F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Compartilhe

Xan
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Número de Mensagens : 123
Data de inscrição : 19/01/2009

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Xan em Qui 22 Jan 2009, 14:58

Irineu escreveu:....
Causa-me surpresa alguns insistirem em aceitar metade das palavras de Cristo.

Ele disse concisa e diretamente: “Aquele que crer e for batizado será salvo” Não disse algo como “Basta ter fé...”

....

Sds,
Irineu


Shalom Irineu

O problema nao está em aceitar metade das palavras de Cristo, mas em nao aceitar o contexto biblico e principalmente o complemento do versiculo.

Vejamos o que diz o versiculo inteiro:

Marcos 16:16 escreveu:Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.

O complemento não diz que "... quem não crer e não for batizado será condenado."


Grande abraço


Xan



► Torah Web ◄

Irineu
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Número de Mensagens : 89
Data de inscrição : 28/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Irineu em Qui 22 Jan 2009, 16:14

Xan,

Eu já comentei em outras postagens anteriores a respeito do "complememto". Poderia, por gentileza, verificar e, se desejar, comentar?

Só para ilustrar: Para quem já não tem fé, de nada adianta falar de batismo...

A força das palavras conclusivas de Cristo de "Aquele que crer e for batizado será salvo" está explicitado nos fatos que relacionei anteriormente. Se não fosse um mandamento, por que Pedro se daria "ao trabalho" de batizar quase 3.000 pessoas...?

E quase 3.000 pessoas que já tinham crido...

Por que Paulo que teve um "encontro pessoal" com Cristo, teve que ser batizado? Logo Paulo tão usado para enfatizar a fé em detrimento do batismo... Que grande exemplo seria o não-batismo de Paulo para aqueles que entendem que bastaria a fé? Todavia, Paulo teve que ser batizado.

As palavras/citações de Paulo tão apregoadas em relação a fé é fácil entender quando nos lembramos que a fé antecede o batismo e a causa primária das boas novas não é o batismo, mas sem dúvida alguma a fé. Depreende-se que a enfase estava na fé e na sequencia natural viria o batismo, atendendo a ordem do Cristo de "... Crer e for batizado... será salvo".

Hoje é a mesma coisa. Ninguem sai pregando batismo, mas a fé em Cristo.

O fato do batismo de Jesus para que fosse "cumprida toda a justiça"... Batismo esse que foi assistido pelo Pai Celestial e pelo Espirito Santo.

O fato dos discipulos de Jesus batizarem sob sua direção.

O batismo não substitui a fé, nem salva per si, mas está atrelado a salvação, segundo ninguem menos que o próprio autor da salvação, a saber, Jesus Cristo

sds,

irineu
avatar
Irineu
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 89
Idade : 54
Cidade/Estado : Curitiba/Paraná
Religião : Mórmon
Igreja : Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 48
Data de inscrição : 28/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Irineu em Sex 23 Jan 2009, 09:46

Norberto escreveu:.
Irineu, na página anterior deste tópico você observou o seguinte:


"Não existe absurdo se você considerar as palavras do proprio Salvador ao ordenar que todo aquele (isso incluia o ladrão), além de crer deveria ser batizado para ser salvo.

Essa é uma declaração de Cristo que não dá margem alguma para dúbia interpretação. Crer e ser batizado = Salvação." (Irineu)


No momento da crucificação, Jesus declarou a salvação para um dos dois que estava ao seu lado.

Depois da ressurreição, Jesus recomendou o "ide ... pregai o evangelho... quem crer e for batizado será salvo..." (Mc 16.15-16)

Como conciliar o seu entendimento, se a recomendação de batismo foi feita posteriormente à promessa de salvação ao "ladrão", no momento da crucificação?

Nota: mesmo que a recomendação de Marcos 16.15-16, tivesse sido feita pelo Senhor Jesus, antes da sua morte na cruz, manteria meu entendimento: batismo não completa salvação - não se depende dele.
.

Pastor Norberto,

Numa postagem anterior você comentou e me fez uma pergunta que, por descuido, acabei não comentando. Permita-me, ainda em tempo e com minhas desculpas respondê-lo.

Percebi que você usou dois diferentes verbos para as ações de Cristo.

Quando se refere ao ladrão diz que Jesus “declarou” a salvação.

Por outro lado, quando se refere a Jesus, conforme Marcos registra em Mc. 16, 15-16, diz que Jesus “recomendou”.

Não sei se foi ato contínuo ou eufemismo ou mesmo o uso consciente dos verbos ao comentar essas duas ações de Cristo.

Existem diferenças substanciais entre algo ser “declarado” e ser apenas “recomendado”.

Uma declaração – como imagino ser seu entendimento da fala de Cristo ao ladrão – é uma afirmação enfática, sem margem para dúvidas, imperativa e incontestável.

Uma recomendação – como você situou a fala de Cristo em Marcos 16 - é algo indicado, plausível, esperado, aconselhado mesmo.

Assim, considerando se foi eufemismo ou uso consciente dos verbos nas duas falas de Cristo, gostaria de saber:

Se Jesus quando “recomendou” o batismo, estaria ele também só “recomendando” o “crer”? E também o “ide e pregai Meu evangelho”?

“Por último, então, apareceu aos onze... E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Mc. 16, 14-16)

Vendo a escritura como um todo não vejo isso como uma recomendação, mas como mandamento.

Sobre sua pergunta de que a “recomendação” do bastimo fôra feita após a sua crucificação e consequentemente ao dialogo com o ladrão na cruz, entendo que em nada invalida a ordenança do batismo tida e havida como parte integrante da pregação e salvação ensinda anteriormente por Ele e Seus Apóstolos.

Sds, Irineu
avatar
Duda Serra
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 27
Idade : 51
Cidade/Estado : Rio de Janeiro
Religião : Evangélica
Igreja : A única que existe: De Cristo
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 10
Data de inscrição : 08/12/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Duda Serra em Sab 24 Jan 2009, 11:14

Particularmente, não entendi a dúvida. Para mim, a bíblia é taxativa quanto a esse assunto e nisso os cristãos protestantes, evangélicos, como queiram chamar, são unânimes.
Como não conheço bem as doutrinas dos mórmons, imagino que resida aí o motivo da dúvida do Irineu.
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4331
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 155
Pontos de participação : 17427
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Norberto em Seg 26 Jan 2009, 12:57

.
Irineu escreveu:Numa postagem anterior você comentou e me fez uma pergunta que, por descuido, acabei não comentando. Permita-me, ainda em tempo e com minhas desculpas respondê-lo.
Irineu, não precisava se desculpar. Como escrevi em outro tópico sobre o batismo, tanto eu quanto do Zilton Alencar resolvemos dar uma "pausa" para você vir responder com calma os tópicos aqui no fórum, por causa do pouco tempo que tem para se dedicar aos debates. Apenas para lembrar: no tópico sobre bastismo estou aguardando algumas respostas suas.

Irineu escreveu:Percebi que você usou dois diferentes verbos para as ações de Cristo. Quando se refere ao ladrão diz que Jesus “declarou” a salvação. Por outro lado, quando se refere a Jesus, conforme Marcos registra em Mc. 16, 15-16, diz que Jesus “recomendou”. Não sei se foi ato contínuo ou eufemismo ou mesmo o uso consciente dos verbos ao comentar essas duas ações de Cristo.
Errei feio... desculpa a todos! Não foi intenção utilizar-me de eufenismo. Apliquei, sem intenção e erroneamente o termo "recomendou" em relação ao "ide... pregai o evangelho... quem crer e for batizado....". Um termo mais apropriado, mais para a segunda parte do versículo comentado, seria "observou".

Explicarei: no verso abaixo, a parte negritada é um mandamento. A parte sublinhada é uma "observação" quanto à consequência do "crer" ou "não crer" no evangelho pregado - ser condenado ou salvo.

""...Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado"
.
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Devaney em Seg 26 Jan 2009, 17:30

Duda Serra escreveu:Particularmente, não entendi a dúvida. Para mim, a bíblia é taxativa quanto a esse assunto e nisso os cristãos protestantes, evangélicos, como queiram chamar, são unânimes.
Como não conheço bem as doutrinas dos mórmons, imagino que resida aí o motivo da dúvida do Irineu.

Duda, existe entre eles a doutrina do batismo para mortos. Ou seja, alguém que morreu sem ser batizado, ainda que cresse em Cristo, não poderá ir para o Céu a menos que alguém vivo se batize "em nome dessa pessoa".

É o mesmo conceito católico quando fala sobre batismo de "intenção", para crianças nati-mortas.

E é um conceito bem paralelo ao Purgatório Romano, onde obras dos vivos "complementam" a salvação de quem morreu, mesmo estando com a fé 100%...
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 31
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Bruno em Qui 05 Fev 2009, 13:28

Engraçado num tópico deste até arminiano diz que a salvação é exclusivamente pela fé! rs

Brincadeiras a parte.


Por que vcs não tiram dúvidas com o Teólogo dos Teólogos? Que entendeu e interpretou TODA mensagem de Cristo em suas cartas.


Quantas vezes o Teólogo Paulo, o Apóstolo dos Gentios, em suas cartas disse que precisa batizar para ser salvo? Ou quantas vezes ele disse que precisa-se de obras para ser salvo? Me digam que estou esperando. Se você achar alguma coisa me fale...tou doidinho para virar arminiano!rs
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Devaney em Qui 05 Fev 2009, 21:08

Bruno,

Suas palavras não cooperaram em nada para o andamento do tópico. Sugiro que vc aponte, biblicamente, as causas pelas quais julga que o ladrão foi realmente salvo.

Como todos aqui fizeram.
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 31
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Bruno em Qui 05 Fev 2009, 21:36

Efésios 2!

Satisfeito assembleiano?rs
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Devaney em Qui 05 Fev 2009, 22:04

Seja mais específico... ficou vago.

Se o Irineu, Mórmon professo e que defendeu seu ponto de vista biblicamente, citando batismo, morte, mandamentos, todos em versos específicos, ler sua resposta, não vai saber de fato sua opinião e argumentação.

Faça didaticamente, como cabe a um Forum de debates:

1) Exponha sua posição pessoal;
2) Fundamente biblicamente, com o trecho específico onde a palavra ou dúvida está claramente confirmada / contestada
3) Faça a exegese do texto, em consonância com o restante da Bíblia.

Creio que assim tanto o Irineu como eu entenderemos as razões pelas quais você julga que o ladrão foi salvo, mesmo sem ser batizado.

PS.: eu sei que ele foi salvo e já expliquei porque, anteriormente, nesse tópico. Seu foco tem que ser o Irineu.
avatar
Bruno
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 266
Idade : 31
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristã
Igreja : Protestante
País : Brasil, infelizmente!
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 81
Data de inscrição : 02/02/2009

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Bruno em Qui 05 Fev 2009, 22:20

Desculpe Devaney,

Vamos lá, agora estou em casa, dá pra TENTAR:

Efésios 2
8 - Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
9 - Não vem das obras, para que ninguém se glorie;


Não vem de vós, não procede de nós, não podemos fazer nada. A salvação de ninguém é sem a fé e exclusivamente pela fé, a Bíblia não abre exceção!


Note Paulo, o Teólogo e Apóstolo:

1-Citou batismo?
2-Impôs condições para Salvação?
3-Falou que era o começo? E que vc teria de terminar?

Não...ele não disse.

O novo testamento sem as cartas de Paulo, é MUITO difícil de ser compreendido. Tente fazer este teste!
Muitas das coisa que Jesus disse, se não compreende, recorra as cartas paulinas. A Bíblia é sem contradições. Jesus não diz uma coisa e Paulo outra, Jesus diz e Paulo explica.

Já citaram Atos, não o farei novamente.

Minha pergunta é:

Me mostre alguma carta de Paulo que contradiga a salvação pela graça, exclusivamente pela fé.

A respeito da brincadeira de mal gosto que foi especulada, de Jesus não ter GARANTIDO a salvação do bandidão! É BLASFÊMIA na minha opinião. É chamar Jesus de diabo! Pior, afirmar isso com dolo beira a blasfêmia sem perdão, se não o é propriamente dito! E digo mais, se tem alguém que podemos ter certeza que foi salvo na bíblia inteira é Moisés, Enoque, Elias, Jó, Daniel, Noé e esse bandido citado, vulgo Dimas, entre outros. O resto que podemos especular é no máximo 99,9% de certeza, pois não foi CLARAMENTE DITO E EXPLICITADO NA ESCRITURA, como estes!


Última edição por Bruno em Seg 09 Fev 2009, 13:20, editado 1 vez(es)

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Jefté em Sex 06 Fev 2009, 12:52

Irmãos
Realmente o malfeitor na cruz não foi batizado nas águas por Cristo, mas eu pegunto: Onde nos evangelhos se encontra o Senhor batizando UM SEQUER no batismo de João?

O Senhor não veio ao mundo para seguir João Batista ou a qualquer ser humano.
O Senhor veio ao mundo para ensinar a verdade, e para ser seguido.
Se o batismo de João era inédito, saibam que o batismo de Jesus muito mais!
O batismo de Jesus é o de confissão ao Seu nome. Os evangelhos estão repletos de pessoas invocando a Cristo, mas não se acha uma só vez em que Jesus se utilizasse do batismo de João em alguém. E por quê?
Será que o Senhor se esqueceu?
Se o batismo das águas (batismo de João Batista) é o verdadeiro batismo pelo qual todos temos que passar para ser salvo, então João Batista é que é o verdadeiro Messias, porque batizou a milhares nas águas, e Jesus não batizou a nenhum sequer. (João 4:1-2)
Ora, tudo o que Jesus fez, o Pai é quem fazia juntamente com Cristo.
E se o Senhor não se utilizou do batismo de João (conforme Jo. 4:1-2) quando diz que Jesus mesmo não batizava, então mostra que esse batismo das águas não é o que salva, prova disso, Atos 19:1-6 – Paulo achou 12 discípulos batizados no batismo de João e foi necessário batizá-los em nome de Jesus, ou seja: Confessando a Jesus como Senhor.
Uma vez feito isso, a Escritura afirma e ela não pode ser anulada: “E todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”. (Rom. 10:9-10 – Rom. 10:13 - Jo. 10:35).
Então a confissão ao Nome de Jesus é o verdadeiro batismo! (Rom.10:9-10
E isso o malfeitor fez quando disse: "Senhor, quando entrares no teu reino".

E consideremos uma coisa, a salvação é pela fé, lembremos que nos evangelhos, a mulher pecadora que regou os pés de Jesus c/ lágrimas e enxugou-os c/ seus cabelos e beijou-lhes os pés ungiu-os com ungüento – tudo o que fez, fê-lo com gratidão, amor e por fé – e o Senhor diz: “E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados”. Luc. 7:48
Agora vejamos na crucificação: Todos apóstolos e os que seguiam a Jesus e viram seus sinais e a sua Majestade (aprox. três anos), naquelas horas, já não viam-no assim, senão debilitado, açoitado (como que sem poder) e a poucos minutos da morte; ou seja, naquelas circunstâncias não conseguiam vê-lo como Rei e Senhor (Luc. 24:31). - Retificando, o verso correto é Lucas 24:21
Mas e o malfeitor? – o malfeitor, apesar de não seguir a Jesus nem ver os seus sinais, estando em semelhante condenação, ainda via a Jesus como Rei e Senhor, tanto que repreende o outro e após repreendê-lo, diz a Jesus: “Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino”.
Meu Deus! que verdadeira fé! Que fé viva – embora vendo o Senhor completamente desfigurado, quase morto, como não tenndo nenhum poder – ainda assim não perde sua fé e passa a vê-Lo como Rei e Senhor e roga-O:”Quando entrares no teu reino, lembra-te de mim”.
Quem pode medir tamanha fé?
Cristo, Senhor de todas as coisas (que a tudo perscruta), a mediu, a atendeu e a justificou! Amém!


Última edição por Jefté em Sab 07 Fev 2009, 17:55, editado 1 vez(es)
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4331
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 155
Pontos de participação : 17427
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Norberto em Sex 06 Fev 2009, 19:39

.
Jefté,

Você observou: "Então a confissão ao Nome de Jesus é o verdadeiro batismo!"

Veja se eu entendi. O batismo após a ressurreição de Jesus não é o batismo nas águas e sim o ato de "confessar a Jesus" como Senhor e Salvador da nossa vida? Nada de água, é isso?
.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Jefté em Sab 07 Fev 2009, 03:15

Olá irmão Norberto
É isso mesmo! O batismo de Cristo é o de confessar o Seu Nome, invocá-Lo.
Joel 2:32 - João 1:12 - Rom. 10:9-10 - Rom 10:13 - Mat. 10:32-33 - Apc. 3:20.

O Senhor é o nosso foco, nosso máximo e completo exemplo (e além de tudo, Nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade).
Tudo o que fez, e o que não fez é para nosso total exemplo.
E pelo fato do Senhor receber esse batismo e não utilizá-lo, nos ensina por obra e não por palavras que esse não é o Seu batismo, se fosse Ele o faria
De uma coisa estou certíssimo: Ele não deu um passo sequer nesse mundo que não fosse para nosso proveito e para nosso ensino!
O Altíssimo Senhor até lavou os pés aos homens, mas não batizou em água.
Então, o Senhor é o nosso foco e não o batismo de João.

Certamente, se esse fosse o Seu batismo, Ele o teria realizado muito.
E também o Senhor foi batizado (sem ter pecado) para que eu fosse batizado; mas por não utilizar desse batismo fica claro que, devo ser batizado, mas não nesse batismo senão no batismo que o Senhor instituiu.
E qual é esse batismo?


Esse batsimo, por motivo de pré-conceito fica obscurecido (ou seja, como todos focam o batismo de João, não se dão conta do batismo de Cristo – o da confissão ao Seu Nome – o qual o Senhor o praticou em todo o seu ministério.

O qual batismo estava determinado já no Velho Testamento: Joel 2:32 “Porque todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo”.
O qual batismo resultaria em Salvação!

Em contrapartida, o que diz as Escrituras sobre o batismo nas águas?
O próprio João disse o porquê do seu batismo com água:
"
E eu não o conhecia; mas, para que ele fosse manifestado a Israel, vim eu, por isso, batizando com água". (Jo. 1:31)
Podemos observar nos evangelhos os apóstolos batizando em água, mas eles não aprenderam isso de Cristo (pois não o utilizou) mas de João.


E nos evangelhos, após a morte de João não se fala mais em batismo, creio plenamente que Cristo em pleno ministério, somente Ele podia batizar, nenhum outro; por isso mesmo que não se vê o Senhor mandá-los batizar; os enviava a pregar, curar etc. mas não mandava batizar, somente após Sua ressurreição.

Ora, os evangelhos nos mostram que os apóstolos não entendiam muitas coisas que o Senhor dizia e fazia.
E Senhor também disse: “Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora”.
Ou seja, os apóstolos haveriam de ser instruídos em tudo se permanecessem na palavra de Cristo e no estudo das Escrituras, e o Espírito Santo é quem faria a obra.
E isso é o que vemos nas epístolas de Paulo. Ele, cheio do Espírito Santo, se servia totalmente do Velho Testamento nas epístolas.
Exemplo: Romanos 10 é repleto do Velho Testamento; e Rom. 10:8b, 9, 10 ele diz: “esta é a palavra da fé, que pregamos; a saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação”.
Vemos nisto tudo mais uma maravilhosa obra de Deus, pois não há objeto externo algum (água, terra etc.) em que eu venha depender para que seja salvo. Somente Cristo; Cristo e eu: minha fé em Cristo e minha confissão ao Seu nome é que me garante a Salvação.
Porque o Senhor já tudo realizou! Amém!
A paz de Cristo, irmão!
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Devaney em Sab 07 Fev 2009, 23:16

Jefté,

Estranho que nunca um movimento cristão, seja evangélico ou não, teve sua interpretação do ato de batismo, como sendo uma confissão verbal e não um ato simbólico em águas. Talvez seja por isso que, ao preencher seu cadastro de usuário, você coloca que não frequenta nenhuma igreja.

Mas, voltando ao batismo...

Explique-me a situação abaixo:

Atos dos Apóstolos 8:36 - E, indo eles caminhando, chegaram ao pé de alguma água, e disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que eu seja batizado?

Não estamos mais falando em influência de João Batista, pois esse evento acontece depois da ascenção de Cristo, depois da fundação oficial da Igreja e seu ministério formalizado, depois do início da vida eclesiástica em Jerusalém.

Eu vejo os seguintes pontos conflitantes com sua teoria de "batismo-confissão verbal":

1. Felipe era obreiro e evangelista comissionado pelos apóstolos, portanto não poderia estar com conhecimento doutrinário errado;
2. O ensino do batismo ao eunuco, que nada conhecia de João Batista ou de Jesus, partiu do próprio evangelista, que lhe anunciou o Salvador e a salvação como um processo com início no batismo;
3. Se não houvesse necessidade de batismo em águas, Felipe deveria ter corrigido imediatamente o pedido do eunuco, ou recusado a cumprir a descida às águas;
4. O entendimento que surgiu "alguma água" ao pé do caminho indica que havia quantidade suficiente para uma imersão, pois do contrário, até a água do cantil do eunuco seria suficiente;

Por favor, comente essa passagem.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1723
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4164
Data de inscrição : 27/12/2008

O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Jefté em Dom 08 Fev 2009, 01:21

Devaney
Nosso parâmetro deve ser Jesus e as Escrituras.
Se Felipe batizou em água, isso ele não pode ter aprendido c/ Cristo.
Eu gostaria é que você me explicasse porque Jesus (o verdadeiro Mestre - Um com o Pai) não efetuou esse batismo em ninguém; e Ele é a verdade!
Creio que é você quem deveria explicar isso.

E também, sendo Jesus o único Salvador, por que João já havia batizado a muitos sem que Jesus sequer tivesse se manifestado? Acaso estavam salvos??? Mas é Jesus o único que pode salvar e nem havia começado Seu ministério?
Não estou dizendo com isso que João estava errado. Estou dizendo que João foi enviado para preceder o Messias, e como profeta da lei.
Mas é em Cristo que o Novo Testamento foi dado!
Em Cristo e no Seu sangue!
Outra coisa, a Bíblia afirma (não há quem possa negar): “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”.
Acaso essas palavras não são do Senhor?
E acaso invocar seria igual a batismo em água? o batismo nas águas jamais seria invocar, esse batismo é um ato externo; é como se o Senhor não pudesse me ouvir nem me ver. É como se eu ainda não pudesse ter acesso a Ele.
Mas não é assim: Invocar é invocar!

Então, se em Marcos Jesus diz: Quem crer e for batizado será salvo.
E na Escritura: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Logicamente que esse é o verdadeiro batismo, e isto eu sei que Cristo fez durante todo o seu ministério.
Sei também que os que João batizou em água não estavam salvos por esse batismo, mas, os que invocavam a Jesus nos evangelhos, esses estavam salvos.
Porque a Escritura diz: E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
E o próprio Jesus o confirmou: “E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou”. (Luc. 17:19)
Isso, repito, está bem explicado em Romanos 10:8-10 - Paulo, apóstolo e doutor dos gentios.
Irmão Deveney, eu creio!
Creio piamente!
Acaso não devo crer? Acaso devo duvidar?
Creio, por isso falo!

E com relação a Igreja, creio que o cristianismo ia sendo assimilado dia a dia pelos irmãos.
Podemos ver isso por pequenos traços, como por exemplo em Atos 10 Pedro ainda não entrava em casa de gentios e só pregava a judeus.

E em Atos 15 os apóstolos e anciãos ainda não tinham chegado em comum acordo quanto à salvação, se era pela lei ou pela graça de Cristo.
Isto mostra que, dia-após-dia a igreja ia conhecendo mais e mais a verdade (Cristo) e ia sendo liberta por ela.
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Devaney em Dom 08 Fev 2009, 22:47

Jefté,

Você, pelo que entendi, partiu para dizer que Felipe pregou uma doutrina ERRADA e que a Bíblia, Palavra inspirada de Deus, contém ensinamento ERRADO de um evangelista enviado pelo Espírito Santo para ensinar a alguém que nada sabia de Jesus.

Extremamente perigosa a sua exegese.

Outro comentário que acho bom fazer. O batismo sempre foi um ato isolado e subsequente à confissão. A Bíblia nunca o confundiu.

Sobre seu mais forte argumento - que Jesus nunca batizou - é claro que não poderia. O Batismo tal como conhecemos foi instituído por Cristo DEPOIS de sua ressurreição e não haveria nexo em se falar em Jesus batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, sendo ele mesmo o ministrador.

É algo como afirmar que a descida do Espírito Santo sobre Jesus foi um "batismo" com o Espírito Santo. Mas está errado afirmar que Jesus, sendo Deus, seria batizado pelo Espírito Santo, uma vez que eles tratam-se da mesma divindade. Deus não se batiza por Ele mesmo, apenas marcou o início da ação ministerial naquele momento.

Todos os versos que você cita como confissão não estão errados, pois a confissão PRECEDE o batismo, mas repare que o batismo nunca é considerado SIMULTÂNEO à confissão, mas sim um ato posterior.

Repare:
Atos dos Apóstolos 8:12 - Mas, como cressem em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus, e do nome de Jesus Cristo, iam sendo batizados, tanto homens como mulheres.
Fica claro que já tinham primeiro crido em Jesus, e, ato posterior, eram batizados. Se a crença fosse o batismo em si, não haveria menção de batismo POSTERIOR.

Atos dos Apóstolos 10:47 - Respondeu, então, Pedro: Pode alguém porventura recusar a água, para que não sejam batizados estes, que também receberam como nós o Espírito Santo?
Acho que aqui complicou mais ainda. Os irmãos já tinham até RECEBIDO O ESPÍRITO SANTO, mas ainda assim, não podiam ficar sem A ÁGUA.

Se analisarmos a mensagem de João Batista, veremos que existe uma contradição com a sua doutrina, pois ele afirmou que Eu, em verdade, tenho-vos batizado com água; ele, porém, vos batizará com o Espírito Santo (Marcos 1:8 ). Segundo sua teoria, teríamos que afirmar que Jesus já os tinha batizado, mas ainda assim houve o mesmo batismo depois ?? A diferença é que Pedro cita "águas", claramente.

Ou vai me dizer que Pedro, como disse de Felipe, também pregava errado ?

Conteúdo patrocinado

Re: O Ladrão Na Cruz Foi Salvo?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Seg 22 Jan 2018, 23:45