F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Compartilhe

Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1129
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Sex 28 Abr 2017, 15:41


Edison diz:

Vou repetir o que eu disse: No arrebatamento da Igreja-Noiva, Jesus não desce na terra. A Igreja sobe da terra (ressuscitados e transformados) para encontrar o Senhor nos ares, diz a Bíblia.

Ernesto responde;

Tu não respondestes a minha pergunta; Eu perguntei em que passagem da bíblia vc. encontra a diferença entre a igreja e a noiva de Cristo.
É do conhecimento de todos que Cristo vem nas nuvens, e vai receber a igreja, ou noiva, arrebatada nos ares, podes aplicar o nome que quiser, mas, os que sobem ao céu são todos os salvos, e os salvos são da terra. são os mortos ressuscitados e os vivos transformados, querer forçar dois grupos de salvos é forçar aquilo que não está escrito, leia comigo o verso de I Tess 4:17, depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatado juntamente, juntamente, juntamente com eles nas nuvens, Quem são ¨eles¨do verso? São os ressuscitados, ambos os grupos os ressuscitados e os vivos transformados sobem ao céu, e no grupo dos mortos ressuscitados estão incluídos os salvos do antigo testamento. Hebreus 11:39-40, E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, Provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados. Esta passagem prova que os salvos do antigo testamento ainda estão descansando nos túmulos esperando até o dia da ressurreição, para juntos com os do novo testamento serem ressuscitados. e depois não há mais ninguém que se salve,

Quanto ao simbolismo que tu sempre apresentas, são argumentos para justificar algo que a bíblia não diz.

Abraços Ernesto

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 2029
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Sex 28 Abr 2017, 17:52

Ernesto, te mostrei isso claramente na leitura das cartas das sete igrejas.

Se você não consegue ver duas igrejas na terra, te falta Luz. Me perdoe.

Tem virgem prudente e virgem néscia.

Tem trigo e tem joio.

Tem vaso de honra e vasos de desonra.

Ou você acha que as virgens néscias, o joio, os vasos de desonra, os filhos do diabo, etc. etc. etc., são pessoas malígnas, assaltantes, assassinos, beberrões, fumantes, drogados, adúlteros, carnavalescos, etc. etc. etc?

Para quem Jesus estava dizendo "vós tendes por pai ao diabo"?

A quem Jesus estava se referindo quando disse: "Um de vós é um diabo"?

A quem Jesus se referiu quando disse: "ai de vós escribas e fariseus hipócritas".



avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Sex 28 Abr 2017, 19:20

Edison diz;

Ernesto, te mostrei isso claramente na leitura das cartas das sete igrejas.

Se você não consegue ver duas igrejas na terra, te falta Luz. Me perdoe.

Tem virgem prudente e virgem néscia.

Tem trigo e tem joio.

Tem vaso de honra e vasos de desonra.

Ou você acha que as virgens néscias, o joio, os vasos de desonra, os filhos do diabo, etc. etc. etc., são pessoas malígnas, assaltantes, assassinos, beberrões, fumantes, drogados, adúlteros, carnavalescos, etc. etc. etc?

Para quem Jesus estava dizendo "vós tendes por pai ao diabo"?

A quem Jesus estava se referindo quando disse: "Um de vós é um diabo"?

A quem Jesus se referiu quando disse: "ai de vós escribas e fariseus hipócritas".

Ernesto responde:

Olalá! Estás te esquivando de responder a pergunta? Quem é que não sabe que tem dois grupos, mas não duas igrejas, uma é a igreja de Deus; o mal, não é igreja ; a igreja de Deus é o trigo, e os ímpios é o joio , mas, não é igreja, um vazo para honra é a igreja, e outro para desonra são os ímpios. Estas são as duas classes da qual uma só vai ao céu, e a outra será destruída, Mas tu insistes que há dois grupos que vão se salvar, Tu afirmas que um grupo é a noiva que será arrebatada secretamente na vinda invisível antes da grande tribulação, e afirmas que o outro grupo é a igreja que ficará até Jesus voltar visível .Mas, não mostras se o segundo grupo vai ao céu, e nem dizes se o segundo grupo passará por uma transformação igual os ressuscitados que fazem parte do primeiro grupo .
Me explique bem mastigadinho para eu poder entender a diferença entre a noiva e a igreja.

Abraços Ernesto


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Dom 30 Abr 2017, 09:30

Ernesto, sei que você não crê mas o tipo é Enoque e Noé. O antitipo é a Igreja-Noiva e a Igreja que se salva através da grande tribulação.

Jesus disse que Sua vinda seria como foi nos dias de Noé. E, nos dias de Noé aconteceu exatamente isso. Um arrebatamento e uma grande tribulação através da qual 8 almas se salvaram. Note que as mesmas águas que condenaram o mundo, salvaram Noé e sua família. As mesmas águas.

Outro tipo é Abraão e Ló. Abraão é o tipo da Igreja-Noiva que estava ceando com Elohim e sendo transformado por Ele, enquanto Ló, um justo na avaliação de Deus, se salvou em grande aperto, em grande tribulação.

Agora, a grande maioria pertencente à igreja natural, formal, (considere o grande sistema denominacional mundial), sofrem a grande tribulação, são mortos e encontram Jesus e Sua Igreja lá no Trono Branco.

Agora, meu precioso irmão Ernesto, se tua alma insiste em entrar pela grande tribulação e alcançar salvação lá na arca, assim será.

Eu estou buscando ser levado antes do diluvio, assim como foi com Enoque. E a minha fé garante isso, porque é promessa da Sua Palavra.

avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Dom 30 Abr 2017, 16:57

Edison diz;

Ernesto, sei que você não crê mas o tipo é Enoque e Noé. O antitipo é a Igreja-Noiva e a Igreja que se salva através da grande tribulação.

Ernesto responde:

Vamos ficar com as palavras que Jesus apresentou. Jesus exemplificou a vinda dele com os acontecimentos do dilúvio Genesis .24: 37-39, O dilúvio foi visível, a volta de Jesus também será visível, antes do dilúvio comiam bebiam, casavam e davam-se em casamento, Hoje está acontecendo o mesmo, são poucos os que hoje querem saber de Deus, mas eles serão surpreendidos assim como o dilúvio surpreendeu os ante diluvianos, Agora preste atenção no verso 44 Por isso estais vós apercebidos TAMBÉM, porque o filho do homem há de vir na hora em que não penseis.
Assim como o dilúvio foi VISÍVEL, do mesmo modo a vinda de Cristo será visível. Mas, não jogue Enoque no meio desta vinda, isso é querer forjar uma doutrina que não existe, porque Jesus não mencionou Enoque.

Edison diz:

Jesus disse que Sua vinda seria como foi nos dias de Noé. E, nos dias de Noé aconteceu exatamente isso. Um arrebatamento e uma grande tribulação através da qual 8 almas se salvaram. Note que as mesmas águas que condenaram o mundo, salvaram Noé e sua família. As mesmas águas.

Ernesto responde:

Onde foi que vc. Achou um arrebatamento junto como dilúvio? Faça as contas dos anos em que Enoque viveu, e o tempo do dilúvio;
Gen.5;21, E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Matusalém. V.23, E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos, V 27, e foram todos os dias de Matusalém NOVECENTOS E SESSENTA E NOVE ANOS. Faça a conta, tira trezentos anos depois que Enoque gerou a Matusalém e os desconta dos novecentos e sessenta e nove anos e verás que Matusalém viveu ainda 669 anos depois do arrebatamento. Mas, não para nisso, faça as contas dos anos que Lameque viveu, e gerou a Noé, e Noé viveu 500 anos depois veio o dilúvio. O arrebatamento passa muito dos mil anos antes. Estás vendo como a tua fé o seu simbolismo é furado?

Edison diz:

Outro tipo é Abraão e Ló. Abraão é o tipo da Igreja-Noiva que estava ceando com Elohim e sendo transformado por Ele, enquanto Ló, um justo na avaliação de Deus, se salvou em grande aperto, em grande tribulação.

Ernesto pergunta:

Onde vc. Leu que Jesus comparou Abraão com Ló e a vinda de Jesus?. Ló não foi arrebatado, ele foi tirado para um lugar seguro pelos anjos, e quem disse que não haverá anjos para nos livrarem da angustia? Leia salmos 91,

Edison diz:

Agora, meu precioso irmão Ernesto, se tua alma insiste em entrar pela grande tribulação e alcançar salvação lá na arca, assim será.

Ernesto responde:

Eu não desejo passar pela grande tribulação, mas, Jesus diz que a tribulação vem antes de vinda dele, e se eu ainda estiver aqui por ocasião da vinda então é porque eu verei ela a distancia assim como Ló, mas também sei que terei anjos enviados do céu para me livrar das dores. Mat.24:29-
Meu irmão Edison!!!! Não se deixe enganar pelo teu sentimento, as vezes a tua fé pode ser mera presunção; fique com o que Jesus diz, e não siga o que outros dizem, mesmo que se dizem iluminados, Para mim o iluminado é Jesus, e eu procuro seguir os seus conselhos.

Edison diz:


Eu estou buscando ser levado antes do diluvio, assim como foi com Enoque. E a minha fé garante isso, porque é promessa da Sua Palavra.

Ernesto responde:

o mesmo acontecerá com os santos vivos na vinda de Cristo, Os anjos nos conduzirão também a um lugar seguro.
Só tem um ponto importante que eu vejo nas tuas explanações, se tu achas que os santos ficarão em meio aos últimos acontecimentos então estás enganado, Veja os santos serão ajuntado, porque eles estavam espalhados, O fogo e a saraiva cairá somente sobre os ímpios.


Abraços Ernesto


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Qui 04 Maio 2017, 15:02

Ernesto escreveu:Edison diz;

Ernesto, sei que você não crê mas o tipo é Enoque e Noé. O antitipo é a Igreja-Noiva e a Igreja que se salva através da grande tribulação.

Ernesto responde:

Vamos ficar com as palavras que Jesus apresentou. Jesus exemplificou a vinda dele com os acontecimentos do dilúvio Genesis  .24: 37-39,  O dilúvio foi visível, a volta de Jesus também será visível, antes do dilúvio comiam bebiam, casavam e davam-se em casamento, Hoje está acontecendo o mesmo, são poucos os que hoje querem saber  de Deus, mas eles serão surpreendidos assim como o dilúvio surpreendeu os ante diluvianos, Agora preste atenção no verso 44 Por isso estais vós apercebidos TAMBÉM, porque o filho do homem há de vir na hora em que não penseis.
Assim como o dilúvio foi VISÍVEL, do mesmo modo a vinda de Cristo será visível. Mas, não jogue Enoque no meio desta vinda, isso é querer forjar uma doutrina que não existe, porque Jesus não mencionou Enoque.

Edison diz:

Jesus disse que Sua vinda seria como foi nos dias de Noé. E, nos dias de Noé aconteceu exatamente isso. Um arrebatamento e uma grande tribulação através da qual 8 almas se salvaram. Note que as mesmas águas que condenaram o mundo, salvaram Noé e sua família. As mesmas águas.

Ernesto responde:

Onde foi que vc. Achou um arrebatamento junto como dilúvio? Faça as contas dos anos em que Enoque viveu, e o tempo do dilúvio;
 Gen.5;21, E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Matusalém. V.23, E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos, V 27, e foram todos os dias de Matusalém NOVECENTOS E SESSENTA E NOVE ANOS. Faça a conta, tira trezentos anos depois que Enoque gerou a Matusalém e os desconta dos novecentos e sessenta e nove anos e verás que Matusalém viveu ainda 669 anos depois do arrebatamento. Mas, não para nisso, faça as contas dos anos que Lameque viveu, e gerou a Noé, e Noé viveu 500 anos depois veio o dilúvio. O arrebatamento passa muito dos mil anos antes. Estás vendo como a tua fé o seu simbolismo é furado?


Ernesto, fazendo uma continha de verdureiro, notamos que quando o Noé nasceu, fazia 69 anos que o Enoque supostamente teria sido transladado. Digo supostamente porque se ele não foi mais visto é subjetivo dizer que ele tenha sido transladado aos 365 anos.
Contudo, o que a tipologia mostra é que houve um arrebatamento antes do diluvio.
Agora, não existe data prevista para o arrebatamento e nem para a segunda vinda. O que está previsto é que um acontece antes do outro.
O que eu sempre digo eu repito; Quem acha que tem de passar pela grande tribulação, aguarde então a grande tribulação. Se a pessoa crê que Jesus tem de receber uma esposa flagelada arrume um banquinho e fique esperando. Todo o flagelo que nós deveríamos receber, Jesus recebeu em nosso lugar. Ele a defendeu no calvário e recebeu sobre si toda a nossa iniquidade e o castigo que nos traz a paz do arrebatamento antes da grande tribulação foi lançado sobre Ele.

"Perece o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal" (Isaías 57:1).



Edison diz:

Outro tipo é Abraão e Ló. Abraão é o tipo da Igreja-Noiva que estava ceando com Elohim e sendo transformado por Ele, enquanto Ló, um justo na avaliação de Deus, se salvou em grande aperto, em grande tribulação.

Ernesto pergunta:

Onde vc. Leu  que Jesus comparou Abraão com Ló e a vinda de Jesus?. Ló não  foi arrebatado, ele foi tirado para um lugar seguro pelos anjos, e quem disse que não haverá anjos para nos livrarem da angustia? Leia salmos 91,


Quem ceou com Elohim? Quem recebeu o Filho da promessa? Quem teve o corpo restaurado para receber o Filho? FOI ABRAÃO.

O Ló não teve nada disso. Por ser justo foi salvo em meio a uma grande tribulação onde perdeu a esposa e tudo o que tinha de bens.

O Abraão é o tipo da Igreja-Noiva e o Ló é o tipo da igreja natural que alcança salvação em meio a grande tribulação.



Edison diz:

Agora, meu precioso irmão Ernesto, se tua alma insiste em entrar pela grande tribulação e alcançar salvação lá na arca, assim será.

Ernesto responde:

Eu não desejo passar pela grande tribulação, mas, Jesus diz que a tribulação vem antes de vinda dele, e se eu ainda estiver aqui por ocasião da vinda então é porque eu verei ela a distancia assim como Ló, mas também sei que terei anjos enviados do céu para me livrar das dores.  Mat.24:29-
Meu irmão Edison!!!! Não se deixe enganar pelo teu sentimento, as vezes a tua fé pode ser mera presunção; fique com o que Jesus diz, e não siga o que outros dizem, mesmo que se dizem iluminados, Para mim o iluminado é Jesus, e eu procuro seguir os seus conselhos.


Aguardemos.



Edison diz:


Eu estou buscando ser levado antes do diluvio, assim como foi com Enoque. E a minha fé garante isso, porque é promessa da Sua Palavra.

Ernesto responde:

o mesmo acontecerá com os santos vivos na vinda de Cristo, Os anjos nos conduzirão também a um lugar seguro.
Só tem um ponto importante que eu vejo nas tuas explanações, se tu achas que os santos ficarão em meio aos últimos acontecimentos então estás enganado, Veja os santos serão ajuntado, porque eles estavam espalhados, O fogo e a saraiva cairá somente sobre os ímpios.


Abraços    Ernesto  


Ernesto, esse ajuntamento já está sendo feito durante todas as eras.

Os adventistas não creem que eles são a igreja remanescente?

Se você crê assim, isso significa que essa separação já está acontecendo pelo menos a 120 anos.

Eu afirmo; Em cada era teve uma igreja remanescente e está foi composta por aqueles que mais se aproximaram do Evangelho trazido por Paulo.
Só que hoje, na última era, a promessa é que haveria uma restauração total do Evangelho de Paulo a igreja remanescente desta última era vive o mesmo Evangelho da primeira era.
Nas eras intermediárias, ou seja, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes e Filadélfia, a semente esteve encoberta, enterrada. O Evangelho de Paulo praticamente sumiu, foi enterrado nos porões romanos, para brotar em Sardes, crescer em Filadélfia, trazer os cachos com os pentecostais e hoje, a casca pentecostal tem sido separada do grão e está praticamente pronto para ir ao celeiro. Falta chegar o último grão.

A Vida que estava na semente (Paulo) surgiu no broto (Lutero). Do broto passou para o tronco que passou para o cacho (Wesley) que esteve na casca (movimento Pentecostal) e hoje está de volta na semente restaurada.
Hoje, o Senhor da Seara levará para o seu celeiro exatamente o mesmo tipo de semente que semeou lá na primeira era, lá em Jerusalém.

O broto realmente não se parecia com a semente original, mas a Vida da semente estava nele. O tronco, a haste e os cachos não se parecia com a semente original, mas a Vida estava neles. A casca se parecia bastante com a semente, estava intimamente ligada à semente, houve um tempo que sequer era possível separar a casca da semente, eram praticamente a mesma coisa. Mas quando chegou o tempo da colheita, a casca secou, toda a Vida da casca voltou para o grão e agora no tempo do fim toda planta do trigo, inclusive a casca, servem apenas para ser queimada no fogo.

A Igreja remanescente hoje pratica o mesmo Evangelho do princípio. Crê num Deus Único exatamente igual no princípio. Batiza exatamente igual como no princípio emergindo pecador arrependido invocando o Nome do Senhor Jesus Cristo e não os seus títulos. Usa pães ázimos e vinho na ceia exatamente igual no princípio. Pratica o lava-pés após a santa ceia exatamente igual no princípio.

avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Sex 05 Maio 2017, 10:43

: Edison diz:

Jesus disse que Sua vinda seria como foi nos dias de Noé. E, nos dias de Noé aconteceu exatamente isso. Um arrebatamento e uma grande tribulação através da qual 8 almas se salvaram. Note que as mesmas águas que condenaram o mundo, salvaram Noé e sua família. As mesmas águas.

Ernesto responde:

Onde foi que vc. Achou um arrebatamento junto como dilúvio? Faça as contas dos anos em que Enoque viveu, e o tempo do dilúvio;
Gen.5;21, E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Matusalém. V.23, E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos, V 27, e foram todos os dias de Matusalém NOVECENTOS E SESSENTA E NOVE ANOS. Faça a conta, tira trezentos anos depois que Enoque gerou a Matusalém e os desconta dos novecentos e sessenta e nove anos e verás que Matusalém viveu ainda 669 anos depois do arrebatamento. Mas, não para nisso, faça as contas dos anos que Lameque viveu, e gerou a Noé, e Noé viveu 500 anos depois veio o dilúvio. O arrebatamento passa muito dos mil anos antes. Estás vendo como a tua fé o seu simbolismo é furado?

Edison diz;

Ernesto, fazendo uma continha de verdureiro, notamos que quando o Noé nasceu, fazia 69 anos que o Enoque supostamente teria sido transladado. Digo

Ernesto responde

Acontece que Deus não tomou a Enoc no nascimento de Noé, segundo tu dizes, foi no dilúvio, e este aconteceu quando Noé tinha 500 anos portanto; o arrebatamento de Enoc. Não tem nada com o dilúvio.

Edison diz:


Agora, não existe data prevista para o arrebatamento e nem para a segunda vinda. O que está previsto é que um acontece antes do outro.
O que eu sempre digo eu repito; Quem acha que tem de passar pela grande tribulação, aguarde então a grande tribulação. Se a pessoa crê que Jesus tem de receber uma esposa flagelada arrume um banquinho e fique esperando. Todo o flagelo que nós deveríamos receber, Jesus recebeu em nosso lugar. Ele a defendeu no calvário e recebeu sobre si toda a nossa iniquidade e o castigo que nos traz a paz do arrebatamento antes da grande tribulação foi lançado sobre Ele.

"Perece o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal" (Isaías 57:1).

Ernesto responde;

Eu vejo que o grande problema seu, é se apegar a simbologias, esqueça simbologias fique somente com as palavras de Jesus ele diz que ele vem nas nuvens do céu, e todo o olho o verá, Veja Mateus 24: 26-27, Portanto; quando vos disserem; eis que ele está no deserto, não saiais;ou, Eis que está no interior da casa não acrediteis Porque assim como o relâmpago sai do oriente e SE MOSTRA, ( ele não se refere a velocidade do relâmpago , mas pela luz que todos vêem o raio, assim será a vinda dele . V.29-30, Logo depois da aflição daqueles dias ( eu pergunto: Os santos passarão por aflição ou não?) Então aparecerá no céu o sinal do filho do homem, E TODAS AS TRIBOS SE LAMENTARÃO. Todos os ímpios se lamentarão, porque verão Jesus descer do céu com poder e grande gloria. E será nesta ocasião que os anjos vem ajuntar os santos que se acham dispersos por causa da perseguição provocada pelos ímpios
.
Eu peço que o irmão análise bem a tua doutrina e me explique o seguinte:

Segundo o teu entender, Jesus vem secretamente buscar uma parte dos salvos para o céu, depois 7 anos mais tarde ele volta para estabelecer seu reino aqui na terra. Eu pergunto: quando então ele busca a outra parte dos salvos, porque Apoc.7:14, diz que um grupo de salvos que se achavam no céu passaram pela grande tribulação. Se a tribulação for depois do arrebatamento, eu pergunto: quando foi que a outra parte dos salvos sobem ao céu?

Obs. Eu troquei o nome :

Enoc não foi arrebatado, ele só foi conduzido a um lugar seguro pelos anjos, o mesmo acontecerá com os santos vivos na vinda de Cristo, Os anjos nos conduzirão também a um lugar seguro.

Eu me referi a Ló e não a Enoc.

Abraços Ernesto


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Sab 06 Maio 2017, 11:45

Ernesto escreveu:: Edison diz:

Jesus disse que Sua vinda seria como foi nos dias de Noé. E, nos dias de Noé aconteceu exatamente isso. Um arrebatamento e uma grande tribulação através da qual 8 almas se salvaram. Note que as mesmas águas que condenaram o mundo, salvaram Noé e sua família. As mesmas águas.

Ernesto responde:

Onde foi que vc. Achou um arrebatamento junto como dilúvio? Faça as contas dos anos em que Enoque viveu, e o tempo do dilúvio;
Gen.5;21, E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Matusalém. V.23, E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos, V 27, e foram todos os dias de Matusalém NOVECENTOS E SESSENTA E NOVE ANOS. Faça a conta, tira trezentos anos depois que Enoque gerou a Matusalém e os desconta dos novecentos e sessenta e nove anos e verás que Matusalém viveu ainda 669 anos depois do arrebatamento. Mas, não para nisso, faça as contas dos anos que Lameque viveu, e gerou a Noé, e Noé viveu 500 anos depois veio o dilúvio. O arrebatamento passa muito dos mil anos antes. Estás vendo como a tua fé o seu simbolismo é furado?


Eu não disse que o arrebatamento do Enoque foi junto com o diluvio. O que venho sustentando a muitos anos aqui com você é que o arrebatamento do Enoque aconteceu antes do diluvio e isso é tipo do arrebatamento da Igreja-Noiva antes da grande tribulação.
Quais foram os dias de Noé em ralação ao diluvio? Hora, foi o dia do seu nascimento até o dia que aconteceu o diluvio. Os dias de Noé após o diluvio, não são contados na relação com a 2a Vinda de Jesus.



Edison diz;

Ernesto, fazendo uma continha de verdureiro, notamos que quando o Noé nasceu, fazia 69 anos que o Enoque supostamente teria sido transladado. Digo

Ernesto responde

Acontece que Deus não tomou  a Enoc  no nascimento de Noé, segundo tu dizes, foi no dilúvio, e este aconteceu quando Noé tinha 500 anos  portanto; o arrebatamento de Enoc. Não tem nada com o dilúvio.

O que eu quis dizer é que Enoque era contemporâneo de Noé. Viveram no mesmo período pré-diluviano.  
Pouco importa o tempo entre a sumida do Enoque e o diluvio. O que importa é que os dois eventos estão relacionados por Jesus na sua analogia. Além disso, naquele tempo, 500 anos para muitos homens era apenas metade da sua vida. Homens com 180 anos estavam sendo pais de seus primogênitos.



Edison diz:
Agora, não existe data prevista para o arrebatamento e nem para a segunda vinda. O que está previsto é que um acontece antes do outro.
O que eu sempre digo eu repito; Quem acha que tem de passar pela grande tribulação, aguarde então a grande tribulação. Se a pessoa crê que Jesus tem de receber uma esposa flagelada arrume um banquinho e fique esperando. Todo o flagelo que nós deveríamos receber, Jesus recebeu em nosso lugar. Ele a defendeu no calvário e recebeu sobre si toda a nossa iniquidade e o castigo que nos traz a paz do arrebatamento antes da grande tribulação foi lançado sobre Ele.

"Perece o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal" (Isaías 57:1).


Ernesto responde;
Eu vejo que o grande problema seu, é se apegar a simbologias,  esqueça simbologias fique somente com as palavras de Jesus  ele diz que ele vem nas nuvens do céu, e todo o olho o verá, Veja Mateus 24: 26-27, Portanto; quando vos disserem; eis que ele está no deserto, não saiais;ou, Eis que está no interior da casa não acrediteis Porque assim como o relâmpago sai do oriente  e SE MOSTRA, ( ele não se refere a velocidade do relâmpago , mas pela luz que todos vêem o raio, assim será a vinda dele . V.29-30, Logo depois da aflição daqueles dias ( eu  pergunto: Os santos passarão por aflição ou não?) Então aparecerá no céu o sinal do filho do homem,  E TODAS AS TRIBOS  SE LAMENTARÃO. Todos os ímpios se lamentarão, porque verão Jesus descer do céu com  poder e grande gloria. E será nesta ocasião que os anjos vem ajuntar os santos que se acham dispersos por causa da perseguição provocada pelos ímpios


Teu problema é que você não vê a Igreja-Esposa descendo com Jesus em Apoc. 19. Ela desce com Ele porque foi tirada no arrebatamento. Se casou na casa do Pai (como fez Isaque com Rebeca) e desce para a lua-de-mel no reino milenial.
As tipologias sempre foram amplamente usadas por Jesus, por Paulo e demais apóstolos. As tipologias são proféticas. Não pense você que o Antigo Testamento é somente o relato de uma história.
O próprio judaísmo considera as revelações constantes do Antigo Testamento. Eles inclusive aplicam um método chamado PARDES na exegese do Antigo Testamento. Esse método se divide em quatro níveis de profundidade ao se debruçar diante da Palavra.  São eles:

1 - Pshat - o "simples significado", ou significado LITERAL. Assim é ensinado para as crianças e adultos que ainda não estão familiarizados com a Literatura da Torá.

2 - Remez – "dicas" de um significado Alegorico, um ensinamento mais profundo, e não apenas a expressão literal.

3 - Drash – "interpretação"; descobrir o significado atravez do Midrash, analisando as palavras, a colocação, os formatos das Letras, por comparação palavras e formas e também por ocorrências semelhantes noutros locais.

4 - Sod – o "segredo" ou o significado místico e metafísico de uma passagem. Trata-se aqui de um conhecimento secreto, geralmente está mais para as pessoas que estão com um nível muito avançado de conhecimento de Torá.

Considerando esse método judaico para leitura da Bíblia, posso dizer que você, em termo de 2a Vinda, se restringe ao nível "Pshat" que é observar apenas a literalidade das palavras.

Mas nós cristãos temos algo muito maior que o sistemas Pardes. Os cristãos tem o Espírito Santo que é o Autor das Escrituras. O Espírito Santo não é apenas o escriba das Escrituras. O Espírito Santo é quem nos revela o que escreveu, para que escreveu e quando se cumpre aquilo que Ele escreveu.



Eu peço que o irmão análise bem a tua doutrina e me explique o seguinte:

Segundo o teu entender, Jesus vem secretamente buscar uma parte dos salvos para o céu, depois 7 anos mais tarde ele volta para estabelecer seu reino aqui na  terra. Eu pergunto: quando então ele busca a outra parte dos salvos, porque Apoc.7:14, diz que um grupo de salvos que se achavam no céu passaram pela grande tribulação. Se a tribulação for depois do arrebatamento, eu pergunto: quando foi que a outra parte dos salvos sobem ao céu?


Estes são os 144.000 que creram no Evangelho do Senhor Jesus anunciados pelas duas testemunhas, Moisés e Elias. Dos milhões de judeus daquele tempo (Apoc. 11), haverá 144.000 judeus eleitos (12.000 de cada tribo) que crerão no Messias, lavarão suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro. Quando isso acontecer, quando os 144.000 eleitos se converterem e derem suas vidas juntamente com as duas testemunhas, a Igreja-Noiva já foi recolhida no arrebatamento.
Nos dias das tuas testemunhas (3,5 anos) a igreja natural e as virgens néscias estarão vivendo a grande tribulação.
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Sab 06 Maio 2017, 17:46

Ernesto diz:

Eu peço que o irmão análise bem a tua doutrina e me explique o seguinte:

Segundo o teu entender, Jesus vem secretamente buscar uma parte dos salvos para o céu, depois 7 anos mais tarde ele volta para estabelecer seu reino aqui na terra. Eu pergunto: quando então ele busca a outra parte dos salvos, porque Apoc.7:14, diz que um grupo de salvos que se achavam no céu passaram pela grande tribulação. Se a tribulação for depois do arrebatamento, eu pergunto: quando foi que a outra parte dos salvos sobem ao céu?

Edison diz

Estes são os 144.000 que creram no Evangelho do Senhor Jesus anunciados pelas duas testemunhas, Moisés e Elias. Dos milhões de judeus daquele tempo (Apoc. 11), haverá 144.000 judeus eleitos (12.000 de cada tribo) que crerão no Messias, lavarão suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro. Quando isso acontecer, quando os 144.000 eleitos se converterem e derem suas vidas juntamente com as duas testemunhas, a Igreja-Noiva já foi recolhida no arrebatamento.
Nos dias das tuas testemunhas (3,5 anos) a igreja natural e as virgens néscias estarão vivendo a grande tribulação.

Ernesto responde:

Aqui tu pisas na bola; Eu também creio que os 144 mil são israelitas da ultima geração, mas, te esqueces que estes vestidos de branco já fazem parte da grande multidão no céu, veja o verso...Estes vestidos de vestes brancas, quem são e donde vieram; estes vieram de grande tribulação, lavaram as suas vestes no sangue do Cordeiro.
As duas testemunhas dão o seu testemunho pouco antes da vinda de Jesus, enquanto o homem do pecado estiver reinando aqui na terra.
Ponto (1) João viu a grande multidão á distancia e estes de branco estavam entre a grande multidão diante do trono, isso prova que eles foram arrebatados juntamente com eles
Ponto (2) Se os 144 mil forem arrebatados 3,5 anos depois da a igreja- noiva (como tu dizes) então não podiam estar entre a grande multidão que João viu diante do trono de Deus .
Ponto (3) Em qual passagem vc. Se baseia do segundo arrebatamento? Porque no capitulo 19 só há um grupo de salvos.
Preste atenção e me acompanhe na leitura do capitulo 19. V.1, E depois destas coisas, ouvi no céu, (A multidão estavam no céu,) v.2, Julgou a grande prostituta, e vingou o sangue dos seus servos.
V.7,Os santos já estavam no céu para as bodas porque ela já tinha se aprontado.
Ali estavam reunidos os santos de todas as eras, inclusive do antigo testamento, tu falas de noiva esposa, não tem duas classes de salvos. Enquanto aqui na terra, era a noiva, depois no céu é a igreja ou esposa.
Do verso 11 em diante João narra do que já havia acontecido com a besta, este acontecimento só foi um histórico, podes ver que do verso 11 até o 21, só diz respeito a destruição dos ímpios e não menciona a presença de algum salvo, porque não havia mais nenhum, os anjos já os haviam ajuntado aqueles que haviam de se salvar. Jesus destruiu os ímpios depois que os santos já estavam em segurança.
Mas peço que medites sobre o verso 21, Tu dizes que Cristo vem estabelecer seu reino milenar, mas, entre quem? O verso diz: Os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram de suas carnes. Eu pergunto: Se todos foram mortos, sobre quem Jesus veio reinar?
Isso prova que durante os mil anos a terra jaz vazia, só depois dos mil anos os ímpios reviverão para serem depois queimados pelo fogo que descerá do céu, E os santos descerão dentro da santa cidade a nova Jerusalém Apoc.21;3, O tabernáculo de Deus com os homens.
Preste atenção:
No começo dos mil anos Cristo mata a todos os ímpios em sua vinda, pelo poder da sua palavra, no fim do milênio, depois de os ímpios reviverem, eles serão mortos pelo fogo. Leia e releia e peça que o Espirito Santo te ilumine para poder entender,

Abraços Ernesto

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Dom 07 Maio 2017, 13:34

Ernesto responde:

Aqui tu pisas na bola; Eu também creio que os 144 mil são israelitas da ultima geração, mas, te esqueces que estes vestidos de branco já fazem parte da grande multidão no céu, veja o verso...Estes vestidos de vestes brancas, quem são e donde vieram; estes vieram de grande tribulação, lavaram as suas vestes no sangue do Cordeiro.
As duas testemunhas dão o seu testemunho pouco antes da vinda de Jesus, enquanto o homem do pecado estiver reinando aqui na terra.

As duas testemunhas anunciam o Evangelho durante a grande tribulação, coincidentemente no cumprimento da segunda metade da última semana de Daniel.
Neste tempo a Igreja-Noiva já foi arrebatada. Os 144.000 não são arrebatados. Os 144.000 judeus morrem durante a grande tribulação, porem morrem salvos pela pregação das duas testemunhas que também morrem.
Note que até que os 144.000 sejam selados, aos quatro anjos encarregados de assolar a terra, é determinado segurar a assolação para que os 144.000 tenham a oportunidade e tempo para ouvir o Evangelho, crer, serem batizados, serem batizados com o Espírito Santo dando cumprimento ao tríplice propósito de Deus com o homem (JUSTIFICAÇÃO, SANTIFICAÇÃO E BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO).
Estes 144.000 não se contaminam com mulheres (igrejas) - Apoc. 14:4. Estes 144.000 não pertencem a nenhuma denominação sabatista, dominguista e nem judaica.


Ponto (1) João viu a grande multidão á distancia e estes de branco estavam entre a grande multidão diante do trono, isso prova que eles foram arrebatados juntamente com eles

Não necessariamente. A grandíssima maioria de pessoas que João viu no céu durante as suas visões, não foram pessoas arrebatadas. Eram pessoas que morreram desde Adão. Os arrebatados aparecem em Apoc. 19.


Ponto (2) Se os 144 mil forem arrebatados 3,5 anos depois da a igreja- noiva (como tu dizes) então não podiam estar entre a grande multidão que João viu diante do trono de Deus .

Não foram arrebatados.Era judeus. Eles não fazem parte da Igreja-Noiva. Volte lá para o tipo de José. José casa com a gentia Azenate, acomoda ela em seu palácio em seus aposentos real e então vai se revelar para as 12 tribos (Gen. 45). José os resgata da grande tribulação daqueles dias (sete anos de vacas magras), e os acomodam nas terras de Gózen do em seu reino.
Vejam estão salvos, porem os 144.000 vêem da grande tribulação, mas a Azenate não passa pela grande tribulação. Quando as 12 tribos chegam ela, a Azenate, já está habitando o palácio real. Você precisa ver isso. Isso é perfeição da Palavra.


Ponto (3) Em qual passagem vc. Se baseia do segundo arrebatamento? Porque no capitulo 19 só há um grupo de salvos.

Não existe segundo arrebatamento nenhum.


Preste atenção e me acompanhe na leitura do capitulo 19. V.1, E depois destas coisas, ouvi no céu, (A multidão estavam no céu,) v.2, Julgou a grande prostituta, e vingou o sangue dos seus servos.
V.7,Os santos já estavam no céu para as bodas porque ela já tinha se aprontado.
Ali estavam reunidos os santos de todas as eras, inclusive do antigo testamento, tu falas de noiva esposa, não tem duas classes de salvos. Enquanto aqui na terra, era a noiva, depois no céu é a igreja ou esposa.
Do verso 11 em diante João narra do que já havia acontecido com a besta, este acontecimento só foi um histórico, podes ver que do verso 11 até o 21, só diz respeito a destruição dos ímpios e não menciona a presença de algum salvo, porque não havia mais nenhum, os anjos já os haviam ajuntado aqueles que haviam de se salvar. Jesus destruiu os ímpios depois que os santos já estavam em segurança.

A grande prostituta sofre o juízo da grande tribulação. No tempo da grande tribulação os quatro anjos ajuntam os 144.000 (Apoc. 7). Os santos que compõem a Igreja-Noiva de todas as sete eras da Igreja, são ajuntados pelos anjos das eras (Apoc. 2 e 3) que ao todo são sete anjos terrestres.
Não há confusão nenhuma. Você precisa ler sem pré-conceitos.
Você tem dificuldades de entender porque a sua fé não contempla a imortalidade da alma. A tua não crença na imortalidade da alma exige que você inclua os 144.000 no arrebatamento.


Mas peço que medites sobre o verso 21, Tu dizes que Cristo vem estabelecer seu reino milenar, mas, entre quem? O verso diz: Os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram de suas carnes. Eu pergunto: Se todos foram mortos, sobre quem Jesus veio reinar?

Leia com atenção. Nessa guerra do Armagedon Cristo enfrenta a Besta, o falso profeta, os reis da terra e seus exércitos. A besta e o falso profeta foram lançados no lago de fogo e os demais, ou seja, os reis da terra e seus exércitos foram mortos.
Agora, as nações que representavam aqueles "reis da terra" continuaram em seus lugares. Muitos sobreviverão à grande tribulação e à essa guerra.
Então Jesus assume o trono em Apoc. 14 e lá estão os 144.000.
Note que a Nova Jerusalém ainda não desceu. Depois desse milênio, satanás é solto, volta a enganar a terra, influencia o povo a se rebelar contra o Cordeiro e dá-se a guerra de Gogue e Magogue. Ao vencer esta guerra, o Trono Branco é estabelecido, dá-se a segunda ressurreição, satanás e os condenados são lançados no lago de fogo e enxofre, a terra é purificada para que então desça a Nova Jerusalém e assim retornamos à eternidade (Apoc. 19-20-21)


Isso prova que durante os mil anos a terra jaz vazia, só depois dos mil anos os ímpios reviverão para serem depois queimados pelo fogo que descerá do céu, E os santos descerão dentro da santa cidade a nova Jerusalém Apoc.21;3, O tabernáculo de Deus com os homens.[/quote]

Te mostrei que não.


Preste atenção:
No começo dos mil anos Cristo mata a todos os ímpios em sua vinda, pelo poder da sua palavra, no fim do milênio, depois de os ímpios reviverem, eles serão mortos pelo fogo. Leia e releia e peça que o Espirito Santo te ilumine para poder entender,

Abraços Ernesto

Não, para instalar o milênio após a batalha do Armagedon, são mortos ps reis da terra e seus exércitos. A Bíblia não diz que mata todos os ímpios.
Ele rege com vara de ferro as nações (Apoc. 19:5).
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Dom 07 Maio 2017, 16:16

Edison diz:

Não, para instalar o milênio após a batalha do Armagedon, são mortos ps reis da terra e seus exércitos. A Bíblia não diz que mata todos os ímpios.
Ele rege com vara de ferro as nações (Apoc. 19:5).

Ernesto responde:

Acabe de ler o v. 18, para que comais a carne dos reis e a carne dos tribunos, e a carne dos cavalos e dos que se assentam sobre eles. ( PRESTE ATENÇÃO) E
A CARNE DE TODOS OS HOMENS, LIVRES E SERVOS, PEQUENOS E GRANDES.
Não vai sobrar ninguém para contar o que aconteceu

Abraços Ernesto

avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Dom 07 Maio 2017, 17:17

Ernesto diz:

As duas testemunhas dão o seu testemunho pouco antes da vinda de Jesus, enquanto o homem do pecado estiver reinando aqui na terra.

Edison responde;

As duas testemunhas anunciam o Evangelho durante a grande tribulação, coincidentemente no cumprimento da segunda metade da última semana de Daniel.

Ernesto diz:

Esqueça a profecia de Daniel 9, porque ela diz respeito ao tempo dos judeus, e ela se encerrou com a destruição de Jerusalém no ano 70. A inclusão desta profecia nos últimos tempos é forjado pelo príncipe das trevas para justificar a sua vinda, terrena, enganando assim a todos os que esperam a vinda de Jesus.
Nós temos outras datas que podem corresponder aos três anos e meio, Apoc. 13:5, são os 42 meses ou Três anos e meio que será o reinado da besta, temos os 1260 dias, (Três anos e meio), enquanto as duas testemunhas, dão o seu testemunho. Que coincide com a perseguição pela besta, Temos também Daniel 12: que nos diz do tempo de angustia, qual nunca houve, esta profecia podemos aplicá-la ao tempo do fim porque a bíblia assim o diz. V. 7, ...depois de um tempo, tempos e metade de um tempo e quando tiverem acabado de destruir o poder do povo santo, todas essas coisas serão cumpridas, V. 9, E ele disse: Vai Daniel porque estas palavras estão fechadas até o tempo do fim:
Veja o tempo de angustia acontece antes da vinda de Jesus, enquanto a besta, ou o homem do pecado de II Tess 2, antecipa a sua vinda para se assentar no trono querendo parecer Deus, Esse é exatamente o tempo das duas testemunhas darem o seu recado a humanidade, e será neste tempo que os 144.000 de Israelitas se convertem para irem juntos com o restante dos salvos.
Depois de o falso cristo estiver reinando por três anos e meio aparecerá o verdadeiro Cristo nas nuvens do céu para buscar não só uma parte mas, ele levará a todos os salvos. Não há lugar nenhum na bíblia que fala de dois arrebatamentos. O próprio Jesus disse que quem crer deles será o reino dos céus, Da maneira que tu entendes, haverá apenas um grupo que vai ao céu, o outro grupo nunca vai conhecer o céu, mas, eles conviverão entre os ímpios aqui na terra, Isso é uma doutrina falsa.
João viu a grande multidão á distancia e estes de branco estavam entre a grande multidão diante do trono, isso prova que eles foram arrebatados juntamente com eles

Edison diz;

Não necessariamente. A grandíssima maioria de pessoas que João viu no céu durante as suas visões, não foram pessoas arrebatadas. Eram pessoas que morreram desde Adão. Os arrebatados aparecem em Apoc. 19.

Ernesto diz;

Necessariamente SIM, leia hebreus 11; 39-40, E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, NÃO alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados.
Eu acho que este documentário de Paulo é o suficiente para provar que os do antigo testamento esperaram nas sepulturas até o dia da ressurreição de todos os santos, e todos juntos serão arrebatados, inclusive os 144.000, que se convertem antes do arrebatamento total e único.

Abraços Ernesto


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Seg 08 Maio 2017, 13:39

Ernesto, as suas conclusões, ou as conclusões adventistas, estão presas na teoria do saco de carne e ossos.

Vocês inventam uma ressurreição para Moisés só para contornar o imbróglio que é o sofisma de que o ser humano não passa de um saco de carne e ossos.

O pessoal de Deus está tudo lá no céu. Jesus os arrancou dos domínios o diabo após sua morte no calvário e os levou para cima por ocasião da Sua ressurreição.

Não há dois arrebatamentos. Eu já lhe disse isso. O teu problema é colocar esses 144.000 lá no céu sem arrebatamento. Eles não fazem parte da Esposa de Cristo.
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Ter 09 Maio 2017, 09:06


Olá Edison

Não são conclusões minhas ou Adventistas, se quiser discordar, faça-o com a bíblia.

leia hebreus 11; 39-40, E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, NÃO alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados.

Se a bíblia diz que eles ainda não subiram ao céu então é porque não subiram. IUAI !!!!

Abraços Ernesto

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Ter 09 Maio 2017, 13:22

Ernesto, a Bíblia está dizendo que eles não alcançaram a promessa do corpo físico restaurado. Eles dependem de nós. Por que dependem de nós? Por que enquanto a Igreja da última era não se posicionar exatamente na "pirâmide" cuja base é a fé genuína, a Pedra de corôa não desce.

Então quando a Igreja da última era se enquadrar em harmonia absoluta com o Evangelho da primeira era, os mortos ressuscitam e seus corpos celestes revestem seus corpos físicos e assim são aperfeiçoados. De igual modo nos os que estiverem vivos também somos transformados quando o corpo celestial reveste nosso corpo terreal, físico e voltamos à perfeição.

Então estes irmãos das outras eras atrás, aguardam o aperfeiçoamento da Igreja atual para que então eles também possam ser aperfeiçoados.


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2029
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5128
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Edison em Ter 09 Maio 2017, 17:40

Stephen Hawking muda prazo de validade da humanidade

Quando o assunto é o fim do mundo, não há imaginação mais fértil que a de Stephen Hawking. O astrofísico, que no ano passado deu à civilização um prazo de validade de exíguos mil anos, divulgou novos números e diminuiu a data




De acordo com novas previsões de Stephen Hawking, um dos cientistas mais consagrados do mundo, o fim da humanidade está cada vez mais próximo.

Em novembro do ano passado, o cosmólogo havia afirmado que a civilização teria pelo menos mais mil anos de existência. Agora, a nova previsão do físico é ainda mais catastrófica.
Hawking cravou que os seres humanos precisam sair da Terra em pelo menos 100 anos. A previsão se dá, segundo ele, por conta das mudanças climáticas, epidemias, superpopulação e até possíveis colisões com asteroides.

O físico não é o único que pensa assim. Elon Musk, CEO e fundador da Tesla e da SpaceX também acredita que os humanos não vão sobreviver a menos que se mudem. Ele aponta Marte como a solução e já trabalha para criar maneiras para fundar uma colônia marciana até 2033.

A estimativa de Hawking vem junto com um novo documentário da emissora pública de rádio e TV britânica, a BBC. O programa se chamará Expedição Nova Terra.
“O professor Stephen Hawking acha que a espécie humana deverá ocupar um novo planeta em no máximo 100 anos se quiser sobreviver. Com as mudanças climáticas, quedas de asteroide iminentes, epidemias e crescimento da população, nosso planeta está cada vez mais precário”, diz a chamada do programa.

A ideia do filme é justamente discutir questões-chave para a grande migração que a humanidade, na opinião do cientista, precisará encarar quando nosso planeta virar o mundo poluído de Wall-E. Hibernação induzida para longas viagens espaciais e foguetes de plasma estão na pauta do dia.

Hawking é exagerado, sem dúvida, mas não se limita a anunciar o apocalipse: também toma providências quando necessário.
Ele já assinou uma petição que busca guiar o desenvolvimento de inteligência artificial para que ele seja benéfico para a humanidade, e tem planos, com o bilionário russo Yuri Milner, de levar sondas ao exoplaneta Proxima B em uma viagem de apenas 20 anos.
Elas seriam impulsionadas por canhões laser montados aqui mesmo, na superfície da Terra. O planeta rochoso, que está na zona habitável da anã-vermelha Proxima Centauri, é o astro mais próximo da Terra com potencial para abrigar o ser humano.

De acordo com novas previsões de Stephen Hawking, um dos cientistas mais consagrados do mundo, o fim da humanidade está cada vez mais próximo.

Em novembro do ano passado, o cosmólogo havia afirmado que a civilização teria pelo menos mais mil anos de existência. Agora, a nova previsão do físico é ainda mais catastrófica.
Hawking cravou que os seres humanos precisam sair da Terra em pelo menos 100 anos. A previsão se dá, segundo ele, por conta das mudanças climáticas, epidemias, superpopulação e até possíveis colisões com asteroides.

O físico não é o único que pensa assim. Elon Musk, CEO e fundador da Tesla e da SpaceX também acredita que os humanos não vão sobreviver a menos que se mudem. Ele aponta Marte como a solução e já trabalha para criar maneiras para fundar uma colônia marciana até 2033.

A estimativa de Hawking vem junto com um novo documentário da emissora pública de rádio e TV britânica, a BBC. O programa se chamará Expedição Nova Terra.
“O professor Stephen Hawking acha que a espécie humana deverá ocupar um novo planeta em no máximo 100 anos se quiser sobreviver. Com as mudanças climáticas, quedas de asteroide iminentes, epidemias e crescimento da população, nosso planeta está cada vez mais precário”, diz a chamada do programa.

A ideia do filme é justamente discutir questões-chave para a grande migração que a humanidade, na opinião do cientista, precisará encarar quando nosso planeta virar o mundo poluído de Wall-E. Hibernação induzida para longas viagens espaciais e foguetes de plasma estão na pauta do dia.

Hawking é exagerado, sem dúvida, mas não se limita a anunciar o apocalipse: também toma providências quando necessário.

Ele já assinou uma petição que busca guiar o desenvolvimento de inteligência artificial para que ele seja benéfico para a humanidade, e tem planos, com o bilionário russo Yuri Milner, de levar sondas ao exoplaneta Proxima B em uma viagem de apenas 20 anos.

Elas seriam impulsionadas por canhões laser montados aqui mesmo, na superfície da Terra. O planeta rochoso, que está na zona habitável da anã-vermelha Proxima Centauri, é o astro mais próximo da Terra com potencial para abrigar o ser humano.De acordo com novas previsões de Stephen Hawking, um dos cientistas mais consagrados do mundo, o fim da humanidade está cada vez mais próximo.

Em novembro do ano passado, o cosmólogo havia afirmado que a civilização teria pelo menos mais mil anos de existência. Agora, a nova previsão do físico é ainda mais catastrófica.
Hawking cravou que os seres humanos precisam sair da Terra em pelo menos 100 anos. A previsão se dá, segundo ele, por conta das mudanças climáticas, epidemias, superpopulação e até possíveis colisões com asteroides.


O físico não é o único que pensa assim. Elon Musk, CEO e fundador da Tesla e da SpaceX também acredita que os humanos não vão sobreviver a menos que se mudem. Ele aponta Marte como a solução e já trabalha para criar maneiras para fundar uma colônia marciana até 2033.

A estimativa de Hawking vem junto com um novo documentário da emissora pública de rádio e TV britânica, a BBC. O programa se chamará Expedição Nova Terra.
“O professor Stephen Hawking acha que a espécie humana deverá ocupar um novo planeta em no máximo 100 anos se quiser sobreviver. Com as mudanças climáticas, quedas de asteroide iminentes, epidemias e crescimento da população, nosso planeta está cada vez mais precário”, diz a chamada do programa.

A ideia do filme é justamente discutir questões-chave para a grande migração que a humanidade, na opinião do cientista, precisará encarar quando nosso planeta virar o mundo poluído de Wall-E. Hibernação induzida para longas viagens espaciais e foguetes de plasma estão na pauta do dia.

Hawking é exagerado, sem dúvida, mas não se limita a anunciar o apocalipse: também toma providências quando necessário.

Ele já assinou uma petição que busca guiar o desenvolvimento de inteligência artificial para que ele seja benéfico para a humanidade, e tem planos, com o bilionário russo Yuri Milner, de levar sondas ao exoplaneta Proxima B em uma viagem de apenas 20 anos.
Elas seriam impulsionadas por canhões laser montados aqui mesmo, na superfície da Terra. O planeta rochoso, que está na zona habitável da anã-vermelha Proxima Centauri, é o astro mais próximo da Terra com potencial para abrigar o ser humano.


http://www.pragmatismopolitico.com.br
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1129
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3102
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Ernesto em Qui 11 Maio 2017, 18:18


Edison diz:

Então quando a Igreja da última era se enquadrar em harmonia absoluta com o Evangelho da primeira era, os mortos ressuscitam e seus corpos celestes revestem seus corpos físicos e assim são aperfeiçoados. De igual modo nos os que estiverem vivos também somos transformados quando o corpo celestial reveste nosso corpo terreal, físico e voltamos à perfeição.

Então estes irmãos das outras eras atrás, aguardam o aperfeiçoamento da Igreja atual para que então eles também possam ser aperfeiçoados.


Ernesto pergunta:

Segundo a tua interpretação; O espirito ou alma de Abraão está a espera até a ressurreição para revestir novamente o corpo de Abraão?
Então me responda: por enquanto a alma de Abraão está no céu não é completo, com falta de um pedaço dele? Sim porque, sendo que a perfeição só vai acontecer aqui na terra, então as almas no céu não estão completas não é? Pode alguém incompleto viver no céu?

Explique esse mistério

Abraços Ernesto

Conteúdo patrocinado

Re: Arrebatamento, 2ª Vinda e Grande Tribulação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sab 23 Set 2017, 02:33