F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


A Justiça que vem da fé

Compartilhe

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1707
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4119
Data de inscrição : 27/12/2008

A Justiça que vem da fé

Mensagem por Jefté em Sab 27 Mar 2010, 21:56

.
Por: Jefté

A JUSTIÇA QUE VEM DA FÉ
A morte passou a existir na vida do homem a partir do pecado, e ela verdadeiramente excluía o homem de tudo!
Mas ninguém, nem o próprio Deus podia excluir-nos dela, pois a palavra de Deus é que isso determinou ao pecador.
Então, se nada nos excluía da morte, mas ela nos excluía de tudo, muito mais o fez a morte de Cristo por nós; e essa nos livrou até de sermos destituídos da glória de Deus!
Ora, a lei só foi dada após a morte existir (porque não poderia haver: “não matarás etc.) se não houvesse a morte.
Então:
* O pecado entrou no mundo, e com ele a morte!
* Satanás tornou-se senhor do homem!
* Depois veio a lei!
* E por fim vem o Messias! (para livrar-nos de todos – plenitude dos tempos)

Ora, não foi pela morte e o pecado entrarem no mundo que tudo passou a ser mal? também foi por ela que o Senhor, de tudo, nos libertou!

Conforme diz: “...Deus enviando seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne.” Rom. 8:3

Pois assim, como em Adão (nós), Satanás teve livre curso e domínio sobre todos os homens por causa do pecado e da morte que vieram num homem.
Noutro homem, Cristo, no seu corpo, Satanás já não obteve parte alguma nem vitória - porque o Senhor é o mais Valente que manieta o valente da parábola do evangelho. (Luc. 11:22 - Jo. 14:30)
E por isso - por causa de sua consumada vitória como homem na vida e morte sem pecado, é que Cristo reina na vida, na alma, no espírito e corpo do homem que Lhe creu recebendo-o! Amém! (pois para isso veio - I Jo. 3:8 ).
Pois havendo o homem O recebido, quem despojará a Cristo??! (Mat. 10:40 - Apc. 3:20 - Mat. 10:32 - Rom. 10:9-10)
E é nisso, no corpo da carne do Senhor que verdadeiramente se deu a vitória; a começar-se Nele – no homem-Cristo – Nele é que se deu a vitória e Nele ela se consumou; porque jamais pecou!

E se essa vitória não acontecesse, nós homens seríamos para sempre escravos do pecado, de Satanás e encerrados na morte.
Aqui houve embate... Aqui houve vitória.
Na vida e morte de Cristo houve a quebra de uma lei, e criando-se outra lei.
E, se pela derrota de Adão gerou-se a lei do pecado e da morte (que entrou na vida do homem por Adão), vigorando-se sobre todos.
Muito mais agora (pela vitória de um homem, Cristo) gerou-se a nova lei: lei do espírito de vida em Cristo Jesus.


Por isso diz: “Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,” (Ef. 2:15)
Por isso diz: “Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.” (Rom. 8: 3)
E os que crêem é que se tornam herdeiros e participantes da mesma – pois ela passou a existir sobrepondo-se a outra nos que crêem – é o Novo Testamento de Cristo.

Por isso mesmo, a poucas horas de sua última páscoa e de sua morte, Jesus disse:
"Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo." (Jo. 12:31)
Ora, por que o Senhor disse isso?

- Porque estava aproximando-se a hora de Ele selar sua vitória contra o pecado e contra Satanás c/ a própria morte!
E quando isso fosse alcançado: estariam eternamente quebrados os grilhões do pecado, e as obras de Satanás em nós estavam desfeitas, e aos homens, em lugar disso, eram-lhes dado a liberdade de Cristo! Amém!
Por que???
Porque houve um homem na face da terra, que em carne, fora capaz de vencer a Satanás e o pecado (na condição da carne de pecado), e venceu-os até a morte! Amém!

Por isso diz Apocalipse 5:5 -

"E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro..."

E nessa carne, a qual é inimiga de Deus, que o Verbo se fez carne.
E é nela que o Filho Unigênito de Deus venceu!
Venceu a carne de pecado pelo próprio pecado.
Venceu a Satanás c/ aquilo sobre o qual triunfava, a morte, pois essa selou-lhe a vitória sobre tudo!
Quando Cristo, em meio às suas intensas dores, dá seu último brado na cruz do Calvário, naquele dia sombrio, sombrio por demais - até os céus estavam sobremaneira perplexos (Heb. 12:26), ao findar daquele dia, embora seu início tenha sido nas mãos e a mercê das trevas, contudo seu fim mesmo em silêncio foi glorioso... foi majestoso... e foi vitorioso...
Estava consagrada a Vitória do Filho de Deus na cruz do Calvário.

E no seguinte dia, amanheceria o mais belo dia da Criação de Deus, como bem expressa uma música cristã:
"Um novo dia de glória amanheceu..."
Pois o Príncipe da Vida havia vencido com o bem, o mal e ao príncipe das trevas; e desse mundo, o havia expulsado p/ sempre do interior, do coração e da alma dos filhos de Deus - pelo evangelho de Cristo! Amém!


De maneira que até a morte é tragada para sempre! e como foi ela tragada? - Pela ressurreição dos mortos.
Assim declara em Romanos:
“Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor, pelo qual recebemos a graça e o apostolado, para a obediência da fé entre todas as gentes pelo seu nome.” (Rom. 1:4-5)

Ora, Adão trouxe morte... corrupção... e a perdição; Cristo trouxe vida... incorrupção... e a salvação!

Em Adão, após entrar o pecado e a morte no mundo, veio a lei:
Não mates...
Não roubes....
Não adulteres...
Não cobices...
Não dê falso testemunho...
Não tenha outros deuses...
Não idolatre imagens...
Não tome o santo nome do Senhor em vão... etc.


Jamais poderia haver tal lei se não entrasse o pecado na vida do homem, e este se tornasse mal.
Porquanto, quem poderia matar sem existir morte e corrupção??
Quem poderia roubar sem que o coração conhecesse ódio e cobiça?
Quem poderia cobiçar não tendo corpo de pecado?
Acaso, entre os puros de coração (como fomos criados) se nomearia sequer: não faças o mal??

Em Gálatas 3:19 diz:
"Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita;"
Ora, Satanás fez com que em Adão entrasse o pecado no mundo.
E a lei foi ordenada por causa das transgressões. (Gal. 3:19)
Mas a Escritura diz de Cristo - "Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do Diabo." (I Jo. 3:8b)

Perguntemo-nos pois:
O Filho de Deus desfez em nós as obras do Diabo???
Olhemos o que o Senhor diz:
"Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito." (Jo. 19:30b)
De novo pergunto:
Como podem as obras de Satanás ser em mim desfeitas, e as do Filho de Deus (em mim) consumadas???
- Pela fé! (e não há outro meio)
- Certa vez o Senhor perguntou: "E Jesus disse-lhes: Credes vós que eu possa fazer isto?" (Mat. 9:28b)

Então, é pela fé!
Ou seria por alguma outra obra??
Acaso poderia existir alguma obra que eu fizesse para que o Sacrifício do Filho de Deus (por mim e em mim) se fizesse plenamente válido???
Sim! Existe.
E o Senhor o responde:

"Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que por Ele foi enviado." (Jo. 6:29)

Então, Cristo ao morrer pelo homem desfaz as obras do Diabo no mesmo. Essa é a obra de Deus por nós! E está consumada!
E só pode ser operada em nós verdadeiramente pelo CRER (o mesmo aconteceu c/ o ladrão na cruz)
Pelo crer, pelo conhecer da verdade; e pelo crescimento da fé! (Jo. 8:31-32 - Jo. 8:36)
Conforme diz: “O justo viverá pela fé”

Ora, Enoque não foi trasladado pela fé corpo e alma aos céus? nós também o somos, porém, espírito e alma!
Por isso, o véu do templo se rasgou de alto a baixo imediatamente após o brado e o expirar de Cristo no Calvário. (Mat. 27:50-53) (Ora, esse véu que verdadeiramente representava nosso estado espiritual passou a existir de imediato após o pecado).

Então, o paraíso (espiritual) do qual o homem tornou-se expulso num piscar de olhos ao provar da árvore do bem e do mal. Na morte de Cristo (para isso anular) os homens também instantaneamente são libertos. (os que Lhe creram, os que Lhe receberam, os que Lhe conheceram).

Comentário:
Notemos que em Mateus 27:50-52 - houve libertação dos santos que estavam em sepulcros, o que se dirá dos que estavam vivos e criam?? (Os. 6:2)
E foram conjuntamente ressuscitados c/ Cristo, restituídos à glória, ao reino, e ao refrigério de alma pela presença do Senhor. (At. 3:19b)
Por isso, disse o Senhor: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (Jo. 10:10b)

Ora, o paraíso que espiritualmente para os homens acabou-se em Adão – embora fisicamente estivessem nele (Éden), espiritualmente jamais o poderiam sequer tocar, sentir, estar.
E, em Cristo (segundo Adão) verdadeiramente ele é trazido novamente (não por aparência) - como (no caso) se tornou o Éden p/ Adão e Eva após o pecado – mas em espírito e em verdade! Amém!
O contrário do ocorrido no Éden aconteceu em Cristo, pois Adão o via fisicamente pela vista, porém em verdade, não mais existia espiritualmente por causa da ausência do Senhor na vida e alma do homem!
Então agora (como outrora) fisicamente o Senhor deixou tudo como já estava (seu reino não é deste mundo).
Mas... Espiritualmente, e na verdade – tudo se fez novo – como o diz a música cristã: “um novo dia de glória amanheceu..."
Em suma: Seu sublime reino (que Ele em espírito nunca o havia deixado) é trazido a nós para sempre por Cristo em seu evangelho, na vida do homem que Nele crê!
Ele o trouxe porque se fez homem – e nessa empreitada é que criou-se um segundo Adão – uma nova criação de Deus em Cristo Jesus. Amém!
E Sua sublime obra entre nós homens é selada com o Espírito Santo da promessa aos que Lhe crêem, amém.


    Data/hora atual: Seg 11 Dez 2017, 18:59