F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Compartilhe

Rondinelly
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Número de Mensagens : 312
Data de inscrição : 11/02/2009

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Rondinelly em Qui 26 Fev 2009, 18:31

Mas não são línguas que deve ser ouvidas, entendidas e interpretadas por outros na assembléia?

Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Número de Mensagens : 710
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Devaney em Qui 26 Fev 2009, 18:44

Rondinelly, para ordem no culto, vc está 100% com razão.

Mas o crente não precisa somente orar em línguas na Igreja. Pode fazê-lo em casa, pois a sensação do falar em línguas é uma experiência também com cunho espiritual, uma comunhão individual que não precisa acontecer somente na presença de ouvintes.

Quem tem a experiência, sabe o que Paulo quis dizer quando escreveu que "o que fala em línguas, edifica-se a si mesmo".

Nós tínhamos um Pastor em nossa congregação que vivia dizendo que não conseguia passar um dia sem falar em mistérios com Deus, fechado em seu quarto. Ele dizia que isso o fortalecia muito... e nós sabíamos ser verdade, quando ele abria a boca para pregar a Palavra.

Ele faleceu há 7 anos atrás e não tem quem não sinta saudades do nosso querido Pastor "Pegê", como nós o chamávamos.

José Herminio
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 147
Idade : 57
Cidade/Estado : Curitiba/Paraná
Religião : Cristão
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 134
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por José Herminio em Qui 26 Fev 2009, 18:56

Ronaldo escreveu:
Le Fernandes escreveu:Se o falar em línguas estranhas ...

E ai amigão tudo bem contigo ?

Só uma obs, o termo 'estranhas' não está nos originais.


Mais uma observação! Qual o problema de "estranhas" não estarem nos originais se não acrescenta algo diferente?
Se não fosse "estranhas" por que o apóstolo Paulo orienta a igreja aos que falam em buscar a interpretação da parte de Deus? (1Co 14:13).
Se fosse línguas tradicionais da época, era só chamar os oriundos das línguas em questão, estava resolvido o problema.

[]s.


Última edição por José Herminio em Qui 26 Fev 2009, 19:39, editado 1 vez(es)
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 30
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Bruno em Qui 26 Fev 2009, 19:22

Tenho umas dúvidas...sobre línguas. Desculpe se parecer meio agressivo, é porque minha indignação aumenta a cada semana, durante 10 anos de Bléia.

1- Por que não há diversidade nessas "línguas", é sempre tudo bem parecido, dá até pra fazer um dicionário, de tão pouca criatividade do povo. Cada dia que procuro comparar, mais vejo que a maioria está imitando. E qual o critério para vocês descobrirem quando não é falso? Porque vocês admitem que há os falsos também.

2- Por que é sempre repetitivo? Por exemplo: Barabá Barabá Barabá, ou Barabá Barabé Barabi Barabó Barabá Barabé Barabi Barabó Barabá Barabé Barabi Barabó.

3- Por que apesar de ser repetivo, a "interpretação" é uma frase completa e sempre fala a mesma coisa? Por exemplo: Volta de Cristo e Promessas de Benção?

4- Pra que falar em línguas pregando?

5- Por que de todos os dons do Espírito, só línguas que se vê hoje em dia e por ser o menor dos dons, por que é tão "comum"? Desculpe o que eu vou dizer agora: É fácil imitar língua estranha falando qualquer algarávia, que nem criancinha brincando, mas é muito difícil imitar uma cura e maravilhas. Apesar de qualquer Janes e Jambres, conseguir algumas.

6- Se línguas é sinal para infiéis, pra que falar na igreja?

7- Por que ficamos +/- 1600 anos para falar em línguas novamente? Afinal, um dom tão "importante" não poderia ser extinto temporariamente.


Conforme for surgindo MAIS dúvidas, vou perguntando, não precisa ser coerente pra responder, pq não são os primeiros a me responder isto, porém ninguém me explicou suficientemente bem que eu entenda e compreenda. Pode responder qualquer coisa, só gostaria pelo menos de alguma "linha de raciocínio".
avatar
Le Fernandes
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 87
Idade : 40
Cidade/Estado : Rio de Janeiro / São Paulo
Religião : Protestante com referências Judaicas
Igreja : IEQ / AD
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 6
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Le Fernandes em Qui 26 Fev 2009, 19:34

Olá meu amigo Ronaldo... Comigo tá tudo tranquilo, e com vc? Espero que sim... A questão levantada por vc é sim relevante... Vamos aguardar...

Caro Bruno, você é muito inteligente !!! Vamos aguardar as respostas às suas dúvidas...

Também noto uma coisa muito comum nas igrejas... Geralmente quem fala em "línguas estranhas" tem um status diferenciado de quem não fala... Tipo: O irmão que "fala em línguas" é mais santo e ungido do que aquele que não fala. Sempre ouvi que o batismo com o E.S. serve para capacitar o indivíduo para o serviço cristão, mas sinceramente não acredito, pois já ví muitos que não falam "línguas estranhas" serem bem mais capacitados, preparados e usados por YHWH do que muitos que falam em línguas e ficam esquentando o banco da igreja (levando em conta que o batismo com o E.S. obrigatoriamente é evidenciado com o falar em línguas).

Shalom !!!
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 51
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Devaney em Qui 26 Fev 2009, 19:40

Bruno escreveu:Tenho umas dúvidas...sobre línguas. Desculpe se parecer meio agressivo, é porque minha indignação aumenta a cada semana, durante 10 anos de Bléia.

Bruno, o que o seu pastor respondeu a você, quando fez essas perguntas a ele ?

Outra pergunta... por que ainda está na Assembléia se vc se demonstra sempre TÃO descontente ? Garanto que perto de você existem dezenas de outras denominações que não cometem esses "erros" ou sequer acreditam em línguas estranhas...

Eu digo isso porque eu estava amargurado na Igreja Metodista justamente pela falta de manifestações do Espírito Santo e estou contente onde estou.

Pense seriamente. Talvez o seu chamado não seja onde vc está.

Pr. Francisco Belvedere
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 459
Idade : 35
Cidade/Estado : PR
Religião : Protestante
Igreja : Metodista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 285
Data de inscrição : 03/12/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Pr. Francisco Belvedere em Qui 26 Fev 2009, 19:50

.
Devaney,

Nem toda as igrejas metodistas tem o tipo de problema que vc enfrentou... A Igreja metodista não´é cessassionista como os Batistas. O problema é que tinha perdido algumas coisas. Hoje a coisa ta muito diferente.



Bruno,

4- Pra que falar em línguas pregando?
Muita gente gosta de se aparecer e demonstrar "poder". É um jeito que uns tem de dizer: "Ei, eu sou muito espiritual!!!"

5- Por que de todos os dons do Espírito, só línguas que se vê hoje em dia e por ser o menor dos dons, por que é tão "comum"? Desculpe o que eu vou dizer agora: É fácil imitar língua estranha falando qualquer algarávia, que nem criancinha brincando, mas é muito difícil imitar uma cura e maravilhas. Apesar de qualquer Janes e Jambres, conseguir algumas.
Não é bem assim, não. Eu ja vi manifestações de dons de interpretação, Profecia, conheço gente que ja foi usando em discernimento de espiritos. Existem outros dons se manifestando sim.

6- Se línguas é sinal para infiéis, pra que falar na igreja?

Alguns por enpolgação ou falta de instrução, outros por vaidade mesmo. Mas entend uma coisa. Dizer que linguas é sinal para os infiéis, tem haver com o misticismo dos gregos e a busca de sinais dos Judeus. Para os infiéis esse tipo de coisa era o principal, mas para o crente maduro, a profecia (Palavra proferida por Deus) era mais importante.

7- Por que ficamos +/- 1600 anos para falar em línguas novamente? Afinal, um dom tão "importante" não poderia ser extinto temporariamente.

Ai é que vc se engana. Se você fizer uma pesquisa detalhada vai ver que a manifestação de linguas, se deu em varios grupos "marginais" inclusive na reforma protestante. No avivamento do Século XVIII existe relatos da manifestação. John Wesley chaga a falar sobre isso e dizer que os dons não desapareceram por terem perdido a imporntância, mas por causa da apostasia da Igreja. Inclusive manifestações de linguas estranhas são relatadas no movimento adventista do século XIX.
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 30
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Bruno em Qui 26 Fev 2009, 19:57

Devaney, mudamos tanto de pastor(outra coisa que abomino na Bleia) que não consigo perguntar a eles a tempo de confiança, pergunto em aulas quando o assunto é esse na EBD mesmo, questiono mesmo.

Quanto a mudar de igreja, só mudarei se algum pastor tiver coragem de me expulsar de lá. A Assembleia é uma boa igreja, apesar destes erros secundários, tem deixado a desejar na Palavra ultimamente, dando muito espaço para grupos de louvores e deixando a Palavra de escanteio, já ouvi algumas vezes, que poderiamos ir embora antes da Palavra, pois já estavamos satisfeitos, segundo o discursor, só porque teve uns "bararabarás da vida" durante os louvores.

Porém fui chamado para esta lacuna, exortar o povo a buscar a Palavra, por isso não me importo muito se eu tiver que um dia pregar contra exageros anti-bíblicos. Um dia posto minha conversão, e mostro do que estou falando. Não me preocupo com a línguas, o que eu me preocupo é com a falta de objetivo nos cultos, Palavra, Santidade, etc...que não é sentida, o que me irrita, é o falso avivamento, pois engoda os ouvidos e sufoca o coração.
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 51
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Devaney em Qui 26 Fev 2009, 20:00

Seja qual for sua posição, está ali para ajudar e não para se sentir magoado, triste, sufocado. Pense nisso.
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 30
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Bruno em Qui 26 Fev 2009, 20:02

Caro Wesleyano, me permite chamar assim?rs

Sobre o Ítem 7, vc já ouviu sobre estes testemunhos:

O Testemunho da Igreja Cristã Histórica sobre dons até 1890 e após:


1 - João Crisóstomo (347-407 d.C.)
“Este lugar está completamente obscuro. A obscuridade provém de nossa ignorância dos actos referidos e por sua cessação, sendo que esse então ocorriam, mas agora não mais acontecem”.
Fonte: Homilias sobre a 1ª aos corintios, vol XII, os pais niceno e pós niceno. Hom 29:2.

2 - Agostinho (354-430 d.C.)
“No período primitivo, o Espírito Santo caiu sobre quem cria e falava em línguas que jamais havia aprendido. O Espírito concedia-lhes que falassem, e estes eram sinais adaptados a época, pois precisava haver aquela evidência do Espírito Santo em todas as línguas, e mostrar que o evangelho de Deus havia de correr através de todas as línguas sobre a terra. Aquele facto foi feito com evidência e passou”.
Fonte: Dez homilias sobre 1ª epístola de João, vol. VII. Os pais nicenos/pós niceno, VI. 10.

3 - Thomas Watson (1660)
“Com plena certeza, há tanta necessidade de ordenação hoje, como nos tempos de Cristo e dos apóstolos; naquele tempo havia dons extraordinários nas igrejas que agora cessaram”.
Fonte: As bem-aventuranças, 14.

4 - John Owen (1679)
"Os dons que em sua natureza excedem a plenitude do poder de todas as nossas faculdades, essa dispensação cessou e onde quer que alguém hoje tenha pretensão ao mesmo, tal pretensão justamente pode ser suspeita como engano farsante".
Fonte: Obras, IV, 518.

5 - Matthew Henry (1712)
"O dom de línguas foi o novo produto do espírito de profecia e era concedido por uma razão particular, para que as oportunidades judia sendo removidas, todas as nações puderam ser incluídas na igreja. Estes e outros dons de profecia sendo um sinal há muito tempo cessado e foram postos de lado e não temos motivo algum para esperar reavive-los, ao contrário se nos manda chamar a Escritura a palavra profética mais segura que vozes do céu, e ela que nos exortam a estar atentos a esquadrinhá-la e retê-las" - 2ª Pedro 1.19.
Fonte: Prefácio ao vol IV de sua exposição do AT e NT VII.

6 - Jonathan Edwards (1738)
"Dos dons extraordinários foram dados para por fundamento e estabelecer a igreja no mundo. Mas assim que o Cânon da Escritura ficou completo, e a igreja plenamente fundada e estabelecida, estes dons extraordinários cessaram".
Fonte: A caridade e seus frutos, 29.

7 - George Whitefield (1825)
a. Devido ao seu frequente testemunho sobre a Pessoa e poder do Espírito, foi acusado de entusiasta por parte de alguns líderes eclesiásticos que falaram que ele tinha revivido os dons apostólicos. Esta crença foi negada firmemente por Whitefield que disse que nunca pretendeu ter estas operações extraordinárias de operar milagres ou de falar em línguas. b. Ele culpa o bispo e clero de Lichfield e Coventry por não distinguir a obra ordinária e extraordinária do Espírito e por considerarem que ambas haviam cessado. Dizia que a habitação interior do Espírito, seu testemunho interno, a pregação e a oração pelo Espírito, estava entre os dons carismáticos, os dons milagrosos conferidos a igreja primitiva e os quais a muito tempo deixaram de ser. c. Os amigos de Whitefield também o defenderam contra a mesma acusação. José Smith, pastor congregacional da Carolina do Sul, escreveu sobre o evangelista inglês: "ele renunciou a toda pretensão de possuir os extraordinários poderes e sinais dos apóstolos, peculiares a era da inspiração e que desapareceram com eles".
Fonte: Resposta ao bispo de Londres, Obras IV, 9. Segunda carta ao bispo de Londres, Obras IV, 167. Em prefácio aos sermões sobre assuntos importantes, George Whitefield, 1825, XXV.

8 - James Buchanan (1843)
"Os dons milagrosos do Espírito há muito que foram retirados. Foram usados para cumprir um propósito temporal, como um andaime que Deus usou para construção do templo espiritual. Quando o andaime não teve mais necessidade foi removido, mas o templo permanece em pé e é habitado pelo Espírito de Deus - 1 Co 3.16".
Fonte: O oficio e obra do Espírito Santo, 34.

9 - Charles Haddon Spurgeon (1871)
a. Em uma quantidade de sermões testifica este mesmo ponto de vista. "Os apóstolos pregavam e foram homens escolhidos como testemunhas, porque pessoalmente havia visto o Salvador, um ofício que necessariamente desaparece apropriadamente, porque o poder milagroso também se retira". b. Não podemos esperar nem necessitamos desejar os milagres que acompanharam o dom do Espírito. As obras do Espírito que hoje são concedidos a igreja de Deus são em todo sentido tão valiosos como aqueles dons milagrosos anteriores que desapareceu da nossa presença. A obra do Espírito Santo mediante o qual os homens recebem vida de sua morte em pecado, não é inferior ao poder que capacitou os homens a falar em línguas".
Fonte: O Púlpito do Tabernáculo Metropolitano, 1871, Vol. 17, 178. O Púlpito do Tabernáculo Metropolitano, 1881, Vol. 27, 521. O Púlpito do Tabernáculo Metropolitano, 1884, Vol. 30, 386 ss.

10 - Roberto L. Dabney (1876)
"Logo que a igreja primitiva foi estabelecida não existia a mesma necessidade de sinais sobrenaturais, e Deus o extinguiu. Desde então, a igreja tenta conquistar a fé do mundo mediante o exemplo e ensinamento somente, vigorizada pela iluminação do Espírito Santo".
Fonte: A pregação, um erro, Discussões Evangélicas e Teológicas, Vol. 2, 236-237.

11 - George Smeaton (1882)
"Os dons sobrenaturais extraordinários foram temporais e haviam de desaparecer quando a igreja estivesse fundada e o Cânon inspirado da Escritura concluído; porque eles foram uma prova externa de uma inspiração interna".
Fonte: A doutrina do Espírito Santo, 51.

12 - Abraham Kuyer (1888)
"Muitos dos dons carismáticos concedidos a igreja apostólica não são de utilidade para a igreja de hoje".
Fonte: A obra do Espírito Santo, 182, ed. ingl. 1900.

13 - W.G.T. Shedd (1888)
"Os sobrenaturais dons de inspiração e milagres que possuíram os apóstolos não foram continuados para seus sucessores ministeriais, posto que não era necessário. Todas as doutrinas do cristianismo haviam sido reveladas aos apóstolos e tinham sido entregues a igreja de forma escrita. Não havia mais necessidade de posterior inspiração infalível. E as credenciais e autoridade dadas aos primeiros pregadores do cristianismo em atos milagrosos não requerem repetição continua de uma era a outra. Uma era de milagres devidamente autenticada é suficiente para estabelecer a origem divina do evangelho".
Fonte: Teologia Dogmática, Vol II, 369.


A partir daqui o Pentecostalismo já estava fundado...então é até "suspeito" as citações, podendo ser acusada de ataque direto ao Movimento.


14 - Benjamin B. Warfield (1918)
"Estes dons foram autenticação dos apóstolos, constituem em parte as credenciais dos apóstolos em sua qualidade de agentes autorizados de Deus na colocação do fundamento da igreja. Sua função limitou a igreja apostólica, de maneira distintiva e necessariamente desapareceu com ela". Fonte: Milagres falsos, 6.

15 - Arthur W. Pink (1970)
"Assim como houve muitos ofícios extraordinários (apóstolos e profetas) no começo da era cristã e, também muitos dons extraordinários, como não houve sucessores designados, os dons cessaram porque dependiam dos ofícios. Não teremos mais os apóstolos como agentes e, por conseguinte os dons sobrenaturais e comunicação dos quais constituem parte essencial dos sinais dos apóstolos".
Fonte: O Espírito Santo, 179.

16 - Walter J. Chantry (1990)
"Segundo Paulo os dons espirituais cessariam no futuro; todavia, quando João escreveu Apocalipse, os dons se tornaram coisas do passado".
Fonte: Sinais dos Apóstolos, cap. 5, pg 65.



Para encerrar, que compartilhar um capitulo da confissão de Fé Westminster,

( Confissão de Fé de Westminster ) Capitulo 1 da Escritura Sagrada

I. Ainda que a luz da natureza e as obras da criação e da providência de tal modo manifestem a bondade, a sabedoria e o poder de Deus, que os homens ficam inescusáveis, contudo não são suficientes para dar aquele conhecimento de Deus e da sua vontade necessário para a salvação; por isso foi o Senhor servido, em diversos tempos e diferentes modos, revelar-se e declarar à sua Igreja aquela sua vontade; e depois, para melhor preservação e propagação da verdade, para o mais seguro estabelecimento e conforto da Igreja contra a corrupção da carne e malícia de Satanás e do mundo, foi igualmente servido fazê-la escrever toda. Isto torna indispensável a Escritura Sagrada, tendo cessado aqueles antigos modos de revelar Deus a sua vontade ao seu povo.


Referências - Sal. 19: 1-4; Rom. 1: 32, e 2: 1, e 1: 19-20, e 2: 14-15; I Cor. 1:21, e 2:13-14; Heb. 1:1-2; Luc. 1:3-4; Rom. 15:4; Mat. 4:4, 7, 10; Isa. 8: 20; I Tim. 3: I5; II Pedro 1: 19.

José Herminio
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 147
Idade : 57
Cidade/Estado : Curitiba/Paraná
Religião : Cristão
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 134
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por José Herminio em Qui 26 Fev 2009, 20:12

Bruno,


Tenho umas dúvidas...sobre línguas. Desculpe se parecer meio agressivo, é porque minha indignação aumenta a cada semana, durante 10 anos de Bléia.

- Eu também tenho duvidas, mas não de que o dom seja original e se faz necessário e de que tenha cessado .


1- Por que não há diversidade nessas "línguas", é sempre tudo bem parecido, dá até pra fazer um dicionário, de tão pouca criatividade do povo. Cada dia que procuro comparar, mais vejo que a maioria está imitando. E qual o critério para vocês descobrirem quando não é falso? Porque vocês admitem que há os falsos também.

Concordo que não pode ser sempre o mesmo, mas eu já ouvi adversidade de línguas.


2- Por que é sempre repetitivo? Por exemplo: Barabá Barabá Barabá, ou Barabá Barabé Barabi Barabó Barabá Barabé Barabi Barabó Barabá Barabé Barabi Barabó.

Como eu disse antes nem sempre é repetitivo, mesmo havendo quem abuse banalizando, isso não é confirmação de que não exista o dom.


3- Por que apesar de ser repetivo, a "interpretação" é uma frase completa e sempre fala a mesma coisa? Por exemplo: Volta de Cristo e Promessas de Benção?

Nem sempre é assim nos últimos tempos na minha igreja não há manifestação a todo tempo do dom de línguas!


4- Pra que falar em línguas pregando?

Eu também não vejo necessidade, se o pregador está falando da maior profecia que é palavra de Deus. Talvez o pregador queira outorgar autoridade na pregação.


5- Por que de todos os dons do Espírito, só línguas que se vê hoje em dia e por ser o menor dos dons, por que é tão "comum"? Desculpe o que eu vou dizer agora: É fácil imitar língua estranha falando qualquer algarávia, que nem criancinha brincando, mas é muito difícil imitar uma cura e maravilhas. Apesar de qualquer Janes e Jambres, conseguir algumas.

Entendo a indignação, pois parece tão banal para algumas pessoas não vem o perigo nisso, mas não podemos sufocar o dom por causa dos maus exemplos.
Eu já vi outros dons no meio da igreja, na tradicional batista, por exemplo eu conheço um pastor batista, que prega com muita sabedoria a palavra de Deus . O dom da ciência da palavra


6- Se línguas é sinal para infiéis, pra que falar na igreja?

As línguas não são somente um sinal para os infiéis, também é admoestação para igreja desde que haja interpretes, edificação pessoal e também o que fala línguas fala com Deus.


7- Por que ficamos +/- 1600 anos para falar em línguas novamente? Afinal, um dom tão "importante" não poderia ser extinto temporariamente.

Você pode firmar sem medo de errar que a igreja ficou +/- 1600 anos sem falar línguas? Falando por mim, eu não posso afirmar.

[]s.
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 30
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Bruno em Qui 26 Fev 2009, 20:28

José,

2- Não acho que não existe, mas não acho que qualquer algarávia é o genuíno dom.

4- Já ouvi heresias, será que D-us autenticou? E pior, os mesmos fazem isso 80% das vezes! Isso quando não começa a dizer: Deixa eu profetizar aqui, e fala um monte de coisas óbvias, por exemplo: Vc não será mais o mesmo, D-us tá aqui, tou sentido ele aqui e vc, tá sentindo também? Então glorifique e barabarabara...etc

6- Ok, mas NUNCA VI INTERPRETE e quando há, remete a pergunta 3.

7- Não, não sou tão pretenso. Porém não entendo o surgimento do movimento tanto tempo depois. Digo lógicamente.

Pr. Francisco Belvedere
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 459
Idade : 35
Cidade/Estado : PR
Religião : Protestante
Igreja : Metodista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 285
Data de inscrição : 03/12/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Pr. Francisco Belvedere em Qui 26 Fev 2009, 20:48

Bruno escreveu:Caro Wesleyano, me permite chamar assim?rs


Não são testemunhos. São opiniões. Visões. Va pesquisar outras fontes. Mas como disse, são grupos marginais. Grupos que não eram muito bem vistos ou bem vindos na igreja.


Última edição por Devaney em Qui 26 Fev 2009, 20:50, editado 1 vez(es) (Razão : (retirada da mensagem quotada inteira do Bruno))
avatar
Monica P.
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 121
Idade : 38
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Evangélica
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 75
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Monica P. em Sex 27 Fev 2009, 09:26

Sabe que eu conheci uma moça hoje Evangelica, a muiiitos anos atrás foi convidada por uma amiga Cristã para ir na sua congregação lá ela para tirar um sarro das pessoas presentes simulou o batismo no ES e o falar em linguas estranhas, a congregação em peso agraciou-a por isso "Olha a menina foi batizada em Espirito, está falando em linguas" e por dentro a pessoa morrendo de rir da ignorancia dos irmãos, não havia quem interpretasse por que se houvesse saberia que não se tratava realmente de Batismo do ES. Eu não dúvido do dom de linguas mas penso que as pessoas poderiam ter mais respeito com o dom que tem, quando não ha quem interprete o lugar mais apropriado para tal dom é o quarto da pessoa.

José Herminio
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 147
Idade : 57
Cidade/Estado : Curitiba/Paraná
Religião : Cristão
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 134
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por José Herminio em Sex 27 Fev 2009, 10:53

Bruno,


4- Eu também já ouvi, mas há orientação na bíblia a respeito de julgar e reter o que for bom.

7- Eu também não entendo, mas não posso desclassificar o movimento como alguns fazem dizendo não ser de Deus.

[]s.
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 30
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Bruno em Sab 28 Fev 2009, 00:05

José,

Eu também não posso fazer nada, mas critico(questiono) para não ser pego contra minha consciência.
avatar
Iná
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 34
Idade : 50
Cidade/Estado : CascavelPr
Religião : evangelica
Igreja : presbiteriana
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 17
Data de inscrição : 12/12/2008

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Iná em Sab 28 Fev 2009, 00:33

Irmãos vou tentar colaborar ou ajudar a esclarecer contando a minha xperiência:
Logo que entreguei a minha vida para Jesus ele milagrosamente me curou de um problema emocional, a minha vida com Jesus começou de forma muito intensa, e eu o buscava de toda minha alma, entendimento e coração, e tinha uma sede muito grande pela Palavra. Depois de 2 ou 3 meses mais ou menos tive um experiência sem igual, impossível de descrever, em resposta a uma provação que tive durante áquela semana,no culto de domingo enquanto eu prestava o meu louvor e a minha adoração, o Senhor me batizou "com fogo e com o Espirto Santo",nçao falei em línguas, mas de meus lábios surgiram um cântico como de anjos (e eu canto mal, humanamente falando),minhas mãos ficaram paralizadas de uma unção muito forte e estavo quente como fogo, segundo um irmão que me tocou e orou por mim naquele momento.Passado algum tempo este mesmo irmão orand por mim disse que Deus queria me dar o dom de línguas.Esta experiência( o louvor como de anjos) tem se repetido muitas vezes,e eu sinto que Deus deseja nos dar mais e mais, mas muitas vezes deixamos de nos entregar totalmente à sua graça.Já tive uma vez uma experiência de cura também, quando senti novamente a unção em minhas mãos.Já vi em várias igrejas pessoas "falando" em línguas e me pareceu uma coisa forçada,mas assim como existe os falsos dons, existem os verdadeiros, e quando é de Deus é inconfundivel e muito edificante.
Que o Senhor nos abençõe!

Conteúdo patrocinado

Re: Batismo com o Espírito Santo e falar novas línguas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Dom 23 Jul 2017, 05:49