho que ninguém acredita que o anjo caído diabo anda literalmente rugindo como um leão e que come pessoas...

Clébio escreveu:Que ser é este que apresentou a Deus e que feriu a Jó de tumores malignos?

Foi Deus que testou Jó instigado pelo adversário:

"Perguntou o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal. Ele conserva a sua integridade, embora me incitasses contra ele, para o consumir sem causa." (Jó 2:3)

"Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR! 22 Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma." (Jó 1:21,22))

" temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios." (Jó 2:10)

e

"Então, vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; cada um lhe deu dinheiro e um anel de ouro." (Jó 42:11)

Vemos aqui que esse adversário (sim adversário porque é o que a palavra no Antigo Testamento em hebraico "satan" significa, não é um nome próprio), não tem poder, ele incitou Deus a testar Jó, e Deus o fez como confirmam as passagens acima. A palavra "satan" aparece muitas vezes mais no Antigo Testamento mas os tradutores para português acharam que não se tratava do anjo caído por isso não colocaram Satanás no texto, mas escreveram inimigo ou adversário. Mas há um lugar em que eles se enganaram: Veja

"Então, Satanás se levantou contra Israel e incitou a Davi a levantar o censo de Israel." (1 Crónicas 21:1)

Veja a passagem paralela em 2 Samuel 24:1 onde fala do mesmo incidente:

"Tornou a ira do SENHOR a acender-se contra os israelitas, e ele incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, levanta o censo de Israel e de Judá."

Quem é o adversário aqui? A palavra "satan" não tem nada de mal em si mesma, significa adversário e pode ser qualquer um que se oponha a outro, mau ou bom.

Tem outras passagens onde a palavra "satan" descreve humanos, como o rei David, ou um anjo do Senhor em Números. Use uma concordância e veja.


No final do livro Deus repreende os amigos de Jó mas não repreende um anjo caído porquê?

Qualquer que seja o adversário de Jó não fala que é um anjo que pecou.

E para além do mais, se não há qualquer referência a Satanás em Génesis ou a um anjo caído, nenhum aviso de Deus, como as pessoas entenderiam a palavra adversário quando lessem este livro? O Antigo Testamento abrange um período longuíssimo de tempo, onde nunca se fala em anjos caídos, sempre os humanos são culpados e castigados.


Clébio escreveu:Qual a origem deste personagem?

O anjo caído chamado Satanás, diabo, Lúcifer, não existe na Bíblia canônica, no livro de Enoque talvez.
Clébio escreveu:
Há alguma profecia lançada a ele? Se sim, qual?

Claro que não, o Antigo Testamento tem um silêncio total sobre esse diabo e Satanás em que você acredita.
avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1006
Idade : 42
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1897
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Clébio em Qua 04 Jun 2014, 16:52

Sandro,

Obrigado por arrumar tempo e debruçar sobre esse tema e procurar trazer a conclusão da melhor maneira possível para meu entendimento. Sou grato por isto.

No entanto, como meu tempo aqui no trabalho já se esgotou por hoje, estou levando para ler em casa e dar um posicionamento ao mesmo. Te falo amanhã....abçs....Deus te abençoe!!!Clébio
avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qua 04 Jun 2014, 17:04

.
Clébio,

Não tem que agradecer, estamos aqui para partilhar conhecimento.

Até amanhã Clébio. Bênçãos.

Márcio
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1154
Idade : 45
Cidade/Estado : Porto Alegre - RS
Religião : Cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 51
Pontos de participação : 2840
Data de inscrição : 17/04/2010

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Márcio em Qua 04 Jun 2014, 18:01

Assim a primeira mensagem, uma mentira, da serpente é o primeiro credo dos homens, e o primeiro mensageiro mentiroso transformou-se, na mente dos homens, num mensageiro da luz celestial

Sandro,

Na proposta apresentada pela serpente, onde está configurada a mentira?

Márcio
avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qui 05 Jun 2014, 04:38

Márcio,

"É certo que não morrereis" (Génesis 3:4)
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Gleison Elias em Qui 05 Jun 2014, 10:43

--

Sandro,

Mas Adão e Eva certamente não morreu quando comeu do fruto.
avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1006
Idade : 42
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1897
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Clébio em Qui 05 Jun 2014, 11:17

Sandro,
 
Bom dia,
 
Voltando à análise daquele texto que citei, a saber, II Cor. 11:14, e como foi demonstrado por ti duas interpretações ao mesmo texto, logo convém uma análise ao seu contexto.
 
Não é de se admirar que no v. 03, traz a seguinte informação: “ Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo”. (2 Cor. 11:13).
 
Primeiramente notamos aqui uma clara alusão de um Ser (serpente) agiu em desconformidade aos preceitos divinos. Isso é fato.
 
Se voltarmos ainda as páginas da nossa Bíblia, encontramos a atuação desse Ser e sendo ainda aplicada à Serpente uma profecia, senão vejamos: “Porei inimizade entrei ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gn 3:15).
 
Mas, ainda  2 Coríntios trata de outros assuntos, e é bem verdade que faz também claras referências a falsos mestres, comungo também dessa linha de raciocínio contigo, mas não menosprezando as referências ao Ser ali mencionado e nem os atos a ele atribuído.
 
Você diz...
Qualquer que seja a interpretação a passagem não diz que Satanás era um anjo, mas sim que se faz passar por um anjo/mensageiro de luz.
 
 
Como bem asseverou, realmente ali não diz que seja um anjo, mas que se faz passar por um anjo. Concordo!
 
Mas aí vem a dúvida: Por que passaria ele então a transformar em anjo de luz? Para quê? Por que estaria assumindo essa forma?
 
O interessante é destacar que quando se transforma em algo, é sempre com atribuições ao mal, conforme a transformação verificada no Éden.
 
 
Noutro texto: “Houve peleja no Céu. Miguel e seus anjos pelejaram contra o dragão. Também pelejaram o dragão e seus anjos;” (Apoc. 12:7).
 
Esse texto foi trazido por mim para análise.
 
 
 Mas você assim se pronunciou...
 
O livro de Apocalipse é altamente figurativo e não pode ser lido literalmente, por exemplo, a mulher no céu vestida de sol com a lua sob os seus pés, isso não pode ser literal, o dragão também não, pois atira estrelas para a terra, e se caíssem estrelas na terra, não mais existiria a Terra. Por isso cada coisa tem o seu significado. O Céu certamente não é literal pois não tem esses elementos. E não sei como alguém pode acreditar que pode haver rebelião onde Deus habita, como orariasmos “Seja feita a tua vontade na terra como no céu? A vontade é feita lá ou não? Quando qualquer anjo se pode rebelar a qualquer momento não me parece muito abonativo.
 
 
Antes entendamos que o Livro de Apocalipse é o Livro da Revelação. A Revelação de Jesus Cristo, ou apocalipse, é um livro singular entre todos os outros livros da Bíblia – singular em sua forma, em seu simbolismo e eu seu significado. Ele chega até nós vindo de Deus, o Pai, e de Jesus Cristo, por cujo intermédio unicamente, pode vir qualquer relação divina ao homem. Ele enviou a João através de seu anjo-mensageiro. (Apoc. 1:1).
 
Este livro único no gênero desvela o grande Emancipador, o maior de todos, que trouxe a liberdade não apenas para uma raça, mas para todas as raças de homens. Conquanto o Apocalipse revele “as coisas que breve hão de acontecer”, e ele é antes de tudo uma revelação de Jesus Cristo, que morreu a fim de que pudéssemos viver.
 
Ao virarmos as páginas do Apocalipse, lancemos um longo olhar àquele que deu a sua vida para libertar-mos do pecado escravizante e da morte, sabendo que através das mutações do caleidoscópio da História Ele está levando a cabo seu eterno propósito.
 
Interessante notar que desta revelação pode dizer-se que veio em resposta à oração de Paulo: Escrevendo aos efésios ele diz como orou para que pudessem eles ter uma revelação de Cristo. Efés. 1:15-18. Trinta anos mais tarde João recebeu esta revelação, e a primeira igreja a que ela foi enviada foi Êfeso.  Não foi ela, a revelação, escrita para o mundo, mas para a igreja, para os servos de Deus. Apoc. 1:1. Quando Deus escreveu na parede do palácio de Belsazar, os “sábios” não conseguiram ler a escrita. Mas Daniel interpretou os Seus segredos. “Certamente o Senhor não fará coisa alguma, sem revelar o Seu segredos aos Seus servos, os profetas”. Amós 3:7.
 
Conquanto esta revelação tenha sido de muita ajuda para os Santos perseguidos do tempo de João, e tenha falado a cada século de então para frente, ela tem uma mensagem especial para os que estivessem vivendo justo antes da volta do Senhor.
 
 
Sandro escreveu
a mulher no céu vestida de sol com a lua sob os seus pés, isso não pode ser literal,...
 
Pois bem, a mulher gloriosamente ataviada tendo o Sol como vestido... a Lua sob os seus pés, e uma coroa com doze estrelas na cabeça, é de algum modo o mais atrativo de todos os símbolos proféticos. Mulher em profecia representa igreja. A mulher virtuosa. Jer. 6:2; Isa. 54:5,6; Oséias 2:19,20; João 3:29; II Cor. 11;23; Apoc. 19:7,8. A igreja apóstata, corrupta, é representada por uma mulher de má conduta. Apoc. 17:15; Jer. 3:18; Ezequiel 16:26-29; Isaias 50:1.
 
Ainda sobre a Lua, percebemos que a lua não tem luz própria; ela é simples refletora da luz solar. Assim também é com a igreja. Não temos luz de nós mesmos, mas apenas refletimos a glória de Cristo, “o Sol da Justiça”. Isto foi revelado de modo maravilhoso no antigo Santuário hebreu, cujo cerimonial era apenas “sombra dos bens futuros”. Heb. 10:1. Assim, como os acontecimentos futuros lançam sombra antes, a cruz de Cristo estende sua sombra desde o Éden até o Calvário.
 
A igreja aqui é representada como estando em pé sobre a Lua, não como desdém ao Velho Testamento, a Moisés e os profetas, mas tendo-os como fundamento. O evangelho eterno tem a mesma mensagem para todos os séculos. O método de ensinar a salvação pode diferir, mas os homens têm sido sempre, como também agora, salvos do pecado por um único modo – a graça de Deus.
 
Naõ devemos confundir isto com a deusa da Lua das regiões pagãs. Nem o Sol, nem Lua, ou mesmo mulher, são objetos de culto, mas tão-só símbolos. A mulher, ou a igreja, está em pé sobre a Lua. Em Salmo 89:34-37 o Senhor declara que seu concerto e Sua palavra são tão fiéis e inalteráveis como a Lua. A igreja foi estabelecida sobre a Palavra de Deus.
 
A Bíblia toda contém apenas uma história: a história do conflito entre Cristo e seu inimigo; entre a Semente da mulher e o dragão.
 
Através de todos os tempos e em todas as dispensações tem havido realmente apenas uma igreja. E assim temos aqui, como símbolo dela, esta gloriosa mulher, em quem todas as suas mais sublimes excelências e principais características estão reunidas desde o início até a consumação final.
 
Como Eva foi criada da costela de Adão durante profundo sono deste (Gn 2:2, 22), Cristo, o segundo Adão, trouxe Sua esposa, a igreja, à existência por meio de Sua morte e ressurreição. Somente ao nos tornarmos membros de Seu corpo, de Sua carne, de Seus ossos, somos parte da verdadeira igreja. Efésios 5:30.
 
 
Sandro escreveu...
O Céu certamente não é literal...
Uma das coisas de grande importância que podemos assinalar é que o Céu é onde Deus está. Em termos do livro de Apocalipse, "Deus habitará com os homens" (Ap. 21.3). O ponto alto da história bíblica da redenção de Deus é "a cidade santa", Deus com seu povo. Em tal comunidade, Deus enxugará toda lágrima e não haverá nem pranto, nem luto, nem dor, "porque as primeiras coisas passaram" (Ap.21.4).   Quanto a isto é importante saber ainda:
O céu é um lugar real, literal. Este mundo é apenas a ante-sala do próximo. Esta existência é breve e incidental em relação às alturas eternas da próxima. O Coração, em seu anseio por Ter algo melhor apóia a conclusão que deve haver um lugar para nós, após a morte física e vinda do Salvador. Lendo João 14.2,3 vemos que por duas vezes Jesus chama o céu de lugar. Realmente o céu é um lugar literal, físico, é um lugar na presença de Deus, um lugar que Cristo nos está preparando.



O céu é um lugar espaçoso (Ap. 7.9). Após ser  criado o mundo em seis dias, com os animais, o firmamento e os seres humanos, e toda a sua criação é realmente maravilhosa e ultrapassa a todo entendimento. Qual não deve ser o lugar que ele vem preparando durante esses 2.000 anos? Os capítulos 21 e 22 do livro de Apocalipse falam das belezas desse lugar.


O céu fica em cima (At. 1.9; II Rs. 2.11; II Co. 12.2,4; Ap.21.3,4; 22.3-5). Sim, o céu reserva maravilhosas perspectivas para aqueles que foram lavados no precioso sangue de Cristo; e a verdade é que, onde quer que esteja o céu, está vinculado às bênçãos de Deus em seu filho, Jesus Cristo.
 
Outro texto que expus à análise diz: “ E foi expulso o grande dragão, a antiga Serpente, que se chama diabo e Satanás, e o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a Terra, e com ele, seus anjos”. Apoc. 12:9.
 
Após minuciosa análise, você escreveu...
“Mais uma vez a passagem não fala que o diabo é um anjo rebelde, mas sim que de alguma forma é a antiga serpente e Satanás. O céu é o mesmo céu anterior, ou seja simbólico de algo. Geralmente na Bíblia, céu representa uma posição elevada que alguém (estrelas, sol, lua) ocupam. Por isso mostra que essa entidade perde essa posição sendo atirada para a terra.”
 
Ao que parece aqui, chegamos num ponto em comum, pois concorda que a antiga Serpente é Satanás.
Em se tratando do “Céu”, como já vimos acima, é um lugar real. O Texto está claro em dizer que a guerra não começou na Terra, mas no céu. E a história do pecado é longa e tétrica. O pecado é um mistério para cuja presença nenhuma desculpa pode ser encontrada. Ele não se originou na Terra, mas começou no céu. Este Ser, embora o mais honrado de toda a hoste angélica, ele teve provavelmente grande inveja do Criador, e, cobiçando-lhe o trono, começou a semear a discórdia entre os anjos, provocando assim, a rebelião.


Talvez tenha permitido Deus que Ele demonstrasse a natureza de suas pretensões, a fim de demonstrar o efeito de suas propostas mudanças na Lei divina. A sua própria obra o deve condenar...O Universo todo deve ver o enganador desmascarado.


Este intruso, perdendo a batalha no céu, e reconhecendo que lhe resta pouco tempo, está agora concentrando todo o seu poderio contra os seguidores de Cristo. Ao profeta foi mostrado este inimigo de Deus e do homem perseguindo a mulher – a igreja. Até a morte de Cristo Satanás estava ansioso por reunir outros mundos em torno de si para rebelião contra Deus. Mas agora ele está derrotado, foi vencido na Cruz do Calvário.


Por tudo isto é que creio, amado.


Interessante ainda é o que Paulo diz...”Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12


Imagine agora...


Quem são esses seres aos quais, Paulo exorta-nos a lutar? Somente homens?


E quanto à expressão: “hostes espirituais”?


A que se referem esses lugares celestiais citados pelo apóstolo?


Ainda para entendimento, em 1 Timóteo 3:2,6, diz..” Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível ... não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo”.


Esta condenação diz respeito a quem?


Fique na paz!!!
avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qui 05 Jun 2014, 11:49

Gleison Elias escreveu:--

Sandro,

Mas Adão e Eva certamente não morreu quando comeu do fruto.

Não morreram logo é certamente, mas ao serem expulsos do
Éden e ficarem sem acesso à árvore da vida entraram no processo pelo qual todos nós passamos, que finalmente leva à morte, não?

"Então, disse o SENHOR Deus: Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal; assim, que não estenda a mão, e tome também da árvore da vida, e coma, e viva eternamente." (Génesis 3:22)

É melhor não fugirmos muito do assunto do tema que é provar que a Bíblia fala de anjos caídos, agora tenho que ver o que o amigo Clébio disse...

avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qui 05 Jun 2014, 13:16

Clébio escreveu:Sandro,
 
Bom dia,
 
Voltando à análise daquele texto que citei, a saber, II Cor. 11:14, e como foi demonstrado por ti duas interpretações ao mesmo texto, logo convém uma análise ao seu contexto.
 
Não é de se admirar que no v. 03, traz a seguinte informação: “ Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo”. (2 Cor. 11:13).
 
Primeiramente notamos aqui uma clara alusão de um Ser (serpente) agiu em desconformidade aos preceitos divinos. Isso é fato.

Sim, concordo que a serpente enganou Eva com a sua astúcia.

 
Se voltarmos ainda as páginas da nossa Bíblia, encontramos a atuação desse Ser e sendo ainda aplicada à Serpente uma profecia, senão vejamos: “Porei inimizade entrei ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gn 3:15).
 

Sim aqui mostra que haveria inimizade entre a descêndencia da serpente e o descendente da mulher.

Temos João chamando aos fariseus:

"Vendo ele, porém, que muitos fariseus e saduceus vinham ao batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos induziu a fugir da ira vindoura?"

Jesus também faz o mesmo:

"Raça de víboras, como podeis falar coisas boas, sendo maus? Porque a boca fala do que está cheio o coração."


Mas, ainda  2 Coríntios trata de outros assuntos, e é bem verdade que faz também claras referências a falsos mestres, comungo também dessa linha de raciocínio contigo, mas não menosprezando as referências ao Ser ali mencionado e nem os atos a ele atribuído.
 
Você diz...
Qualquer que seja a interpretação a passagem não diz que Satanás era um anjo, mas sim que se faz passar por um anjo/mensageiro de luz.
 
 
Como bem asseverou, realmente ali não diz que seja um anjo, mas que se faz passar por um anjo. Concordo!
 
Mas aí vem a dúvida: Por que passaria ele então a transformar em anjo de luz? Para quê? Por que estaria assumindo essa forma?
 
O interessante é destacar que quando se transforma em algo, é sempre com atribuições ao mal, conforme a transformação verificada no Éden.

Não esqueça que o que temos como "anjo" de luz, é no original "mensageiro de luz". E no Éden não vemos tansformação nenhuma.

Depois você explica alguns símbolos em Apócalipse segundo a sua igreja. Sem entrar em detalhes se concordo ou não com a interpretação estou vendo que está dizendo que a mulher é um símbolo, certamente a igreja não está no céu literamente.

Em Daniel 8:3,9,10

"Então, levantei os olhos e vi, e eis que, diante do rio, estava um carneiro, o qual tinha dois chifres, e os dois chifres eram altos, mas um, mais alto do que o outro; e o mais alto subiu por último.

De um dos chifres saiu um chifre pequeno e se tornou muito forte para o sul, para o oriente e para a terra gloriosa. 10 Cresceu até atingir o exército dos céus; a alguns do exército e das estrelas lançou por terra e os pisou"

Aqui com linguagem profética similar fala de um carneiro onde um dos seus chifres chegou ao céu e lançou à terra alguns do exército e estrelas que lá estavam e os pisou.

Temos ainda Daniel 12:3 fala dos crentes " Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas, sempre e eternamente"

Isso mostra como na Bíblia esses corpos celestes, e céu geralmente são símbolos de posição exaltada/priviligiada, poder. Mais à frente falo mais disso.

A lua geralmente está associada à religião. O sol ao Messias.

Em relação ao dragão, como eu já havia mencionado só pode ser um poder político usando a interpretação dada pelo anjo. Em Daniel também temos o mesmo tipo de profecia, com animais. A última besta em Daniel parece ser esse mesmo dragão:

"Depois disto, eu continuava olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível, espantoso e sobremodo forte, o qual tinha grandes dentes de ferro; ele devorava, e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele e tinha dez chifres. (Daniel 7:7)

Apocalipse 12:3

"Viu-se, também, outro sinal no céu, e eis um dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas."

(Clébio, nota que diz que o dragão é um sinal...)

A semelhança dessas bestas é significante, especialmente dado o contexto da visão de Daniel, onde fala de impérios sendo representados por animais/bestas:

"Quanto a mim, Daniel, o meu espírito foi alarmado dentro de mim, e as visões da minha cabeça me perturbaram.
16 Cheguei-me a um dos que estavam perto e lhe pedi a verdade acerca de tudo isto. Assim, ele me disse e me fez saber a interpretação das coisas:
17 Estes grandes animais, que são quatro, são quatro reis que se levantarão da terra...
23 Então, ele disse: O quarto animal será um quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços."(Daniel 7:15,16,17,23)

Essa interpretação tem sido mantida por muitos estudantes Bíblicos por séculos, veja o comentário de Matthew Poole

"E eis um grande dragão vermelho: veja Apo. 12:7,9,17. Os interpretes mais judiciosos, pelo grande dragão vermelho, entendem os imperadores romanos que primeiro perseguiram a igreja Cristã, dos quais Cláudio foi o primeiro; no entanto alguns entendem isso como o diabo, a antiga serpente; mas a maioria e os melhores intérpretes entendem isso como sendo os imperadores pagãos, pelos quais o diabo fez o seu trabalho, chamado grande dragão, devido à vastidão do seu império; um dragão vermelho, pela sua crueldade contra os cristãos." (Matthew Poole, "Comentário do Novo Testamento", Nota sobre Apocalipse 12:3,  ano 1685).

Depois você fala da Lua e do Éden..

Continuamos sem qualquer informação ainda que o diabo é um anjo caído.


 
Sandro escreveu...
O Céu certamente não é literal...
Uma das coisas de grande importância que podemos assinalar é que o Céu é onde Deus está. Em termos do livro de Apocalipse, "Deus habitará com os homens" (Ap. 21.3). O ponto alto da história bíblica da redenção de Deus é "a cidade santa", Deus com seu povo. Em tal comunidade, Deus enxugará toda lágrima e não haverá nem pranto, nem luto, nem dor, "porque as primeiras coisas passaram" (Ap.21.4).   Quanto a isto é importante saber ainda:
O céu é um lugar real, literal. Este mundo é apenas a ante-sala do próximo. Esta existência é breve e incidental em relação às alturas eternas da próxima. O Coração, em seu anseio por Ter algo melhor apóia a conclusão que deve haver um lugar para nós, após a morte física e vinda do Salvador. Lendo João 14.2,3 vemos que por duas vezes Jesus chama o céu de lugar. Realmente o céu é um lugar literal, físico, é um lugar na presença de Deus, um lugar que Cristo nos está preparando.

Fazendo afirmações não quer dizer que torne as coisas realidade. Ainda não fala de o diabo e demónios como anjos caídos.


Ao que parece aqui, chegamos num ponto em comum, pois concorda que a antiga Serpente é Satanás.

Nunca neguei que acredito no que fala a Bíblia, ela fala em Satanás, em serpente, em diabo e em demónios. Agora a interpretação dessas coisas não é mesma que a sua.


Em se tratando do “Céu”, como já vimos acima, é um lugar real. O Texto está claro em dizer que a guerra não começou na Terra, mas no céu. E a história do pecado é longa e tétrica. O pecado é um mistério para cuja presença nenhuma desculpa pode ser encontrada. Ele não se originou na Terra, mas começou no céu. Este Ser, embora o mais honrado de toda a hoste angélica, ele teve provavelmente grande inveja do Criador, e, cobiçando-lhe o trono, começou a semear a discórdia entre os anjos, provocando assim, a rebelião.

Lá não menciona que satanás teve inveja, cobiçar trono, semerar discórdia entre anjos para provocar rebelião, fala numa guerra entre Miguel e Satanás e seus anjos, que no original é uma guerra entre Miguel e Satanás e seus mensageiros nesse céu que não é literal. Não diz que Satanás é um anjo mas que tem mensageiros, não demónios.

Eu mostrei como o anjo interpretou essas coisas como "cabeças, chifres etc." mostra que o dragão não é o que você está dizendo.O céu não é literal porque não contem essas coisas, para além do mais a mulher dá à luz nesse céu, mas o filho dela ainda é arrebatado para Deus. Ou seja esse céu onde está a mulher e o dragão tentando devorar o filho dela não é o mesmo lugar. Quem é o filho da mulher? ele nasceu dela no céu?


Por tudo isto é que creio, amado.

Mas você não acabou respondendo à questão fulcral, onde diz que o diabo e satanás e seus demónios foram anjos e pecaram?


Interessante ainda é o que Paulo diz...”Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12

Imagine agora...

Quem são esses seres aos quais, Paulo exorta-nos a lutar? Somente homens?

E quanto à expressão: “hostes espirituais”?

A que se referem esses lugares celestiais citados pelo apóstolo?

Concordo plenamente com o que Paulo diz, essa gente que tem poder, seja político seja religioso encontram-se em lugares celestiais, ou seja segundo as Escrituras, em posições de poder. Existem dois grupos nos lugares celestiais.

Aí diz que não é contra carne e sangue porque nós os crentes não andamos matando os outros com espada literal, no versículo anterior fala da armadura de Deus, e também Paulo em suas cartas como você Clébio já citou anteriormente em outra resposta a nossa arma é a Palavra de Deus. A guerra é a nivel intelectual/espíritual. Os príncipes das trevas são esses grandes neste mundo(século) que são caluniadores e adversários que são falsas igrejas de Cristo etc.

Paulo também diz que os crentes estão em Efésios 1:3 "Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo"

e Efésios 2:6 "e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus;"

Os crentes agora estão nas regiões celestiais.

Em lugar algum aqui fala de anjos, ou satanás ou diabo ou demónios.


Ainda para entendimento, em 1 Timóteo 3:2,6, diz..” Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível ... não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo”.

Esta condenação diz respeito a quem?
Aqui fala que o bisbo não seja soberbo (orgulhoso) porque senão terá o mesmo fim que o diabo.

Vejamos de onde surge a soberba:

Jesus disse:

"Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios,
22 a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura." (Marcos 7:21,22)

"15 Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele;
16 porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo." (1 João 2:16)

Estas passagens dizem claramente que esses sentimentos surgem do coração e/ou do mundo não que um anjo caído sentiu isso e anda fazendo os outros sentirem o mesmo.

Como eu já falei acima eu não nego a existência do diabo, Satanás, mas não acredito que seja um anjo de Deus que pecou.

Já agora olhando 2 Coríntios 12:7


Não entendo segundo a sua crença, que o diabo e satanás é um anjo caído colocando todas as forças para a destruição dos crentes, aqui envia um anjo seu (mensageiro) para prevenir que Paulo se ensoberbecesse e no final não caísse na condenação do diabo. Clébio como é que um anjo de Satanás(usando o mesmo tipo de tradução que aparece em outras passagem, estranho que aqui não tenham traduzido aggelos como anjo mas como mensageiro) pode fazer isso?

Original: "καὶ τῇ ὑπερβολῇ τῶν ἀποκαλύψεων. διὸ ἵνα μὴ ὑπεραίρωμαι, ἐδόθη μοι σκόλοψ τῇ σαρκί, ἄγγελος Σατανᾶ[anjo/mensageiro de Satanás], ἵνα με κολαφίζῃ, ἵνα μὴ ὑπεραίρωμαι."

Português " E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte."


Fique na paz!!!

Paz de Cristo.
avatar
Sandro Plácido
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 50
Idade : 44
Cidade/Estado : Algarve
Religião : Cristã
Igreja : Cristadelfiana
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 06/12/2013

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Sandro Plácido em Qui 05 Jun 2014, 13:26

Clébio, quando ocorreu a queda de Satanás e seus seguidores?

Conteúdo patrocinado

Re: A Bíblia realmente fala de anjos caídos?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sex 25 Maio 2018, 02:08