F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Compartilhe

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1678
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qua 10 Set 2014, 09:22

Olá irmãos

Ainda sobre a visão de Daniel 8:
Algumas peculiaridades desta visão que se correlacionam entre si; e que também se correlacionam c/ as demais visões proféticas de Daniel sobre impérios nos nos auxiliam no entendimento.

Por exemplo, o 1º chifre notável do bode representa apenas um homem: Alexandre, o Grande, que foi o 1º rei grego e derrotou os persas. Da mesma forma acontece à ponta mui pequena (chifre mui pequeno) pois também será apenas um homem: o anticristo.
Por isso é considerado (na visão) como uma ponta mui pequena.
E, se Alexandre Magno (que foi apenas um homem) e na visão era visto como um grande chifre (ou notável chifre) do bode; ele tinha consigo o amparo de um exímio e destro exército a comandar; e pela visão ele se engrandecia muito (não até o céu) até ser quebrado. (Dan. 8:8 )
Já a ponta mui pequena (que também é um homem) foi vista (não como um grande chifre) mas mui pequeno, porém, ao surgir-se muito pequeno (diz) CRESCERÁ MUITO para o oriente, e para o sul e para a Terra Formosa Israel/Jerusalém. (Dan. 8:9)
Então, esta ponta mui pequena, em princípio (nos primeiros anos) apenas crescerá muito a oriente, sul e a terra formosa (ou seja, é um crescimento normal, como visto nos demais impérios focados pela visão: o carneiro de dois chifres (Média-Pérsia) que dava marradas a norte, sul e ocidente (essa foi a forma de crescimento desse império). Dan. 8:2-4 - Dan. 8:20
E o Bode de um chifre (que veio do ocidente) e após quebrado o 1º chifre, 4 outros chifres se elevam em lugar deste, os quais crescem p/ os 4 ventos: norte, sul, leste e oeste. (Dan. 8:5-8 - Dan. 8:21-22)

Assim também, a ponta mui pequena, primeiramente crescerá MUITO a oriente, sul e a terra formosa.
Porém depois diz:
E se engrandeceu até o exército do céu e alguns do exército e das estrelas deitou por terra e os pisou... (Dan. 8:10-14)
 
Então tais proezas da ponta mui pequena engrandecendo-se ao céu (Dan. 8:10-14) se cumprem exatamente e tão somente no respectivo período de governo c/ mão de ferro da ponta mui pequena (e, em plena vigência da 70ª semana da profecia - na segunda metade da semana, nos seus 3 anos e meio finais); da mesma forma que as proezas do carneiro (Medos e Persas) se cumpriram no seu respectivo tempo (e não noutro), e igualmente as do bode – império grego.
Só que, a 70ª semana é dividida em dois períodos distintos: no primeiro período de 3 anos e meio deverá ocorrerem promessas de paz (de imediato ao Pacto) e a edificação do santuário (templo) quanto também o retorno aos sacrifícios e oblações no templo; mas, na METADE DA SEMANA é que o anticristo (o assolador) se mostrará ao mundo o que ele é, e os judeus verão que verdadeiramente receberam o mau; e que negaram o verdadeiro Messias. (Luc. 13:34-35)

Então, é exatamente na metade da última semana da profecia que se cumprirá o que está dito, a saber: o seu engrandecer-se (porque o crescimento da ponta mui pequena para o oriente, norte e sul - se dará durante os primeiros 3 anos e meio; e o seu engrandecer-se ao céu nos últimos 3 anos e meio); então diz: 
"Engrandecer-se até o exército do céus, e a alguns do exército e das estrelas deitar por terra e os pisar.
Se engrandecer até o Príncipe do exército e por ele ser tirado o contínuo sacrifício e o lugar do seu santuário ser lançado por terra.
E o exército e o santuário lhes são entregues por causa das transgressões, e lança por terra a verdade faz isso e prospera.
E então é somado o período de sacrifício contínuo mais o período de transgressão assoladora, os quais preenchem 2300 tardes e manhãs, e o santuário (que fora primeiramente santificado – pelo sacrifício contínuo e depois profanado pela transgressão assoladora) há de ser ao final de 2300 tardes novamente purificado." (Dan. 8:10-14)

E, de um período que  totalizam 2300 tardes e manhãs (de sacrifício e de transgressão assoladora) 1290 dias serão unicamente da transgressão. Após os quais o santuário será purificado. (Dan. 12:11) 

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1678
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qua 10 Set 2014, 09:51

Mais algumas características das visões de Daniel:

Os impérios nas visões algumas vezes são representados por bestas feras: Daniel 7 e Daniel 8.
E os chifres podem ser tantos apenas um rei quanto representarem um reino.
Mas nunca um império pode ser representado como um chifre ou ponta.
Por isso mesmo, a ponta mui pequena de Daniel 8 jamais poderia ser Roma; pois Roma em Daniel 7 foi representado por uma besta terrível (que sequer tinha aparência semelhante neste mundo) e ela tinha 10 chifres.
Então, Daniel 8 não poderia quebrar esta característica e representar Roma como agora na visão do capítulo 8, comparando-a c/ uma ponta mui pequena.
Pois as visões seguem somente uma linha.
Assim sendo, a ponta mui pequena de Daniel 8 é também a (mesma) ponta pequena de Daniel 7.

E na verdade o que ocorre (e que, com dificuldade conseguimos entender) é que a visão de Daniel 7 é uma visão que mostra todos os impérios mundiais (a partir de Babilônia) de forma linear apresentando-os sequencialmente um a um sem restrição alguma.
Já a visão de Daniel 8 não segue esta característica; pois ela é uma visão paralela a um período profético apenas; o das 70 semanas determinadas sobre Jerusalém e os judeus.
Por isso é que embora Daniel recebera a visão no 3º ano de Belsazar (império babilônico) mas a visão não mostra Babilôna, a omite (como se não existisse), e inicia-se no próximo império (Medos e Persas), e segue ao próximo império (Grego) e acompanha a sua divisão em 4 partes, e se detém na respectiva divisão - e não mostra Roma (como se Roma também não existisse) e depois realiza um SALTO no TEMPO e na HISTÓRIA passando a mostrar o que ocorrerá precisamente no período de 7 anos da 70ª semana da profecia de Daniel 9.

E embora a visão de Daniel 8 só vise mostrar os impérios e potências mundiais que governam durante as 7 semanas + 62 semanas + 1 semana (das 70 semanas); ou seja, embora a visão só se ocupe a mostrar os impérios (e não os eventos de Jerusalém), contudo durante a 70ª semana da profecia, a potência a governar, a Ponta Mui Pequena - ela exatamente instalará o seu governo Mundial exatamente e tão somente em JERUSALÉM.

Por isso, neste período profético de ambas as visões: Daniel 9 e Daniel 8 (uma seguindo os eventos em Jerusalém - e outra acompanhando as potências a governarem o período) se encontram a falar não somente do mesmo período histórico (da 70ª semana) quanto também no mesmo evento histórico - porquanto se cumprirão na cidade santa. 

Por isso, Daniel 8 fala somente dos impérios (Medos e Persas e Grécia) e ao citar a ponta mui pequena, e o seu engrandecimento ao céu, e ao Príncipe do exército, a correlaciona ao santuário (Templo) e ao retirar-se do sacrifício contínuo. Pois tomará a cidade santa e, como diz São Paulo aos Tessalonicenses:
"O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus." (II Tes. 2:4) 

"E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem." (II Tes. 2:8-10) 

Por isso diz também Apocalipse:
"E FOI-ME dada uma cana semelhante a uma vara; e chegou o anjo, e disse: Levanta-te, e mede o templo de Deus, e o altar, e os que nele adoram. E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. (Apc. 11:1-2)

Diz também:
"E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses." (Apc. 13:5)
 
"E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu. E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação." (Apc. 13:6-7) 

"E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens." (Apc. 13:13)

"E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis." (Apc. 13:16-18)
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1092
Idade : 87
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 162
Pontos de participação : 3002
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Ernesto em Qua 03 Dez 2014, 19:15

Ernesto diz:

Olá Jefte, como vai; tudo bem? Sempre é bom encontrar os velhos amigos com os quais já tivemos muitos dialogos sobre a palavra de Deus.
Eu dei uma olhadela nos topicos e por acaso me deparei com um post seu, que aborda justamente o tema que nós já debatemos bastante no passado.
Ao passar os olhos nele, eu achei que há certa discrepancia do verdadeiro sentido da profecia, e eu gostaria de continuar o nosso dialogo sobre as 70 semanas.

Jefté escreve:

Daniel 9 se relaciona a tudo o que se deva ocorrer em Jerusalém (durante as 70 semanas de anos, como ordem de edificar a cidade, o Messias, e seu corte, destruição da cidade após Ele ser cortado; e a última semana se iniciando através de um PACTO, e na metade da semana sendo cessado o sacrifício e a oferta de manjares e vindo o assolador sobre a asa das abominações, e isso até a consumação) Daniel 9.
Ernesto:

Jefté meu querido! Eu pergunto? Dentro dos vossos calculos das 69 semanas onde vcs encaixam a vinda do Messias, a unção (Batismo),dele, a pregação do evangelho por três anos e meio, e depois a sua morte? e onde vcs acham lugar para encaixar a destruição do templo e do santuario do ano 70?

A setuagésima semana está interligada com as outras 69,e não pode ser separada porque foi a mais importante.
O verso 26 diz: que  depois das ultimas 62 semanas será tirado o messias. Vc. Não acha que a morte de Cristo é o centro, o mais importante da profecia? Se não fosse a morte de Cristo não haveria interrupção do sacrifício diário.
Ah! Mais um ponto muito importante Jesus disse em Mateus 24:15,Quando pois virdes que a abominação da DESOLAÇÃO, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo(quem lê entenda.)Vejamos o que é desolação; Sinônimo de desolação: aflição, assolação, destroços, devastação, dor, mágoa,melancolia, pesar, ruína e tristeza.
Foi o que Jesus predisse, exatamente isso  aconteceu no ano 70.
Espero que possamos deixar essa profecia nos pratos limpos,

Abraços   Ernesto.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qua 03 Dez 2014, 22:28

Olá irmão Ernesto

Como está?
Tudo bem?!

Quão bom é o debate, e também esta sua indagação:
Diz assim a profecia:
"Sabe e entende: desde a saída da ORDEM para restaurar e edificar Jerusalém ATÉ O MESSIAS, o Príncipe, 7 semanas e 62 semanas, as ruas e tranqueiras se reedificarão, mas em tempos angustiosos." (Dan. 9:25)

Ou seja: Desde a saída da ordem p/ restaurar Jerusalém - até o Messias - dar-se-iam 7 semanas + 62 semanas (e não se especificou qualquer marco relacionado ao Messias: nascimento, ou batismo, ou sua morte, apenas nos falou que era até o Messias)...

Verso seguinte:
"E depois das 62 semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo, e o povo do príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será como uma inundação e até o fim haverá guerras, estão determinadas assolações." (Dan. 9:26)

Ora, em Daniel 9:25 se diz que desde a saída da ordem de restaurar Jerusalém até o Messias passariam 7 semanas + 62 semanas.
E em Daniel 9:26 - diz que depois das 62 semanas seria CORTADO o MESSIAS, mas não para si mesmo, e o povo do príncipe que há de vir destruiria a cidade e o santuário, e o seu fim seria como uma inundação, e até o fim haverá guerra, estão determinadas assolações.

Nisto fica evidente: da saída da ordem da restauração de Jerusalém (época de Zorobabel), até Cristo passaram-se 7 + 62 semanas ou seja, 49 anos + 434 anos totalizando-se 483 anos; após os quais o Messias seria cortado; ou seja, morto em Jerusalém.
Então, irmão, assim interpreto a profecia; lembrando que segundo ela, a cidade e o santuário são destruidos após as 62 semanas e anterior a 70ª que só é mencionada no verso de Daniel 9:27 - o qual diz:

E ele firmará um concerto com muitos por uma semana, e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares e sobre a asa das abominações virá o ASSOLADOR, e o que está determinado será derramado sobre o assolador..

Atentemos ao que é dito sobre a 70ª semana:
"Ele" fará um CONCERTO com muitos por 1 semana; e na metade da semana FARÁ CESSAR o sacrifício e a oferta de manjares, e sobre a asa das abominações VIRÁ O ASSOLADOR (e o que está determinado será derramado sobre o assolador).
Desde quando esta profecia tenha se cumprido na época de Cristo?

Acaso após Cristo ter sido crucificado (cortado) em Jerusalém (e o sacrifício e oferta de manjares cessarem  espiritualmente - porque materialmente eles continuaram até o ano 70 d.C.); mas acaso após a crucificação do Senhor em Jerusalém, haveria de vir o ASSOLADOR sobre a asa das abominações - como diz Daniel 9:27 sobre a 70ª semana ?????

Porque segundo Daniel 9:27 a 70ª semana se dará assim:
Será feito um CONCERTO c/ muitos (por 1 semana: 7 anos)
Na metade da semana (3 anos e meio) fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares...
E sobre a asa das abominações virá o ASSOLADOR.

Desde quando veio algum ASSOLADOR a Jerusalém após o Senhor ser crucificado ???
Ora, a PROMESSA DO SENHOR é que após Ele ser crucificado e morte era da vinda a nós do CONSOLADOR, ou seja, o contrário.
Mostrando que a  70ª SEMANA da profecia é vindoura, futura e se cumprirá no tempo do fim:

Por isso hoje (depois de 1900 anos destruída) Jerusalém desponta como a cidade amada dos judeus novamente; para que se cumpram as profecias sobre a mesma; e por isso mesmo hoje ainda os judeus estão a esperar o seu "Messias"; porque não receberam o VERDADEIRO; mas Jesus diz que eles hão de receber aquele que virá em seu próprio nome (Jo. 5:43); e ele (o anticristo) é que há de fazer um CONCERTO c/ muitos por 1 semana de anos; e na metade da semana ele fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares....
e como assevera a profecia; sobre a asa das abominações VIRÁ O ASSOLADOR, e isso até a consumação e o que está determinado será derramado sobre o ASSOLADOR.

Esse ASSOLADOR é o anticristo que virá sobre Jerusalém (e também ao mundo) exatamente na 2ª metade da 70ª semana; nos seu 42 meses finais; ou durante um tempo e tempos e metade de um tempo; ou ainda 1290 dias.

Pode compreender ???


Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qui 04 Dez 2014, 08:18

Irmão Ernesto

As 70 semanas que foram determinadas sobre Jerusalém e os judeus dizem respeito a Jerusalém e os judeus; e durante estas 70 semanas (que se iniciaram a partir da ordem da restauração da cidade - época de Zorobabel, Esdras, Neemias) dever-se-ia ACONTECER em Jerusalém o seguinte:
7 semanas + 62 semanas - até o Messias, o Príncipe - durante as quais, ruas e tranqueiras se reedificariam - mas em tempos angustiosos (Dan. 9:25)

E, depois das 62 semanas o Messias seria CORTADO (também em Jerusalém) porque a profecia diz respeito a Jerusalém e os judeus; e após as mesmas 62 semanas a cidade (Jerusalém) e o santuário seriam destruídos p/ povo do príncipe que há de vir; e assim foi e se deu a Jerusalém: o Messias é cortado após as 62 semanas, conforme a profecia (e isso ocorreu aproximadamente no ano 33 da Era Cristã - então passados mais 37 anos Jerusalém e o santuário foram destruídos p/ povo do príncipe que há de vir (notemos que tudo isso diz respeito a Jerusalém e os judeus e ocorreu a Jerusalém e sobre os judeus, porque a profecia é sobre as 70 semanas que foram determinadas a Jerusalém e aos judeus.

Logicamente que a 70ª e última semana da profecia também diz respeito a JERUSALÉM e aos JUDEUS.
E, o que está determinado na profecia (das 70 semanas) a OCORRER durante a 70ª semana da profecia em JERUSALÉM ????
Diz Daniel 9:27:
"E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.


Notemos:
Na 70ª semana da profecia sobre Jerusalém e os judeus: será firmado um CONCERTO por uma semana; na metade da semana se fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; e sobre a asa das abominações VIRÁ O ASSOLADOR; e isso até a consumação; e o que está determinado será derramado sobre o ASSOLADOR.

Fatos todos pendentes ainda, mas que sobrevirão a Jerusalém no tempo do fim; Por isso diz Apocalipse :
"E FOI-ME dada uma cana semelhante a uma vara; e chegou o anjo, e disse: Levanta-te, e mede o templo de Deus, e o altar, e os que nele adoram. E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. (Apc. 11:1-2)

Em suma: na 70ª semana da profecia, Jerusalém será pisada 42 meses na metade da semana... e também o santuário (que ainda há de ser edificado) há de ser profanado.
Por isso diz também Daniel 11:31
"E braços serão colocados sobre ele, que profanarão o santuário e a fortaleza, e tirarão o sacrifício contínuo, estabelecendo abominação desoladora."


Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qui 04 Dez 2014, 09:10

2300 tardes e manhãs representam, significam 2300 DIAS (de 24 horas) nos quais OCORRERÁ um período de SACRIFÍCIO CONTÍNUO seguido de um período de ABOMINAÇÃO DESSOLADORA.

Sendo que apenas o período de ABOMINAÇÃO DESSOLADORA preencherá 1290 dias (também de 24 horas) restando apenas 1010 dias (também de 24 horas) para se haver SACRIFÍCIO CONTÍNUO por parte dos judeus.

Tudo isso se cumprirá dentro de 7 anos; ou melhor, dentro de 1 semana de anos; a 70ª semana da profecia.
Sendo que tal 70ª semana se iniciará MEDIANTE UM PACTO: e começam-se os 7 anos; o templo é edificado em no máximo 8 meses e meio; e na conclusão do templo se iniciam os sacrifícios e oblações por parte dos judeus até metade da semana; quando cessa-se o sacrifício e é estabelecida a ABOMINAÇÃO DESOLADORA de parte do anticristo.
Por isso afirmam as profecias de Daniel sobre a abominação desoladora, da qual Jesus alude em Mateus 24, dizendo ainda aos que estiverem na Judeia a fugirem para os montes quando ela for vista no lugar santo, templo; porque diz também: Porque haverá grande tribulação como nunca houve desde o princípio do mundo nem tampouco há de haver.... (Dan. 11:31 e Mat. 24:15-21)


avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1092
Idade : 87
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 162
Pontos de participação : 3002
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Ernesto em Qui 04 Dez 2014, 14:01

Jefté diz;
Sabe e entende: desde a saída da ORDEM para restaurar e edificar Jerusalém ATÉ O MESSIAS, o Príncipe, 7 semanas e 62 semanas, as ruas e tranqueiras se reedificarão, mas em tempos angustiosos." (Dan. 9:25)
Ou seja: Desde a saída da ordem p/ restaurar Jerusalém - até o Messias - dar-se-iam 7 semanas + 62 semanas (e não se especificou qualquer marco relacionado ao Messias: nascimento, ou batismo, ou sua morte, apenas nos falou que era até o Messias)...

Ernesto responde;

Tu falaste bem; até o Messias, isto prova que a vinda do messias acontece fora, ou depois das 69 semanas, eu te pergunto? Qual a semana que vem depois de 69? Para mim é a septuagesima, No verso 25 não diz nada sobre a missão de Cristo, apenas apontou para o Messias, Mas o verso 24 diz que depois das 69, o Santo dos santos seria ungido, Quem é o santo dos santos? e o que é ser ungido? ´Não é mais ninguem outro do que o Messias ( Jesus) que foi batizado no ano 27 DC.

Jefté diz:

Nisto fica evidente: da saída da ordem da restauração de Jerusalém (época de Zorobabel), até Cristo passaram-se 7 + 62 semanas ou seja, 49 anos + 434 anos totalizando-se 483 anos; após os quais o Messias seria cortado; ou seja, morto em Jerusalém.
Então, irmão, assim interpreto a profecia; lembrando que segundo ela, a cidade e o santuário são destruidos após as 62 semanas e anterior a 70ª que só é mencionada no verso de Daniel 9:27 -

Ernesto responde:

Meu irmão; a reconstrução do templo foi por Zorobabel,  mas, Daniel apontou a ordem, ou lei, para restaurar o templo, esta  saíu pelo rei Artaxerxes.
Feitos Históricos
Restauração da cidade de Jerusalém (457 a.C.)

No ano de 457 a.C. o rei persa Artaxerxes emite um decreto definitivo para restaurar a cidade de Jerusalém. Desde a sua destruição no ano de 537 a.C., outros dois reis persas já haviam emitidos outros dois decretos (Cyrus em 538-537 a.C. e Darius ao redor de 519 a.C.), porém, somente o terceiro decreto, dado por Artaxerxes teve força suficiente para restaurar toda a cidade.
Existe um grande debate entre teólogos e historiadores a respeito do decreto ter sido realmente emitido no ano de 457 a.C ou 458 a.C. Alguns dizem 457, outros dizem 458, dependendo de que tipo de calendário que os judeus usavam. Mas em 1970, com a publicação do livro The Cronology of Ezra 7, escrito por Horn e Wood, os autores provaram, usando inúmeros textos antigos, que os judeus usavam um calendário de outono a outono para contar os ano do reino de Artaxerxes, determinando que o sétimo ano de seu reinado foi em 457 a.C. Após esse estudo, não sobraram muitas dúvidas quanto a esta data.
Vejam a exatidão da profecia: De 457ac.+ 69 semanas= 483, cai no ano 27, Agora leia o verso 24, Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a santa cidade, Preste atenção: para extinguir a transgressão, e dar fim aos pecados, e expiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia. VEJA o que vai acontecer depois das 69 semanas, ungir o Santo dos santos. Unção é o batismo de Jesus, este aconteceu depois das 69 semanas, e principio da sectuagesima semana, a partir de então ele firmou um concerto com muitos por uma semana, Hebreus  10:16, Este é o concerto que farei com ele depois daqueles dias, diz o Senhor; Porei as minhas leis em seu coração e as escreverei em seus entendimentos. etc..Isto aconteceu com a morte de Cristo na cruz, com o seu sangue ele cumpriu o que está predito no verso 24,

Jefté diz:

Ele firmará
"E depois das 62 semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo, e o povo do príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será como uma inundação e até o fim haverá guerras, estão determinadas assolações."(Dan. 9:26) Ora, em Daniel 9:25 se diz que desde a saída da ordem de restaurar Jerusalém até o Messias passariam 7 semanas + 62 semanas.

Ernesto responde:

Meu querido!  69 semanas ATÉ o Messias, aqui não da nenhuma interrupção entre as 69 e a septuagesima semana. Logo após das 69 vem a semana na qual o Messias cumpriu com a parte profetica do verso 24.
Jefté diz:


E em Daniel 9:26 - diz que depois das 62 semanas seria CORTADO o MESSIAS, mas não para si mesmo, e o povo do príncipe que há de vir destruiria a cidade e o santuário, e o seu fim seria como uma inundação, e até o fim haverá guerra, estão determinadas assolações.

Nisto fica evidente: da saída da ordem da restauração de Jerusalém (época de Zorobabel), até Cristo passaram-se 7 + 62 semanas ou seja, 49 anos + 434 anos totalizando-se 483 anos; após os quais o Messias seria cortado; ou seja, morto em Jerusalém.
Então, irmão, assim interpreto a profecia; lembrando que segundo ela, a cidade e o santuário são destruidos após as 62 semanas e anterior a 70ª que só é mencionada no verso de Daniel 9:27 - o qual diz:

Ernesto responde:

Meu irmão! a tua contagem está errada, a destruição da cidade e o santuario não aconteceu dentro das 69 semanas, As setenta semanas foram divididas em três fases, as primeiras foram sete semanas, a segunda; foram 62 semanas, e a terceira um semana, Veja; Depois das 69 semanas, depois, e não durante, será cortado o Messias,  E ele firmará um concerto com muitos por uma semana, e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares e sobre a asa das abominações virá o ASSOLADOR, e o que está determinado será derramado sobre o assolador..Esta semana é a que vem depois da 69.
Veja em que enrrascada vcs estão se metendo; Se vcs acham que Cristo ainda vai fazer cessar o continuo sacrificio e a oferta de manjares, então  afirmam categoricamente  que o sacrificio de Jesus não foi o verdadeiro. Segundo ponto: se vcs acham que o sacrificio será tirado pelo assolador então vcs estão considerando o assolador como o verdadeiro Messias.

Jefté diz:

Atentemos ao que é dito sobre a 70ª semana:
"Ele" fará um CONCERTO com muitos por 1 semana; e na metade da semana FARÁ CESSAR o sacrifício e a oferta de manjares, e sobre a asa das abominações VIRÁ O ASSOLADOR (e o que está determinado será derramado sobre o assolador).
Desde quando esta profecia tenha se cumprido na época de Cristo?


Acaso após Cristo ter sido crucificado (cortado) em Jerusalém (e o sacrifício e oferta de manjares cessarem  espiritualmente - porque materialmente eles continuaram até o ano 70 d.C.); mas acaso após a crucificação do Senhor em Jerusalém, haveria de vir o ASSOLADOR sobre a asa das abominações - como diz Daniel 9:27 sobre a 70ª semana ?????
Ernesto responde;
Disseste bem; Cristo morreu e a oferta de manjares e os continuos sacrificios(Que apontavam para a morte dele) cessaram dentro do computo da profecia de Daniel, mas os judeus não acreditaram na profecia, porque não acreditaram no sacrificio do Messias, eles continuaram sacrificando até o ano 70. Mas, para Deus esses sacrificios não valeram mais nada

Jefté diz:

Porque segundo Daniel 9:27 a 70ª semana se dará assim: Será feito um CONCERTO c/ muitos (por 1 semana: 7 anos) Na metade da semana (3 anos e meio) fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares

Ernesto pergunta:

Então vc. Concorda que O sacrificio de Cristo na cruz não foi o suficiente para substituir a oferta de manjares, nem foi capaz de fazer cessar o sacrificio diario que os judeus realizavam até o ano 70?

Jefté diz:

Por isso hoje (depois de 1900 anos destruída) Jerusalém desponta como a cidade amada dos judeus novamente; para que se cumpram as profecias sobre a mesma; e por isso mesmo hoje ainda os judeus estão a esperar o seu "Messias"; porque não receberam o VERDADEIRO; mas Jesus diz que eles hão de receber aquele que virá em seu próprio nome.

Ernesto responde

Meu amado vc. Me assusta com os teus devaneios.
Jesus veio, e morreu, no tempo exato da profecia, os judeus o rejeitaram, e vc, diz que Jesus vai conceder a eles um outro Messias que virá no nome de Cristo?
Jesus virá sim; mas, não para tirar o sistema sacrifical, porque este ja desapareceu há muito tempo.  Mas, é nas nuvens do céu que ele vem para buscar os que o esperam, e não para morrer em uma cruz novamente.
A vinda de  outro Messias é doutrina enganosa, podem ver que ela vem dos judeus que rejeitaram Cristo, e todo aquele que entra nessa, confessa publicamente que está rejeitando o sacrificio de Jesus como seu Salvador
Abraços  Ernesto
avatar
Célio Saldanha
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : asetimatrombeta.blogspot.com
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 781
Idade : 46
Cidade/Estado : Brasília-DF
Religião : cristão
Igreja : Tabernáculo de Cristo
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -56
Pontos de participação : 878
Data de inscrição : 02/07/2014

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Célio Saldanha em Qui 04 Dez 2014, 17:10

Realmente o sacrifício continuo já foi cortado e a esperança pós-tribulacional é meramente uma fantasia.

Do sacrifício contínuo até Cristo se cumpriu as 69 semanas, já a septuagésima está em pleno andamento. Ainda não houve a restauração de tudo, como foi afirmado pelas profecias, pois esse tempo se completa na segunda vinda de Cristo.

O quarto reino, que é comumente aceito por todos, é ROMA. Esse quarto reino levantado por Deus ainda está em vigor, pois apesar de ser mudado de reino político para religioso, ainda predomina sobre os reinos da Terra. Esse quarto reino foi disperso para os quatro cantos da terra e está misturado com ferro e barro e ligado a semente humana. O anticristo já está na terra desde os tempos de Cristo e na segunda vinda será somente revelado, pois será desfeito..

O tempo desse quarto reino, após as 69 semanas, foi dividido em sete tempos, que para nós é chamado de SETE ERAS da igreja. Ap 12 mostra a queda do reino pagão e a vinda do reino de Deus de forma espiritual desde a pregação de Jesus até nossos dias.

Creio perfeitamente que esse tempo - 2300 tardes e manhãs - serão dias dentro da grande tribulação, após o derramamento da sétima taça, quando se inicia a destruição total dos que destroem a terra. Dentro da última semana restante, que foi simbolizada pelas sete eras, o septuagésimo tempo será mesmo de duas metade de uma semana, quando a primeira os dois profetas - Moisés e Elias - pregam para o remanescente de Benjamim e alguns judeus enxertados neles, quando finda os três anos e meio sendo mortos pela besta. A outra parte restante de 42 meses é o tempo final do juízo da humanidade, quando os impios restantes se farão cinzas.

Zacarias 13 fala da terra sendo destruida em três partes e somente uma parte será passada pelo fogo, que certamente é o oriente médio, onde os 144 mil passarão pela purificação sem serem queimados, como os três hebreus na fornalha. Ao contrário de que muitos pensam, a grande tribulação será tão rápida que não haverá tempo para arrependimento, pois somente nesse tempo presente que é possível se converter.

As dez tribos dispersas que nunca retornaram para a Palestina, como Judá e Benjamim, foram restabelecidas com a pregação de Cristo, sendo que os judeus que rejeitaram foram cortados e os que não puderam conhecer serão enxertados. Eu praticamente não sei de que tribo pertenço, pois meus antepassados misturaram a semente com moabitas e outros gentios, como foram gerados os samaritanos, por isso a necessidade de pregação do evangelho em todo o mundo.

Quando Daniel citou esse ASSOLADOR foi realmente como disse o irmão Jefté, trata-se do oposto ao CONSOLADOR da mesma forma que ANTICRISTO é o oposto a CRISTO. Desde a primeira era da igreja que há o joio e o trigo entrelaçados e esses sete tempos foi pra fazer a separação entre os filhos de Deus e os filhos do diabo. A pregação do evangelho reune os filhos de Deus dentre as nações pagãs, se concluindo com a sétima trombeta e posterior derramamento da última taça, então começa a grande tribulação.

Veja que o assolador virá (já veio) após o sacrifício cessar e isso será até a consumação, ou seja, até a segunda vinda de Cristo, quando a estátua do sonho de Nabucodonosor for destruída e o próprio rei da babilônia voltar a ser humano. O assolador vem após o sacrifício contínuo:

"E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador." Daniel 9:27


Antes, a imagem da besta que era adorada passou a ser a imagem de um homem, sempre na forma de besta, até que ao final dos sete tempos volta a ser homem, ou seja, o diabo encarnado em um único governo mundial, mas somente na grande tribulação.. Agora, ainda é a imagem da besta que fala que está enganando muita gente com sua marca, mas depois voltará a ser um homem novamente e terá que dar glória a Deus, como todo o joelho que irá se dobrar diante de Jesus.

Vejo muita dedicação e veneração aos judeus, mas eles, assim como todos os que rejeitaram Jesus, sequer vão saber o que os destruiu, pois somente em Jesus há salvação e para isso ele enviou seu espírito consolador até a consumação dos séculos.

Como em apocalipse 11 é dito dois tempos de 42 meses, os tempos citados por Daniel dentro desse período trata-se de eventos promovidos pela besta na grande tribulação.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2012
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5084
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Edison em Qui 04 Dez 2014, 18:48

"Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos.
E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações.
E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador"
(Daniel 9:25-27).

Das 70 semanas determinadas para o povo de Daniel, para o povo judeu, 69,5 já foram cumpridas.

Por que? Porque o Messias é cortado DEPOIS da 69o semana. Ora depois da 69o semana estamos na 70a semana.

Então ainda falta 0,5 semana para o povo de Daniel, para os judeus, que "coincide" com os 1260 dias das duas testemunhas (Apoc. 11) que, creio eu, são Moisés e Elias (Lei e Profetas) porque eles tem poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia (Elias); e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, todas quantas vezes quiserem (Moisés). As duas testemunhas encerram a 70a semana.

Agora, o príncipe ("p" minúsculo) do povo (romano) que destruiu Jerusalém no ano 70 DC (v.26) não é o mesmo Príncipe ("P" maiúsculo) do verso 25. Um é Cristo e o outro é um anti Cristo.

Essa semana em que o príncipe ("p" minúsculo) fará aliança com muitos, é uma semana isolada, alheia da 70a semana que compõe as setenta semanas determinada ao povo do Daniel. Podem até coincidirem no tempo em que cumprem.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qui 04 Dez 2014, 22:53

Ernesto escreveu:Meu amado vc. Me assusta com os teus devaneios.

Não se preocupe caro irmão... .  .  todos nós o temos...  Smile


Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Qui 04 Dez 2014, 23:17

Olá irmãos

A sequência cronológica dos eventos determinados na profecia das 70 semanas:

Daniel 9:25 - "Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos."
Inicia-se na ordem de restaurar Jerusalém (450 a.C.) até o Messias (33 d.C).

Daniel 9: 26 - "E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações."
- Desde a Morte do Messias (a término das 62 semanas) até a destruição da cidade e do santuário pelo povo do príncipe que há de vir (ano 70 d.C.)

Daniel 9:27 - "E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador."

Este verso não retrocede no tempo, pois há uma cronologia dentro da profecia; ele não volta a falar no Messias (no verso 27) sendo que o versículo anterior (Daniel 9:26) já havia prosseguido numa sequência de eventos até a destruição da cidade e o santuário no ano 70 d.C.; pois a profecia não retrocede; ela dita os fatos em ordem sequencial e cronológica e fatos subsequentes.
Assim como o verso 25 se cumpre totalmente antecedendo a todos os eventos do verso 26; também o verso 26 se cumpre totalmente antecedendo a todos os eventos do verso 27.

A 70ª semana é futura; no tempo do fim; nos dias do anticristo; ele é o ASSOLADOR determinado a vir sobre Jerusalém para pisotear a cidade e profanar o santuário e isso por 42 meses.


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2012
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5084
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Edison em Qui 04 Dez 2014, 23:47

Uma pergunta:
Qual é o espaço de tempo entre o sábado e o domingo?

Até onde eu sei, as 00:01 hs., já é domingo, ou seja, já é outra semana.

Isto significa que as 00:01 hs depois da 69a semana, já é a 70a semana. E o Messias foi tirado depois da 69a semana.

O natural tipifica o espiritual. Esta é uma verdade inconteste.




Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Sex 05 Dez 2014, 09:17

Olá Edison

As 70 semanas não se cumprem contando o tempo apenas numa cronologia natural como por exemplo se conta a nossa vida, nossos anos; por exemplo: quem nasceu em 2000, logicamente que passados 40 anos, teria obrigatoriamente de ter 40 anos de vida!
As 70 semanas não são contadas dessa maneira, irmão.

Elas se cumprem semelhante a um cronômetro profético (de eventos) que a iniciam; depois a interrompem; iniciam novamente, e a termina de vez.
Semelhante a uma partida de futebol que, após se iniciarem seus primeiros 45 minutos, após o apito do árbitro para o intervalo, se pára o tempo, a contagem; e só se iniciará novamente após o retorno do jogadores ao gramado, e mesmo o árbitro novamente dar o segundo apito inicial para os próximos 45 minutos da partida.
Da mesma forma é que as 70 semanas determinadas sobre Jerusalém e os judeus se cumprem; então podemos definir seus eventos que a iniciam, interrompem, iniciam novamente e a findam com os seguintes eventos proféticos (que acionam o seu cronômetro profético, como quando acionamos um cronômetro num relógio e o interrompemos, e novamente o acionamos e por fim o findamos.


Evento inicial: ORDEM de restauração de Jerusalém - através de Ciro, rei da Pérsia no 1º ano de seu reinado - e era profecia: Isaías 44:26-28 -  Isaías 45:1 - Isaías 45:13.

Evento que interrompe a contagem: Ao ser cortado Messias (em Jerusalém) - a contagem PÁRA - então a cidade e o santuário novamente seriam destruídos pelo povo do príncipe que há de vir.
(e isso se passou no ano 70 d.C. - conforme o verso de Daniel 9:26 que asseverava que assim se haveria de suceder - e, então vemos a história, Israel foi varrido do mapa, e os judeus cumpriram uma diáspora (semelhante ao exílio de Israel e Judá - por mãos de assírios e babilônicos) e andaram dispersos pelo mundo sem direito a retorno a Israel, Jerusalém.

Porém, diz assim a profecia das 70 semanas, especificamente o verso de Daniel 9:27 - que demarca a 70ª semana da profecia:
E ele firmará um CONCERTO c/ muitos por 1 SEMANA....

Olhemos só, qual é o EVENTO que acionaria novamente o cronômetro profético sobre a 70ª semana da profecia - pois, conforme vemos, a profecia das 70 semanas não são apenas REGIDAS pelo tempo cronológico natural (como no caso é regida a vida do homem), não; a profecia possui seu próprio cronômetro cronológico que a inicia, interrompe conforme ela própria define.
Assim sendo: se não houver, se não haver este TAL CONCERTO c/ muitos em JERUSALÉM (e isso depois de ter sido cortado o Messias (no verso 26) e isso após ter sido destruída a cidade e o santuário (fatos todos cumpridos entre os anos 33 e 70 da Era Cristã); então somente e unicamente após tais cumprimentos tanto proféticos quanto cronológicos - é que poderia se preparar o caminho para que a última parte da profecia das 70 semanas se cumprissem também sobre Jerusalém e os judeus.
Pois, repito; a profecia é regida UNICAMENTE pelos registros cronológicos e proféticos nela definidos.
E assim, 1900 anos depois de cumpridos os últimos eventos cronológicos assinalados por profecia e na profecia, como o corte do Messias e a destruição de Jerusalém e do templo pelo império romano; hoje, mais uma vez Israel e Jerusalém despontam mais uma vez como a nação e a cidade e capital de Israel; e os judeus novamente possuem a posse da sua nação e capital.
Agora, mais uma vez, está disposto e preparado o CENÁRIO para que a última parte da profecia possa se cumprir.
Então, irmão; é agora, é hoje, é apenas a partir de todos os eventos assinalados e cumpridos em Daniel 9:26 que pode-se cumprir Daniel 9:27.

E, a 70ª e última semana da profecia de Daniel 9 novamente se INICIARÁ através de seu próprio cronômetro cronológico de eventos, ou seja, o CONCERTO de Daniel 9:27 - o qual diz:
"E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador."

Hoje, hoje em Jerusalém é que se cumprirá tal profecia (e jamais ontem); hoje os judeus estão de posse total de sua nação e sua capital; e hoje os judeus mais uma vez ANSEIAM não só pela VINDA de um "Messias" próprio - porque não receberam a CRISTO!
E, também ANSEIAM pela nova EDIFICAÇÃO do TEMPLO de Deus no seu devido lugar; onde agora existem 2 mesquitas muçulmanas que impedem por enquanto tal feito.

Aí é que entra o entendimento e a evidência da profecia das 70 semanas; pois o CONCERTO com muitos há de ser entre os JUDEUS (pois possuem Israel e Jerusalém como nação e capital) e os ÁRABES (pois são eles que detém o direito ao Monte do Templo, possuindo 2 mesquitas considerados lugares sagrados).

E, a profecia da 70ª semana dita:
Será feito um CONCERTO c/ muitos por uma semana (isso é que INICIA a 70ª semana, e não o fato de a 69ª semana terminar-se, porquanto a profecia não segue anos e tempos cronológicos naturais; ela é dependente de eventos nela assinalados; e tais eventos se necessitam cumprir-se em ordem cronológica conforme dita a profecia.

Hoje será feito este CONCERTO por 1 semana;
e, na METADE DA SEMANA, ele fará CESSAR O SACRIFÍCIO E A OFERTA DE MANJARES (o denominado sacrifício contínuo) pois ele se iniciará após a edificação do santuário por parte dos judeus.
E na metade desta semana profética, após cessar o sacrifício, então dita a profecia da 70ª semana, vira O ASSOLADOR, e isso até a CONSUMAÇÃO, e o que está determinado será derramado sobre o ASSOLADOR. (Dan. 9:27).

E, conforme mesmo escreveu o apóstolo Paulo, a vinda do Senhor não se dará sem que antes venha a APOSTASIA, e se MANIFESTE O HOMEM DO PECADO, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora, de sorte que se ASSENTARÁ NO TEMPLO DE DEUS COMO SE FORA DEUS.
E, assim, o TEMPLO JUDAICO que há de ser construído ATRAVÉS DO PACTO ASSINALADO EM DANIEL 9:27 - e que iniciará a 70ª semana - no qual os judeus retornarão c/ p sacrifício estabelecido no Monte Sinai, por quase 3 anos e meio, e os judeus pensando verdadeiramente ter chegado o "Messias", quando na verdade é chegado o ANTI-MESSIAS, e na METADE da SEMANA, ele fará CESSAR O SACRIFÍCIO CONTÍNUO e ESTABELECENDO A ABOMINAÇÃO DESOLADORA.
A qual permanecerá no TEMPLO durante 1290 dias (Daniel 12:11) mais ou menos 3 anos e meio.

A qual, abominação, Jesus nos alerta em Mateus 24, dizendo que quando ela for vista no lugar santo, fujamos porque a GRANDE TRIBULAÇÃO há começado.
E, conforme profetizou Paulo a tessalonicenses: o anticristo se ASSENTARÁ NO TEMPLO DE DEUS COMO SENDO DEUS. (II Tes. 2:4)

Assim será! Amém!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2012
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5084
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Edison em Sex 05 Dez 2014, 10:27

Olá Jefté,

Você concorda que o texto fala em dois príncipes? Que um é o Messias (Dan. 9:25) e o outro é um sujeito, um outro príncipe (9:26) oriundo do povo que viria destruir a cidade.
Agora, o verso 27 diz que esse príncipe oriundo do povo romano que destruiu Jerusalém faria um aliança com muitos e você sugere que são judeus e árabes.

Porem, no começo da profecia Deus está dizendo que 70 semanas estão determinadas para o povo de Daniel, que são os israelitas.
"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo" (Daniel 9:24).

E pelo que você disse, esse outro príncipe (do povo que destruiu Jerusalém) entra dentro da 70 semanas, que é uma profecia exclusivamente para Israel e inclui os árabes que não são povo de Daniel.

Eu entendo que há sim um intervalo durante as 70 semanas e isto é entendível pela Bíblia, que é o período em que Deus deixa de tratar com os judeus e passa a tratar com os gentios, período este denominado como "tempo dos gentios" (Luc. 21:24), que hoje sabemos tem se desenrolado em 7 períodos ou sete eras consecutivas da Igreja (Apoc. 2 e 3).

"Mas Paulo e Barnabé, usando de ousadia, disseram: Era mister que a vós se vos pregasse primeiro a palavra de Deus; mas, visto que a rejeitais, e não vos julgais dignos da vida eterna, eis que nos voltamos para os gentios;
Porque o Senhor assim no-lo mandou
:eu te pus para luz dos gentios,a fim de que sejas para salvação até os confins da terra.
E os gentios, ouvindo isto, alegraram-se, e glorificavam a palavra do Senhor; e creram todos quantos estavam ordenados para a vida eterna"
(Atos 13:46-48).

Outra questão que coloquei é: O Messias foi tirado quando? Em qual semana?

Se o intervalo existe entre a 69a e a 70a semanas, onde está o respaldo bíblico?

Abs.

avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Norberto em Sex 05 Dez 2014, 10:44

.
Jefté,

Não que eu esteja discordando da seu entendimento, mas como tem muito a ver com o que eu creio, gostaria de saber sua opinião no seguinte tópico que abri hoje:


> As 70 SEMANAS registradas por Daniel que estão determinadas sobre o teu povo e sobre a santa cidade
http://www.forumevangelho.com.br/t4976-#68769

Abri um tópico novo pois este aqui não trata do tema, foi só por isso.

Ademais, há outro tópico semelhante aberto por ti:


> Infográfico - das 70 semanas de Daniel
http://www.forumevangelho.com.br/t2322-#26763

Até mais.
.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Sex 05 Dez 2014, 19:56

Irmão Norberto

Obrigado, e breve comentarei no devido tópico das 70 semanas, conforme seu convite!


Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Jefté em Sex 05 Dez 2014, 20:44

Edison

Sim, entendo também que são dois príncipes; um é o Messias e o outro provavelmente o anti-Messias.
Quanto aos seus comentários; se olharmos Jerusalém hoje, os judeus a dividem com muçulmanos; e olha que não é só hoje que os judeus dividem sua terra, isso começou desde os dias de Isaías, quando Israel (Efraim) foi expulso da terra por mando do Senhor e os reis da Assíria é que o fizeram; tempo em que a Galiléia e Samaria foram dadas como despojos a Assíria, devido rebeldia judaica p/ com o Senhor.
Após esse episódio é que então se originou os ditos samaritanos que passaram a compartilhar a terra c/ os judeus até os dias de Cristo.

Quanto ao Concerto de Daniel 9:27 - realmente deverá ser entre judeus e árabes, devido a circunstâncias envolvendo Jerusalém; pois é compartilhada por ambos os povos; e são inimigos, como também eram os samaritanos e judeus.
Então, o motivo principal p/ se acreditar do Concerto envolver judeus/muçulmanos é justamente pela questão do Monte do Templo que hoje é controlado p/ muçulmanos; e se os judeus controlam Israel e Jerusalém, mas o local do Templo é de controle muçulmano (c/ 2 mesquitas no local) logicamente que p/ os judeus edificarem o templo lá, haverá de se cumprir um ACORDO.

Aliás, a profecia sobre a 70ª semana não diz que: ""Ele fará um concerto com judeus por uma semana""; mas diz "COM MUITOS".
Logicamente que abre-se precedentes nos muitos.

Outra coisa; hoje os noticiários envolvendo a questão do Templo, é só dar uma pesquisada na web e se verá que os judeus já prepararam os 112 utensílios requeridos p/ templo e também estão treinando sacerdotes levitas.

E pelo que você disse, esse outro príncipe (do povo que destruiu Jerusalém) entra dentro da 70 semanas, que é uma profecia exclusivamente para Israel e inclui os árabes que não são povo de Daniel.
Sim, o príncipe (cujo povo destruiu a cidade) é a figura central no versículo 27; e certamente será ele quem fará cessar, na metade da semana, o sacrifício e a oferta de manjares... E certamente também é ele o ASSOLADOR determinado a vir também na metade da semana (a 70ª) Dan. 9:27

E que entendo é que tudo o que diz Daniel 9:26:
"E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações."

Ou seja: depois das 62 semanas será cortado o Messias...
E o povo do príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário...
e o seu fim será como uma inundação, e até o fim haverá guerras, estão determinadas assolações...
Tudo isso se cumpre ANTES DA 70ª SEMANA; porque os eventos descritos vão de 33 d.C. (crucificação) até 70 d.C (destruição da cidade)
Então não tem como no verso 27 voltar no tempo e relacionar a 70ª semana e o seu concerto ao Messias que foi cortado e a cidade e santuário destruídos.

Outra questão que coloquei é: O Messias foi tirado quando? Em qual semana?

Se o intervalo existe entre a 69a e a 70a semanas, onde está o respaldo bíblico?
Ora, os marcos das 70 semanas são:
saída da ordem - inicia as 7 semanas + 62 semanas.
o Messias é cortado - finda as 62 semanas (mas não inicia a 70ª semana, pois ela se inicia c/ o concerto apenas) e não somente isso, mas após a cidade e santuário serem destruídos (fatos cumpridos na história entre 33 d.C. a 70 d.C.)

Então, Edison, só depois desses eventos: cortado o Messias + destruição a cidade e santuário - é que a 70ª pode cumprir-se.
E a 70ª semana da profecia não se inicia pelo Messias ser CORTADO; tampouco por cronologia dos anos normais na história, como por exemplo, ano 33, 34, 35 etc.
A crucificação (cortado o Messias) finda as 62 semanas - mas não INICIAM a 70ª SEMANA - a qual só se iniciaria após todos os eventos do verso de Daniel 9:26 - e através de um CONCERTO.

Só sei que hoje após todos os eventos assinalados em Daniel 9:26 - e passados 1900 anos de inexistência de Israel e Jerusalém como dos judeus; hoje eles estão lá; e estão poderosos; nem dominação estrangeira eles sofrem.
E, a qualquer momento o dito concerto se poderá fazer c/ os judeus.
E creio ser ele referente ao Templo do Senhor no seu devido lugar.
E, há de ser esse CONCERTO (chamado santo concerto em Dan. 11:28,30) que iniciará a 70ª semana hoje, fazendo c/ que após 1900 anos Jerusalém volte a ser novamente contada como a CIDADE SANTA.

Espero que entenda...

Conteúdo patrocinado

Re: 2300 tardes e manhãs ... o que são ?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Seg 24 Jul 2017, 03:48