F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Limudah - Ensinamentos que Yeshua passou para seus Apostolos

Compartilhe

Hernandobh
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 127
Idade : 43
Cidade/Estado : Bhte MG
Religião : A Biblia
Igreja : do Mashiach
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 312
Data de inscrição : 09/03/2009

Limudah - Ensinamentos que Yeshua passou para seus Apostolos

Mensagem por Hernandobh em Ter 15 Set 2009, 20:07

Atos: AESV · Breve Nota Introdutória ao Limudah


Traducido del Original en Inglés al Español por Roberto Díaz

Em Atos 15:25-29, Chamado de "Limudah", comumente referido no
Oeste como Didache, traduzido do Aramaico o dialeto da Igreja de
Jerusalém.
Esta é a Carta Apostólica que foi escrita pelo Primeiro Conselho
Apostólico perto do ano 50 CE sob a direção de H.H. +Mar Ya'akov ha'Tzadik
(São Tiago o Justo). Esta foi enviada através de +Mar Shaul (São Paulo) aos
Crentes gentios com respeito a que se esperava que eles seguissem em tudo a
observância da Torah.


25-Temos pensado, durante a assembleia, eleger e enviar a vocês homens, com nossos amados Shaul/Paulo e Barnabá/Barnabe,

26 homens que entregaram suas vidas pelo nome de Maran Yeshua Mshikha.

27 E nos enviamos com eles a Yehudah e Silas, eles podem lhes dizer as mesmas coisas
de forma oral.

28 Porque isto parece bom ao Espirito Santo, e a nos, que não recaia sobre vocês, nenhuma carga que seria difícil, ademas destas coisas necessárias neste momento:

29 Existem dois caminhos, um de vida e um de morte; porem certamente ha uma grande diferencia entre estes dois caminhos.



O caminho de vida, então, é este:


Primeiro: Você deve amar a Alaha que o
criou.

segundo: Amar a seu próximo como a ti
mesmo; e você nunca deve fazer aos outros, o
que você não deseja que os outros te façam.


E destes ditos o ensinamento é este:

((Você deve))

Bendizer a todos aqueles
que o mal dizem, e rezar/orar por seus
inimigos, e jejuar por todos aqueles que
o perseguem. Porque, que bem é este!
Se você quiser somente aqueles que o
querem? Não fazem o mesmo os
gentios? Porem você deve amar aqueles
que o odeiam; e você não terá inimigo.
Abstenha-se dos desejos carnais e
mundanos. Se alguem te golpeia a face
direita, oferece-lhe também a outra; esta
prática o levará a perfeição. Se alguem
lhe pedir que vá com ele por uma milha,
em vez disso vá duas. Se alguem te
levar a capa, de-lhe também seu abrigo.
Se alguem toma algo de tua
propriedade, não lhe peças que te
devolva, porque que bem pode você
fazer com estas coisas?
De a cada um o que te pedir, e não peça
nada em troca; porque a vontade do Pai,
é que tudo deve ser dado por nossas
próprias bençãos, as quais são
obséquios gratuitos. Feliz é o que da de
acordo com os mitzvoth/mandamentos;
porque o é irrepreensível . A aflição é
para o que recebe; porem se um que
tem necessidade recebe, é
irrepreensível; somente o que recebe
sem ter uma necessidade genuina,
deverá pagar o castigo, porque recebeu
e para que?, e, entrando no
confinamento, será revisado com
respeito as coisas que tem feito, e não
poderá escapar ate que devolva o último penique.
Pois também agora com respeito a isto,
isto tem sido dito, Deixe as suas esmolas
transpirar nas palma de suas mãos, ate
que você tenha compreendido
completamente a quem deve dar.



O segundo dos Mandamentos dos Ensinamentos é este:


Você não cometerá homicídio, você não
cometerá adultério, você não cometerá
pederastia, você não cometerá
fornicação, você não roubará, você não
praticará magia, não praticará bruxaria,
e você não assassinará a uma criança
por meio de aborto, nem matará a uma
criança recém-nascido. Você não
desejará ter os pertences de seu próximo.
Você não cometerá perjúrio, você não
dará um falso testemunho, você não
falará malignamente, e você não guardará rancor.
Você não será de princípios
contraditórios, nem de ambigüidades,
porque ser de ambigüidades é uma
armadilha que o levará a seu falecimento.
Seu modo de expressão não será falso,
nem vazio, senão respaldado pelos fatos.
Você não estará desejoso dos pertences
de outro, nem avarento, nem será um
hipócrita, nem disposto a atuar de uma
maneira malvada, nem vaidoso. Você
não tomará conselhos malvados contra
seu proximo.
Você não odiará a nenhum homem;
porem a alguns a quem você deve
repreender, e com respeito a alguns,
você deverá mante-los em suas orações,
e a outros a quem você deverá amar
más que a sua própria vida.
Meu filho, fuja de cada coisa maligna e
de tudo o que parece maligno.
Não leve uma vida plena de cólera,
porque a cólera leva ao homicídio, nem
ciumento, nem polemico, nem irado;
porque todas estas coisas não são
apropriadas a um seguidor do Mshikha/Messias.
Meu filho, não se una a luxuria, porque a
luxuria leva a fornicação, tampouco mal
falado, nem de olhar altivo; porque todas
estas coisas o levam a deslealdade, e
não são apropriadas a um seguidor do Mshikha/Messias.
Meu filho, não sejas um dos que trata
com bruxaria porque estas práticas
conduzem a idolatria, nem um
elaborador de encantamentos, nem um
adorador de estrelas e signos, nem um
mago, e nem se quer deves buscar a
aqueles que praticam estas coisas ((ou
permanecer em sua companhia));
porque estas são todas as coisas que
conduzem a idolatria e não são
apropriadas a um seguidor do Mshikha/Messias.
Meu filho, não digas mentiras, devido a
que as mentiras conduzem ao roubo,
tampouco sejas avarento nem fanfarrão;
porque todas estas cosas conduzem ao
roubo e não são apropriadas a um
seguidor do Mshikha/Messias.
Meu filho, não andes murmurando,
devido a que isto conduz a blasfema,
tampouco sejas obstinado, nem como
um que pensa idéias malvadas; porque
todas estas coisas causam que se
desenvolva a blasfema.
Porem seja manso, porque são os
mansos os que herdaram a terra.
Se paciente ante as má ações que tu
sofras, compassivo e sem astucias, e
seja pacífico e amável com todos,
sempre prestando muita atenção ao que
você esta escutando.
Você não deve exaltar-se a si mesmo;
tampouco você se permitirá ser audaz.
Você não caminhará com o orgulhoso,
senão que você deve estar na
companhia daqueles que são retos e humildes.
Quais quer que sejam as provas e as
tribulações que venham sobre você,
você as receberá para seu próprio bem,
sabendo que nada ocorre sem o conhecimento de Alaha.
Meu filho, você deve recordar a quem
lhe ensina a Palavra de Alaha (Divar
'Alaha) noite e dia, você o honrará a ele
como Maran; porque quando e onde a
Palavra (Divar) é falada, Maran está presente.
Ademas, todos os dias você deverá
buscar as pessoas que estão
caminhando como o fazem os santos,
com o propósito de que você possa
encontrar o descanso em suas palavras.
Você não deverá causar um cisma,
senão que você deve ser sempre pacífico
com aqueles que estão tratando de
suscitar uma controvérsia; você deverá
julgar corretamente, e você não deverá
ser parcial entre as pessoas quando os
reprender por transgredir a Torah.
Você não deverá duvidar em uma
decisão sobre se uma coisa será ou não será.
Não seja encontrado constantemente
estirando suas mãos para receber
dinheiro, senão dirigindo-os a doação.
Se você tem algo, através de suas mãos
você dará resgate por seus pecados.
Você não deve titubear ao dar,
tampouco você deverá murmurar
quando você der; você saberá quem o está recebendo.
Não se distancie daqueles que estão em
necessidade; por suposto, compartilhe
tudo com seu irmão, e não diga que
estes são seus pertences ((porque todas
as coisas boas vem do Pai)).
Porque se você é partícipe nisto que é
imortal, quanto mais nas coisas que são
mortais? Não se retire do lado de seu
filho ou filha; por suposto, ensina-lhes a
profunda reverencia ([o temor]) a Alaha
desde sua juventude.
Não de ordens a seus empregados para
que façam ou falem alguma mentira
você está com raiva,
((porque)) eles tem fé no mesmo Alaha,
porque eles (( podem se ofender e))
deixaram de reverenciar a Alaha que está
sobre ambos ((amo y criado)); porque
ele veio não para chamar de acordo com
a aparência exterior, senão a todos
aqueles a quem o Espírito tem preparado.
E vocês empregados estarão sujeitos a
seus patrões, como se eles fossem seu
Senhor, em modéstia e reverencia.
Vocês devem despreciar toda hipocrisia e
tudo o que não é agradável a Mar-Yah/Yahshua
((como se vê em Seus Mitzvoth/Mandamentos)).
Você nunca deixará de cumprir os
mitzvoth/Mandamentos de Mar-Yah;
senão que guardará o que você tem
recebido, tampouco acrescentará a isto nem tirará de lá.
E na companhia de seus irmãos você
confessará seus pecados, e você nunca
dirá uma oração, enquanto tenhas uma consciência maligna.


Este é o caminho da vida.


Tradução para o Português por: Yochanan Fonseca

    Data/hora atual: Qui 14 Dez 2017, 04:19